terça-feira, Maio 22

Alunos da Escola Municipal Alfredo Castro Donaire participam de projeto em editora de Americana

 

Sumaré, 1° de março de 2018

 

A partir de hoje, dia 1°, os alunos do 5º ano da rede municipal de ensino de Sumaré participam do projeto “Como nasce um Livro?”, da Editora Adonis, em Americana. Neste primeiro dia de atividades, foram os estudantes da Escola Municpal Alfredo Castro Donaire, no Matão, que visitaram as instalações da Editora e conheceram as etapas  e profissionais envolvidos na produção de um livro.

Até o dia 27 de março, os alunos de Sumaré vão conhecer o parque gráfico e editorial da Editora, além de terem contato com a escritora e contadora de histórias Vanessa Aranha Morimoto, apresentação de um vídeo em animação com a evolução da escrita, momento do lanche e curiosidades sobre a vida e a obra do escritor Rubem Alves. Cada um recebe dois livros de presente ao fim da visita.

A parceria com a Editora Adonis faz parte do projeto “Leitura e Ética” da Secretaria de Educação de Sumaré, iniciado esse ano nas escolas, que trabalhará ao longo do ano temas como preconceitos, comportamento e bullying. Cada sala de aula receberá um kit de material completo para trabalhar os assuntos desenvolvidos em sala de aula, que incluem livros individuais e pessoais de cada alunos, podendo ser levados para casa no fim do ano.

 “Iniciamos neste ano este projeto de ‘Leitura e Ética’ com todos os nossos alunos e essa parceria com a Adonis irá agregar muito ao conteúdo desenvolvido com os estudantes. Os alunos dos 5º anos vão escrever redações com os temas trabalhados e enviar para a Editora, que reunirá todos os textos em um livro no fim do ano. Os estudantes do outros alunos participarão de atividades dentro e fora de aula, trabalhando as diferenças e combate a preconceitos, nosso grande objetivo”, explicou a secretária de Educação, Mirela Cia Medeiros.

“Nos empenhamos para proporcionar aos nossos alunos uma educação de qualidade e que envolva não só assuntos pedagógicos, mas também temas recorrentes no cotidiano. Investimos em atividades e projetos que estimulem o aprendizado e desenvolvam as habilidades intelectuais e sociais dos nossos estudantes”, disse o prefeito Luiz Dalben.