brk

Atualização do cadastro técnico de redes e adutoras de Sumaré está na etapa final

Avanço é 96,2% e trabalho visa garantir a segurança operacional e nortear investimentos

Com o objetivo de garantir a segurança operacional e nortear investimentos, a BRK realiza a atualização do cadastro técnico dos sistemas de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto de toda a cidade de Sumaré. O trabalho, que está na etapa final, foi iniciado em 2020 e já conta com avanço 96,2%. 

O cadastro técnico é o acervo de informações georreferenciadas do Sistema de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário e nele consta a localização das instalações, estações de tratamento de água e esgoto, captações, redes, acessórios de redes e pontos de disposição final de efluentes.

Para o cadastramento é utilizado um equipamento de alta precisão (GPS RTK). A empresa faz a visita aos locais e, após isso, os dados são processados e inseridos na base de dados da empresa, com auxílio do software ArcGIS. Em seguida, as informações ficam disponíveis para os funcionários em um portal. O cadastro também é alimentado diariamente com levantamentos provenientes das equipes de manutenção, ações dos profissionais de Perdas, obras da área de Engenharia e iniciativas comerciais.

Além disso, a empresa adquiriu um drone e capacitou a equipe técnica, que é responsável por apoiar nessa atualização, auxiliando diretamente no levantamento de pontos de difícil acesso, como emissários e interceptores de esgoto, por exemplo. 


“É de extrema importância ter o cadastro atualizado, para que a operação possa identificar e localizar os elementos que fazem parte do sistema de saneamento de toda a cidade e, com isso, realizar estudos, projetos, viabilidades, manobras, e ações do setor de planejamento e apoio técnico”, explica Rodrigo Zangirolami, gerente de operações da BRK em Sumaré. 

A previsão é que o trabalho seja concluído até o final do primeiro semestre deste ano.