Connect with us

Nossa Cidade

Atendendo a novo decreto municipal, É Pra Já da Prefeitura de Sumaré suspende atividades presenciais

Publicado

em

Atendendo ao Decreto n° 10.776, do prefeito Luiz Dalben, publicado na última segunda-feira, 23 de março, e à determinação do Governo do Estado de São Paulo, o posto do É Pra Já suspendeu o funcionamento das atividades presenciais a partir dessa semana. A medida aplica-se a todas as repartições  públicas da Prefeitura de Sumaré.

Entretanto, os serviços de solicitação do Seguro Desemprego,  emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e Intermediação de Mão de Obra seguirão disponíveis, via plataformas disponibilizadas pelo Governo do Estado. Para isso, a orientação é que os munícipes baixem os aplicativos SINE FÁCIL e CTPS Digital (disponível para Android e IOS) ou acessem o site www.gov.br/trabalho.

Em caso de dúvidas, problemas com o uso das ferramentas digitais, ou necessidade de quaisquer informações, o contato com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Paulo deve ser realizado por e-mail suporte.sd@sde.sp.gov.br, ou pelo telefone 158 do Ministério do Trabalho.

“A recomendação é que a população permaneça em casa, evitando o deslocamento pelo transporte coletivo e qualquer forma de aglomeração de pessoas. O Poder Público está tomando todas as medidas possíveis para evitar a propagação do coronavírus. Juntos, cada um fazendo a sua parte, vamos vencer essa batalha”, disse o prefeito Luiz Dalben.

O É Pra Já da Prefeitura de Sumaré está localizado na Avenida Brasil, n° 201, Jardim Nova Veneza.

Decreto

O Decreto Municipal n° 10.776, de 23 de março de 2020, declara situação de calamidade pública, estabelece regime de quarentena no Município de Sumaré e dá outras providências necessárias ao enfrentamento da propagação do coronavírus/Covid-19, em vigor no período de 24 de março a 7 de abril de 2020.

Nossa Cidade

Ponte que liga o Conceição ao Inocoop recebe concreto ‘artesanal’

Publicado

em

Por

A ponte que ligará o Jardim Conceição ao Inocoop, região de Nova Veneza, recebeu guia e sarjeta no último sábado (28). As obras continuam em ritmo intenso de trabalho. Devido à paralisação das usinas, a Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Sumaré contou com a criatividade dos colaboradores: todo o concreto utilizado foi feito à mão, ou seja, serviço completamente artesanal.

A previsão, nessa semana, com o tempo firme, é colocar pedra 3 e a bica, para, na sequência, pavimentar. Com 12 metros de comprimento, a nova ponte unifica as ruas Recife e Aguaí, e vai ligar duas principais avenidas da região de Nova Veneza – a Amizade com a Brasil. “Esta obra impacta de forma positiva na vida da população, especialmente dos moradores da região de Nova Veneza e bairros adjacentes, e está sendo construída para suportar veículos leves e pesados”, disse o prefeito Luiz Dalben.

A nova obra atende a uma reivindicação dos moradores daquela região, porque no local havia uma passagem de madeira. As primeiras etapas incluíram a retirada de cerca de 40 caminhões de solo argiloso que foram substituídos por 80 caminhões de terra vermelha, a colocação da tubulação e aterramento.

E para garantir a qualidade e preservar o meio ambiente, também foram colocados rachões (pedras especiais) para não afetar os lençóis freáticos e assegurar a passagem da água. As fases anteriores incluem ainda a ala – estrutura lateral – feita à base de concreto.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Associação Comercial solicitou definição de um prazo para o fim da quarentena

Publicado

em

Por

A ACIAS (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) solicitou à Prefeitura de Sumaré definição de um prazo para o fim da quarentena estipulada na cidade. O pedido foi feito em reunião realizada na prefeitura, na manhã desta sexta-feira, e depois formalizado em ofício. Decreto municipal assinado no último dia 20 de março estabelece o fechamento da maior parte do comércio da cidade por tempo indeterminado. O prefeito Luiz Dalben, que participou da reunião através de videoconferência, se comprometeu a elaborar um novo decreto, estipulando que a suspensão das atividades comerciais dure apenas o tempo estritamente necessário, conforme determinação das autoridades federais e estaduais. O decreto estadual que determinou quarentena em todo o estado de São Paulo vale até o dia 7 de abril.

No encontro, o prefeito informou ainda que suspendeu todos os prazos de pagamentos dos tributos municipais. Ña quarta-feira, 25, a ACIAS havia protocolado ofício na prefeitura solicitando o adiamento do pagamento de taxas e impostos.

Logo após a reunião na prefeitura, a ACIAS foi informada sobre o decreto 034/2020, da Prefeitura de Artur Nogueira que “permite comerciantes, varejistas e atacadistas em geral a continuarem funcionando com atividades internas, entregas delivery, atendimento individual com portas fechadas, balanços, inventários, pequenas reformas e trabalhos home office, desde que os responsáveis adotem todas as medidas de higiene e prevenção ao combate do Coronavírus – COVID-19.” Diante disto, a ACIAS solicitou que o prefeito autorize, no novo decreto, que Sumaré adote as mesmas ações do decreto de Artur Nogueira.

CARREATA

Sobre a carreata de comerciantes em prol da abertura das lojas, conforme anunciado em redes sociais, a ACIAS entende que a manifestação é legítima, desde que as leis e as normas de segurança sejam respeitadas, mas esclarece que não faz parte do movimento.

A ACIAS tem atuado de todas as maneiras legais para garantir a manutenção do máximo de atividades possível, respeitando a segurança dos consumidores, dos trabalhadores e dos cidadãos.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Sumaré tem dois óbitos suspeitos por coronavírus

Publicado

em

Por

O Prefeitura de Sumaré informou em seu boletim diário sobre o Coronavírus-Covid19 que a cidade possui 2 óbitos em investigação.

No boletim também diz que são 91 casos aguardando resultado dos exames para saber se estão com o vírus. 3 casos da cidade já foram descartados.

Sumaré ainda não confirmou nenhum caso.

Brasil registra 136 mortes e 4.256 casos confirmados de coronavírus

Continue Lendo