Connect with us

Nossa Cidade

Bombeiros alertam sobre clima seco

Publicado

em

O calor intenso deste Verão 2015, combinado com o baixo e atípico volume de chuvas, são motivo de preocupação para o Corpo de Bombeiros Municipal, mantido pela Prefeitura de Sumaré. O tempo seco, mais comum no Inverno, aumenta o risco de focos de incêndios. Normalmente, há um aumento de 41% nas ocorrências desse tipo durante a estiagem de meio de ano – mas agora o risco existe em pleno mês de janeiro.

Neste ano de 2015 já houve um incêndio em Sumaré. “A Corporação está atenta a possíveis novos focos de incêndios. O clima seco favorece o surgimento de queimadas. O resultado não é só prejuízo ambiental, mas também diminui a qualidade do ar, o que prejudica muito a saúde das pessoas”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros da cidade, Laércio Sant’Ana Júnior.

Publicidade

Durante períodos de estiagem, ocorre a diminuição da URA (Umidade Relativa do Ar), provocando seca, ampliando a probabilidade de focos de incêndios e aumentado o nível de emissão de poluentes na atmosfera, como o monóxido de carbono.

Há casos em que o foco de incêndio ocorre de maneira natural, ou seja, pela radiação solar em materiais refletivos (papeis de bala, papel alumínio, vidros quebrados). A energia da radiação solar em contato com o material combustível, geralmente o mato ou as folhas, que estão secos, iniciam o processo de combustão ou queima. E imprescindível extinguir o foco no início ou, se a situação estiver fora de controle, acionar urgente o Corpo de Bombeiros.

O outro tipo de situação é com o fator humano, geralmente pela queima em terrenos baldios. Como a existência de focos de incêndios aumenta a emissão de poluentes, provocando a contaminação das pessoas pela fumaça, o melhor a ser feito é tomar medidas simples e que evitam as queimadas de uma maneira geral.

“A orientação é para a população não jogar bitucas de cigarros e fósforos em terrenos, estradas e rodovias; não jogar lixo em local inadequado; evitar queimadas de terrenos baldios ou vazios; e não queimar lixo e entulhos. Pedimos a colaboração de todos”, sugere repetidamente o comandante.

A Lei Municipal 5.073/ 2010 proíbe a queima de terrenos baldios ou vazios. Os infratores estão sujeitos à multa, que varia de R$ 500,00 a R$ 3.000,00, dependendo da infração cometida. Denúncias podem ser feitas de forma anônima para o telefone da secretaria de Meio Ambiente (19) 3828-4775 ou para o Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

RMC*

Em 2014, em função do longo período de chuvas abaixo da média, as queimadas triplicaram na RMC (Região Metropolitana de Campinas), de acordo com o Centro de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciai (Inpe), que registra os números por meio de satélite. Foram 695 focos em áreas verdes. O total foi muito acima dos 192 incêndios registrados em 2013.

Porém, é possível que esses números sejam maiores, pois os satélites contabilizam apenas queimadas com 30 metros de frente de fogo por um metro de largura. Os focos menores escapam dos equipamentos. As grandes áreas públicas foram as mais atingidas, como o minipantanal, localizado entre Americana e Paulínia e a mata da Fazenda Santa Elisa, no Centro Experimental do Instituto Agronômico de Campinas.

Em Sumaré, o satélite registrou 25 focos de incêndios em 2014; em 2013 o número foi 20. A cidade com aumento recorde da região foi Campinas, com 209 ocorrências em 2014 e 26 em 2013.

* Com informações do jornal Correio Popular.

Nossa Cidade

Sumaré recebe câmeras de monitoramento inteligentes

Publicado

em

Por

Sumaré conta agora com as câmeras de monitoramento inteligentes. Os equipamentos foram recebidos pelo prefeito Luiz Dalben, na Secretaria de Segurança da cidade. Os aparelhos serão instalados em pontos estratégicos, principalmente nas entradas e saídas do Município, verificando o tráfego e veículos e contribuindo para gerar mais segurança à população.

As câmeras têm tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) e realizam o reconhecimento automático e instantâneo das placas de veículos, permitindo, assim, maior agilidade na fiscalização de roubos e furtos ou de veículos envolvidos em outros tipos de crime.

Publicidade

O monitoramento será realizado via CECOM (Centro de Comunicação Operacional e Monitoramento) da Guarda Municipal – uma base operacional do órgão que integra o atendimento à população, monitoramento da cidade e despacho de ocorrências –  e interligado com as demais cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), repassando as informações para os órgãos de segurança de todas as cidades, unificando essas informações e as instituições. 

