brk

BRK executa nesta terça (05) mais uma etapa das obras de melhoria na ETA II, em Sumaré

Tubulação do sistema de bombeamento será substituída. Abastecimento de água pode ter oscilações nos bairros da região do Maria Antônia.

A concessionária BRK, responsável pelos serviços de água e esgoto de Sumaré, executa nesta terça-feira, dia 05, mais uma etapa das obras de ampliação e modernização da ETA II, estação de tratamento de água localizada no Parque Itália. A intervenção será realizada no sistema de bombeamento de água e consiste na substituição de equipamentos e tubulações.

Por conta desse trabalho, os bairros da região do Maria Antônia podem ter oscilações no abastecimento de água na terça-feira, dia 05. A previsão é que o serviço seja totalmente regularizado na manhã da quarta, dia 06. 

Diante da situação, a concessionária reforça a importância do consumo consciente por parte da população. Os bairros que podem ser afetados são: Cidade Nova, Conjunto Habitacional Angelo Tomazin, Jardim Amélia, Jardim dos Ipês I, Jardim dos Ipês II, Jardim Maria Antônia, Jardim Viel, Parque Florely e Parque das Indústrias. 

Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 771 0001. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia.


A obra

A concessionária já concluiu a fase 1 da obra, que contou com ampliações e melhorias no canal de entrada de água bruta, em parte dos filtros e com a interligação dos reservatórios; a fase 2, que envolveu os serviços no restante dos filtros e nos decantadores do sistema de manto de lodo, e a fase 3, que consistiu na implantação de um sistema de geração e dosagem de hipoclorito e na execução das novas instalações elétricas e de automação.

Toda as instalações elétricas da ETA II foram substituídas por novas, mais modernas e de maior potência, o que proporcionará maior segurança e melhor performance operacional. “Além disso, a estação passou a contar com um sistema de automação dos equipamentos, que trará um ganho em eficiência e confiabilidade na operação”, explica Rodrigo Zangirolami, gerente de operações da BRK.

Com essas etapas já realizadas, foi possível ampliar a capacidade de tratamento da ETA II de 600 l/s para 750 l/s.  “O objetivo é garantir o abastecimento regular de água à população e permitir o crescimento sustentável do município. Teremos mais oferta de água tratada e de qualidade disponível para a população”, destaca o gerente.