Connect with us

Nossa Cidade

Campanha de vacinação contra o sarampo continua até 13 de março em Sumaré

Published

on

sarampo

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo continua até o dia 13 de março em todas as unidades de Saúde de Sumaré. De acordo com a Vigilância Epidemiológica o município imunizou 275 pessoas na faixa etária de 05 a 19 anos de idade que ainda não tinham sido vacinadas ou que estavam com a carteirinha atrasada.

Desde o início da campanha, em 10 de fevereiro, passaram pelas unidades de saúde 6.119 crianças e jovens. Desse total, 69 crianças entre 5 e 9 anos receberam a dose. Na faixa etária de 10 a 14 anos foram vacinadas 78 pessoas. Já 128 jovens, com idade entre 15 e 19, receberam a imunização.

A campanha é de forma seletiva, na qual as vacinadoras avaliam a situação individualmente, conforme o calendário vacinal vigente. Por isso, é de extrema importância que compareçam às unidades com a carteirinha de vacinação para avaliação e registro da vacina. “O sarampo também é causado por vírus, transmitido de pessoa a pessoa por meio de secreções ao tossir, espirrar ou falar. Portanto, é importante que as pessoas que ainda não foram imunizadas procurem, o quanto antes, uma unidade de saúde para tomar a vacina”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Em 2019 foram notificados 115 casos suspeitos de sarampo; 89 foram descartados e 26 confirmados. Neste ano o município já conta com um caso positivo da doença. Segundo a Vigilância ano passado foram aplicadas 20.382 doses da vacina SRC, nas ações de rotina, bloqueio e campanhas – conforme dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI). Ressalta-se que foram disponibilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) 27.830 doses de vacina para o município e foram distribuídas 23.838 doses de vacina nas unidades de Saúde.     

Os sintomas do Sarampo são febre alta, erupções vermelhas na pele, coriza, tosse, olhos vermelhos e lacrimejantes, conjuntivite, pequenas manchas brancas no interior da bochecha e manchas vermelhas pelo restante do corpo. O vírus pode ainda causar lesões cerebrais e outras complicações que podem levar a óbito, uma vez que não há tratamento específico para a doença.

Confira a relação dos postos de vacinação (Unidades de Saúde):

1 – USF Cruzeiro – Rua Três, 311 – Chácaras Estrela Dalva – fone: 3828-5009

2 – USF Veccon – Rua Moacyr Cândido de Oliveira, 158 – Residencial Veccon – fone: 3873-9774

3 – PACS Vasconcelos – Rua João de Vasconcelos, 777 – Parque João de Vasconcelos – fone: 3873-7981

4 – Centro de Saúde II – Rua Antônio do Vale Mello, 1.510 – Centro – fone: 3873-2199

5 – USF Bordon II – Rua Lia Aparecida do Prado Cruz, s/nº – Residencial Bordon II – fone: 3883-2318

6 – PACS Picerno – Rua da Saúde (s/nº) – Picerno – fone: 3873-7318

7 – PACS Lucélia – Rua Estados Unidos, s/nº – Jardim Lucélia – fone: 3828-4674

8 – CIS Nova Veneza – Rua Paraíba, 211 – Jardim São Francisco de Assis – fone: 3399-5959

9 – UBS Dallorto – Rua Piracanjuba, nº 95 – Jardim Dall’ Orto – fone: 3832-3028

10 – USF Florely – Rua Argia Demarchi, 72 – Jardim Florely – fone: 3832-0964

11 – USF Maria Antonia – Rua Osvaldo Vacari, 685 – Jardim Maria Antonia – fone: 3864-2576

12 – USF Ângelo Tomazin – Rua Três, nº 361 – Jardim Viel – fone: 3838-4503

13 – USF Santa Clara – Rua Benedito Teodoro Mendes, 26 – Santa Clara – fone: 3864-3732

14 – UBS Paraíso – Rua Expedito Vieira Damasceno, nº 50 – Jardim Paraíso – fone: 3832-6490

15 – UBS Matão – Rua Emilio Bosco, 825 – Matão – fone: 3864-3730

16 – UBS Ypiranga – Rua 22, nº 38 – Jardim São Francisco – fone: 3864-1035

17 – USF São Judas – Rua Circular (s/nº) – Jardim São Judas Tadeu – fone: 3864-1302

18 – UBS Denadai – Rua Luciano Ramos Ayala, 553 – Jardim Denadai – fone: 3864.1598

19 – USF Bandeirantes – Rua Josias Macedo Neves (Antiga 14), nº 15 – Jardim Bandeirantes – fone: 3864.1969

20 – UBS Trevo – Rua Inácio N. de Moura, 226 – fone: 3832-1045

21 – PSF Nova Terra – Rua 21, nº 428-488 – Jardim Nova Terra – fone: 3832-5622          

Nossa Cidade

Unidades de Saúde da Rede Municipal de Sumaré recebem novos equipamentos e mobiliários

Published

on

Atenta às ações de prevenção contra a disseminação da Covid-19, a Prefeitura de Sumaré também tem se dedicado a oferecer um atendimento mais humanizado aos usuários da Rede Municipal de Saúde. Desde o começo do mês, unidades da Rede de Atenção Básica estão recebendo novos equipamentos e mobiliários, resultado de convênios federais e emendas parlamentares.