“Nos últimos anos, já alcançamos recordes na redução dos índices de criminalidade em Sumaré e essa é mais uma iniciativa que vai manter nossa cidade cada dia mais segura! As câmeras vão agilizar o tabalho  e permitir que as autoridades de segurança de todas as cidades estejam atentas, diminuindo os delitos como roubo e furto de veículos”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

As câmeras de monitoramento inteligentes são mais um investimento na segurança da população. Todo o sistema de videomonitoramneto de Sumaré foi ampliado e levado para as undiades de saúde, escolas e cemitério Municipal, inibindo as ações de vândalos, arrombamentos e furtos.

Para lidar com ocorrências de maior grau de periculosidade, foi criada a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) da Guarda Municipal. O grupamento reúne as equipes táticas e do Canil para realizar procedimentos e gerenciamento de crise. Novas viaturas e uma Base Móvel para o Canil também foram entregues para a corporação. Além disso, agora os guardas contam com tablets e rádios digitais para modernizar e informatizar o atendimento das ocorrências.

As capacitações e cursos de requalificação também foram reforçados. E com uma Guarda Municipal mais atuante, apoiando as polícias Militar e Civil, a criminalidade atingiu os menores índices da história de Sumaré em 2019, com redução de 32,8%.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Publicado

em

Por

A Secretaria de Educação de Sumaré está com inscrições abertas para seleção e cadastro reserva de especialistas para atuar nos Projetos Especiais e  CEFEMS (Centro de Formação de Educadores Municipais de Sumaré) no ano letivo de  2021.

Até o dia 2 de dezembro, os interessados podem se inscrever preenchendo a ficha cadastral publicada no Diário Oficial do dia 25 de novembro. O edital do processo de seleção pode ser encontrado no link https://www.sumare.sp.gov.br/pdfDiario.php?edicao=855&pdf=346d7bcc84d7b60cba02ea6130cc69d5.pdf.

Publicidade

Entre os pré-requisitos para participar do processo de seleção estão o vínculo efetivo com a Rede Municipal de Ensino, ser concursado, ter no mínimo três anos de experiência como recreacionista, professor ou especialista, ter disponibilidade para desenvolver encontros de formação nos locais/polos de acordo com a demanda do CEFEMS, nos períodos manhã, tarde, noite e sábado e possuir habilidades básicas em Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação.

São ofertadas 31 vagas para os cargos de Coordenador de Equipe de Formação, Coordenador de Projetos Especiais, Formador do CEFEMS,Formador para Projetos Especiais, Recreacionista Formador e Recreacionista Tutor – Projetos Especiais.

A seleção e classificação será feita pela Comissão de Seleção da Secretaria Municipal de Educação, por meio de análise documental e currículo. A divulgação dos resultados acontecerá no dia 14 de dezembro, a partir das 14 horas, na plataforma online e por meio do email das unidades escolares. 

Continue Lendo

Nossa Cidade

Avenida Santo Irineu, no Matão, recebe Programa de Recape Contínuo

Publicado

em

Por

Em mais uma etapa do Programa Municipal de Recape Contínuo (PRC), as equipes da Prefeitura de Sumaré realizam nesta sexta-feira, dia 27, a recuperação asfáltica da Avenida Santo Irineu, no Matão. O PRC é promovido pela Administração Municipal desde 2017 e já garantiu mais de 1 milhão de m² de asfalto novo em todas as regiões da cidade.

As obras avançam diariamente, seguindo cronograma elaborado pelas secretarias de Obras e de Serviços Públicos, sempre com prioridade às ruas e avenidas que têm ligação com bairros, fluxo constante de veículos, ou que fazem parte de itinerário do transporte coletivo e, por esses motivos, apresentam asfalto mais danificado.

Publicidade

“O recapeamento favorece a mobilidade urbana, garante melhores condições de tráfego e mais segurança no trânsito. A recuperação da malha viária de Sumaré avança a cada dia e traz melhorias a toda a cidade”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

            Importantes vias da cidade, num total de mais de 200 ruas, já foram recapeadas. O investimento conta com recursos próprios do Município e de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado estadual Dirceu Dalben, na ordem de R$ 5,87 milhões.

“A cidade inteira tem recebido atenção especial da Administração do Município. As obras de pavimentação seguem em ritmo acelerado e têm beneficiado todas as regiões da cidade. A quantidade de ruas pavimentadas e em condições de tráfego nos últimos anos representa um grande avanço nessa área”, destacou o deputado estadual Dirceu Dalben.

Continue Lendo