Connect with us

Nossa Cidade

Campanha de vacinação contra o sarampo continua até 13 de março em Sumaré

Publicado

em

sarampo

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo continua até o dia 13 de março em todas as unidades de Saúde de Sumaré. De acordo com a Vigilância Epidemiológica o município imunizou 275 pessoas na faixa etária de 05 a 19 anos de idade que ainda não tinham sido vacinadas ou que estavam com a carteirinha atrasada.

Desde o início da campanha, em 10 de fevereiro, passaram pelas unidades de saúde 6.119 crianças e jovens. Desse total, 69 crianças entre 5 e 9 anos receberam a dose. Na faixa etária de 10 a 14 anos foram vacinadas 78 pessoas. Já 128 jovens, com idade entre 15 e 19, receberam a imunização.

A campanha é de forma seletiva, na qual as vacinadoras avaliam a situação individualmente, conforme o calendário vacinal vigente. Por isso, é de extrema importância que compareçam às unidades com a carteirinha de vacinação para avaliação e registro da vacina. “O sarampo também é causado por vírus, transmitido de pessoa a pessoa por meio de secreções ao tossir, espirrar ou falar. Portanto, é importante que as pessoas que ainda não foram imunizadas procurem, o quanto antes, uma unidade de saúde para tomar a vacina”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Em 2019 foram notificados 115 casos suspeitos de sarampo; 89 foram descartados e 26 confirmados. Neste ano o município já conta com um caso positivo da doença. Segundo a Vigilância ano passado foram aplicadas 20.382 doses da vacina SRC, nas ações de rotina, bloqueio e campanhas – conforme dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI). Ressalta-se que foram disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) 27.830 doses de vacina para o município e foram distribuídas 23.838 doses de vacina nas unidades de Saúde.     

Os sintomas do Sarampo são febre alta, erupções vermelhas na pele, coriza, tosse, olhos vermelhos e lacrimejantes, conjuntivite, pequenas manchas brancas no interior da bochecha e manchas vermelhas pelo restante do corpo. O vírus pode ainda causar lesões cerebrais e outras complicações que podem levar a óbito, uma vez que não há tratamento específico para a doença.

Confira a relação dos postos de vacinação (Unidades de Saúde):

1 – USF Cruzeiro – Rua Três, 311 – Chácaras Estrela Dalva – fone: 3828-5009

2 – USF Veccon – Rua Moacyr Cândido de Oliveira, 158 – Residencial Veccon – fone: 3873-9774

3 – PACS Vasconcelos – Rua João de Vasconcelos, 777 – Parque João de Vasconcelos – fone: 3873-7981

4 – Centro de Saúde II – Rua Antônio do Vale Mello, 1.510 – Centro – fone: 3873-2199

5 – USF Bordon II – Rua Lia Aparecida do Prado Cruz, s/nº – Residencial Bordon II – fone: 3883-2318

6 – PACS Picerno – Rua da Saúde (s/nº) – Picerno – fone: 3873-7318

7 – PACS Lucélia – Rua Estados Unidos, s/nº – Jardim Lucélia – fone: 3828-4674

8 – CIS Nova Veneza – Rua Paraíba, 211 – Jardim São Francisco de Assis – fone: 3399-5959

9 – UBS Dallorto – Rua Piracanjuba, nº 95 – Jardim Dall’ Orto – fone: 3832-3028

10 – USF Florely – Rua Argia Demarchi, 72 – Jardim Florely – fone: 3832-0964

11 – USF Maria Antonia – Rua Osvaldo Vacari, 685 – Jardim Maria Antonia – fone: 3864-2576

12 – USF Ângelo Tomazin – Rua Três, nº 361 – Jardim Viel – fone: 3838-4503

13 – USF Santa Clara – Rua Benedito Teodoro Mendes, 26 – Santa Clara – fone: 3864-3732

14 – UBS Paraíso – Rua Expedito Vieira Damasceno, nº 50 – Jardim Paraíso – fone: 3832-6490

15 – UBS Matão – Rua Emilio Bosco, 825 – Matão – fone: 3864-3730

16 – UBS Ypiranga – Rua 22, nº 38 – Jardim São Francisco – fone: 3864-1035

17 – USF São Judas – Rua Circular (s/nº) – Jardim São Judas Tadeu – fone: 3864-1302

18 – UBS Denadai – Rua Luciano Ramos Ayala, 553 – Jardim Denadai – fone: 3864.1598

19 – USF Bandeirantes – Rua Josias Macedo Neves (Antiga 14), nº 15 – Jardim Bandeirantes – fone: 3864.1969

