Connect with us

Policial

Assalto a joalheira no Centro de Sumaré

Publicado

em

O desempregado Nilson Santos, 41, foi preso por assaltar uma joalheira no Centro de Sumaré, na noite do dia 11. Ele fez piada ao anunciar o assalto, mas foi seguido pela vítima e se escondeu num consultório odontológico, de onde saiu após a PM (Polícia Militar) usar gás de pimenta. Santos agiu armado e encostou um revólver no abdômen da vítima.
“Quando ele entrou na loja eu já desconfiei que iria furtar ou algo assim”, contou a gerente da joalheira, T.T.A.L., 21. Santos entrou no estabelecimento, na Avenida Sete de Setembro, no Centro, por volta das 18h25. Ele pediu para olhar relógios.
“Ele pediu à vendedora para ver uma marca famosa, depois outras. Tinha uns quatro modelos no balcão, então me aproximei para ajudar a vendedora”, relatou a gerente. De acordo com ela, Santos anunciou o assalto. “Ele perguntou se parcelávamos no cartão. Eu disse que sim. Ele respondeu: não vou precisar parcelar, pois isso aqui é um assalto.”
Santos usou um revólver calibre 22 para render as vítimas. “Ele apontou a arma para mim e a encostou no meu abdômen. Eu disse: calma que nós vamos todas para o banheiro”, contou a gerente, ressaltando que só tinha mulheres na joalheira no momento do roubo. “O nosso vigilante tinha ido almoçar. Acho que ele (Santos) ficou olhando de fora da loja.”
FUGA
“No momento em que íamos para o banheiro, minha funcionária apertou o botão do pânico. O alarme disparou e ele saiu correndo”, contou a gerente, que foi atrás do bandido.
“Tinha bastante gente na rua, eu sabia que ele seria detido”, afirmou.
De acordo com L., ao ser perseguido, Santos sacou a arma para ela novamente. “Todo mundo começou a gritar: pega ladrão.”
Segundo informações do BO (Boletim de Ocorrência), a PM patrulhava a região e foi informada do assaltante.
Os policiais passaram a perseguir o bandido, que se escondeu no interior de um consultório odontológico instalado perto da Praça da República.
PIMENTA
Os policiais deram voz de prisão ao desempregado, que se recusou a sair do consultório. Os policiais utilizaram gás de pimenta pelas frestas da porta e conseguiram deter o acusado. Segundo o delegado de Sumaré, Elias Kobayashi, que acompanhou a ocorrência no plantão policial, Santos não fez reféns no interior do consultório.
“Ele só escondeu a atrás da porta e ficou segurando para que os policiais não entrassem”, contou o delegado Kobayashi.
Com o desempregado, os policiais encontraram quatro relógios roubados na joalheria e o revólver calibre 22 com seis munições intactas usado no roubo. A arma foi apreendida e os relógios devolvidos.
FLAGRANTE
Kobayashi autuou Santos em flagrante por roubo. O desempregado, morador da Vila Menuzzo, ficou recolhido na cadeia pública local. O caso foi encaminhado ao 1º Distrito Policial da cidade.
As funcionárias da joalheria retornaram a rotina na manhã de ontem. “Tem de continuar, mas as meninas ficaram bastante assustadas”, relatou a gerente, dizendo que, em dois anos de funcionamento, foi o primeiro roubo contra o estabelecimento.
Fonte: Tododia

Policial

Romu Sumaré prende indivíduo com drogas

Publicado

em

Por

Em patrulhamento pela cidade a equipe Romu Canil da Guarda Municipal de Sumaré abordou e prendeu na noite dessa quarta (28), na região do Maria Antônia, um indivíduo portando drogas. Ao ser averiguado pelos GMs foi constatado se tratar de tráfico de entorpecentes.

Assim que avistou a equipe o indivíduo jogou um pacote no mato e tentou fugir. Com ele foram apreendidos um microtubo e uma porção de maconha, além de um aparelho de celular e a quantia de R$ 146,00 em espécie.

Publicidade

A equipe colocou o cão Bradok para farejar o local, que localizou uma pochete com entorpecentes. As buscas foram ampliadas e Bradok localizou ainda, em um buraco, mais uma quantidade de entorpecentes, totalizando 44 microtubos de cocaína, 10 porções de maconha, 3 tubos com Skank (droga produzida em laboratório com o cruzamento de vários entorpecentes, e é considerada uma ‘supermaconha’), um tubo com maconha e crack. Diante dos fatos, o indivíduo foi conduzido ao Plantão Policial, ficando à disposição da justiça.

O Canil da Romu auxilia a Guarda Municipal em diversos tipos de ocorrências, como busca por drogas, armas ou em situações de conflito. Conta com oito cães, entre pastores alemães, labradores e border collies, além de campo de adestramento e preparação física para os cachorros e uma viatura especial.

Além das atividades de policiamento, o Canil também desenvolve ações educativas em escolas e recebe alunos e visitantes em sua própria sede para demonstrações de obediência (dogshow). Também participa das atividades do Promad (Programa Municipal Anti Drogas), outro projeto desenvolvido pela Guarda Municipal. “A Romu Canil da GM tem ajudado no fortalecimento das ações de segurança pública de Sumaré”, destacou a Comandante da GM, Simone Nery.

Continue Lendo

Policial

Dise incinera 351 quilos de drogas apreendidas em Nova Odessa

Publicado

em

Por

A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, Dise de Limeira incinerou 351 quilos de drogas apreendidas, a incineração aconteceu hoje na cidade de Nova Odessa.

Foram cerca de 262 quilos de maconha, 37 quilos de cocaína, 46 quilos de crack e 46 quilos de substâncias não psicoativas, utilizadas na preparação das drogas. 

Publicidade

As incinerações seguem os regulamentos da “Lei das Drogas”, e contaram com a participação de agentes da Polícia Civil, Vigilância Sanitária e Ministério Público. Somadas, as ações contabilizam mais de 351 quilos de drogas destruídas.

Continue Lendo

Policial

PM detém mulher com mais de 500 porções de crack, cocaína e maconha em Sumaré

Publicado

em

Por

Uma denúncia anônima levou policias militares a prenderam, ontem (7), uma mulher de 26 anos, que, segundo a Polícia, mantinha quase um quilo de entorpecentes em sua casa, dividido em 140 pedras de crack e 115 porções de maconha. A detenção ocorreu em uma viela próxima da rua Vitório Breda, na Vila Vale, em Sumaré.

Além da maconha e do crack, que estavam sob a pia da casa, os policiais encontraram no imóvel cerca de um litro de lança perfume. Segundo a Polícia, no telhado de uma casa em frente ao imóvel da suspeita foram encontrados ainda 241 pinos com cocaína.

Publicidade

A mulher foi encaminhada ao Plantão Policial de Sumaré, onde foi autuada em flagrante por tráfico de entorpecente. Ela permaneceu à disposição da Justiça para passar por uma Audiência de Custódia que definirá se mantém a prisão em flagrante ou se colocará a acusada em liberdade, mediante condições judiciais.

Continue Lendo