20 – UBS Trevo – Rua Inácio N. de Moura, 226 – fone: 3832-1045

21 – PSF Nova Terra – Rua 21, nº 428-488 – Jardim Nova Terra – fone: 3832-5622          

Nossa Cidade

Ponte que liga o Conceição ao Inocoop recebe concreto ‘artesanal’

Publicado

em

Por

A ponte que ligará o Jardim Conceição ao Inocoop, região de Nova Veneza, recebeu guia e sarjeta no último sábado (28). As obras continuam em ritmo intenso de trabalho. Devido à paralisação das usinas, a Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Sumaré contou com a criatividade dos colaboradores: todo o concreto utilizado foi feito à mão, ou seja, serviço completamente artesanal.

A previsão, nessa semana, com o tempo firme, é colocar pedra 3 e a bica, para, na sequência, pavimentar. Com 12 metros de comprimento, a nova ponte unifica as ruas Recife e Aguaí, e vai ligar duas principais avenidas da região de Nova Veneza – a Amizade com a Brasil. “Esta obra impacta de forma positiva na vida da população, especialmente dos moradores da região de Nova Veneza e bairros adjacentes, e está sendo construída para suportar veículos leves e pesados”, disse o prefeito Luiz Dalben.

A nova obra atende a uma reivindicação dos moradores daquela região, porque no local havia uma passagem de madeira. As primeiras etapas incluíram a retirada de cerca de 40 caminhões de solo argiloso que foram substituídos por 80 caminhões de terra vermelha, a colocação da tubulação e aterramento.

E para garantir a qualidade e preservar o meio ambiente, também foram colocados rachões (pedras especiais) para não afetar os lençóis freáticos e assegurar a passagem da água. As fases anteriores incluem ainda a ala – estrutura lateral – feita à base de concreto.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Associação Comercial solicitou definição de um prazo para o fim da quarentena

Publicado

em

Por

A ACIAS (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) solicitou à Prefeitura de Sumaré definição de um prazo para o fim da quarentena estipulada na cidade. O pedido foi feito em reunião realizada na prefeitura, na manhã desta sexta-feira, e depois formalizado em ofício. Decreto municipal assinado no último dia 20 de março estabelece o fechamento da maior parte do comércio da cidade por tempo indeterminado. O prefeito Luiz Dalben, que participou da reunião através de videoconferência, se comprometeu a elaborar um novo decreto, estipulando que a suspensão das atividades comerciais dure apenas o tempo estritamente necessário, conforme determinação das autoridades federais e estaduais. O decreto estadual que determinou quarentena em todo o estado de São Paulo vale até o dia 7 de abril.

No encontro, o prefeito informou ainda que suspendeu todos os prazos de pagamentos dos tributos municipais. Ña quarta-feira, 25, a ACIAS havia protocolado ofício na prefeitura solicitando o adiamento do pagamento de taxas e impostos.

Logo após a reunião na prefeitura, a ACIAS foi informada sobre o decreto 034/2020, da Prefeitura de Artur Nogueira que “permite comerciantes, varejistas e atacadistas em geral a continuarem funcionando com atividades internas, entregas delivery, atendimento individual com portas fechadas, balanços, inventários, pequenas reformas e trabalhos home office, desde que os responsáveis adotem todas as medidas de higiene e prevenção ao combate do Coronavírus – COVID-19.” Diante disto, a ACIAS solicitou que o prefeito autorize, no novo decreto, que Sumaré adote as mesmas ações do decreto de Artur Nogueira.

CARREATA

Sobre a carreata de comerciantes em prol da abertura das lojas, conforme anunciado em redes sociais, a ACIAS entende que a manifestação é legítima, desde que as leis e as normas de segurança sejam respeitadas, mas esclarece que não faz parte do movimento.

A ACIAS tem atuado de todas as maneiras legais para garantir a manutenção do máximo de atividades possível, respeitando a segurança dos consumidores, dos trabalhadores e dos cidadãos.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Sumaré tem dois óbitos suspeitos por coronavírus

Publicado

em

Por

O Prefeitura de Sumaré informou em seu boletim diário sobre o Coronavírus-Covid19 que a cidade possui 2 óbitos em investigação.

No boletim também diz que são 91 casos aguardando resultado dos exames para saber se estão com o vírus. 3 casos da cidade já foram descartados.

Sumaré ainda não confirmou nenhum caso.

Brasil registra 136 mortes e 4.256 casos confirmados de coronavírus

Continue Lendo