“Os investimentos na Saúde de Sumaré não param! Esses novos equipamentos chegam para contribuir no atendimento da população com mais qualidade e eficiência, sobretudo durante esse período delicado que estamos passando. Agradecemos aos nossos parceiros por viabilizarem a compra destes equipamentos e mobílias e também a todos os nossos colaboradores da Saúde, que trabalham diariamente para garantir uma saúde humanizada e digna à população”, destacou o prefeito Luiz Dalben.

Por meio de um investimento na ordem de R$ 1.255.000,00, fruto de emendas parlamentares, todas as unidades de Atenção Básica receberam equipamentos diversos. Foram recebidos, na última semana, 18 cadeiras odontológicas, 1 compressor odontológico, 24 mochos, 23 seladoras, 19 fotopolimerizadores de resina odontológicos e 24 ultrassons odontológicos.

Anteriormente, o município já havia recebido 24 aparelhos de ar condicionado, 28 armários de aço, 17 arquivos de aço, 214 cadeiras de escritório, 23 carros de limpeza tipo MOP, 21 estantes de aço, 68 mesas de escritório, 126 ventiladores e 3 veículos modelo Kwid.

A mesma proposta prevê, ainda, a chegada de 3 raios-x odontológicos, 11 armários vitrine, 6 balanças infantis, 16 braçadeiras para injeção, 1 cadeira para coleta de sangue, 16 centrais de nebulização, 18 computadores, 6 notebooks, 23 desfibriladores (DEA), 64 escadas com 2 degraus, 31 esfigmomanômetros para obesos, 20 estadiômetros, 21 focos ambulatoriais, 59 lanternas clínicas, 24 mesas de exames, 2 mesas ginecológicas, 23 oxímetros de pulso, 1 poltrona hospitalar, 6 datashows e 10 suportes para soro.

“Estes novos equipamentos e mobiliários vêm para modernizar ainda mais as nossas unidades de saúde. E, além de proporcionar um atendimento mais preparado e acolhedor à nossa população, também vão oferecer melhor estrutura de trabalho para os nossos colaboradores”, completou o vice-prefeito, Henrique do Paraíso.

Por meio de outro investimento, R$ 100 mil em recursos de programa ministerial, a Administração Municipal adquiriu 5 suportes de soro, 2 mesas de exames, 2 armários vitrine, 2 cadeiras de rodas e 2 carros hospitalares para o transporte de materiais. Os equipamentos serão destinados ao Hospital de Campanha, previsto no plano de contingência contra o coronavírus. Também foi adquirido 1 equipamento de limpeza tipo MOP para uso do PA (Pronto Atendimento) do CIS Nova Veneza.

A Rede Municipal de Saúde também receberá 1 compressor odontológico, 4 braçadeiras para injeção, 2 cadeiras para coleta de sangue, 2 carros hospitalares de curativo, 6 macas simples, 1 mesa ginecológica, 3 poltronas hospitalares, 3 negatoscópios, 3 aparelhos de ar condicionado, 13 armários de aço para escritório, 1 bebedouro, 12 cadeiras estofadas, 17 cadeiras de polipropileno, 10 computadores, 4 escadas de 2 degraus, 8 estantes de aço, 2 geladeiras, 1 gerador, 2 impressoras, 5 longarinas, 9 mesas de escritório, 1 mesa de mayo, 1 mesa de reunião, 1 micro-ondas, 1 TV e 1 no-break.

Continue Reading

Nossa Cidade

Estatuto da Criança e do Adolescente completa 30 anos e Prefeitura de Sumaré lembra ações para a garantia de direitos

Published

on

Nessa segunda-feira, dia 13 de julho, o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal 8.069/90) – completou 30 anos. Principal instrumento normativo sobre o assunto no Brasil, o ECA fundamentou a construção de políticas públicas voltadas a crianças e adolescentes, com importantes contribuições para a ampliação do acesso à Educação, combate ao trabalho e à violência infantil, entre outras.

Visando à proteção e ao fortalecimento do sistema de garantia de direitos fundamentais preconizado no ECA, o município conta com diversos instrumentos e programas mantidos pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Inclusão e Assitência Social (SMIADS).

Na Proteção Básica, em parceria com Organizações da Sociedade Civil, são oferecidos os SCFVs (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) em 15 endereços descentralizados, com 1.518 pessoas sendo atendidas atualmente no município (entre crianças, adolescentes e idosos).

“Os serviços ofertados pelo Município têm caráter preventivo e proativo, com políticas públicas pautadas na defesa e afirmação dos direitos da criança e do adolescente, no desenvolvimento de suas potencialidades e no alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades em todas as suas esferas”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Por meio do Programa “Criança Feliz”, são atendidas cerca de 600 pessoas, entre gestantes, crianças até 36 meses e suas famílias com Cadastro Único nos Programas Sociais do Governo Federal, além de crianças de até 72 meses e suas famílias inscritas no BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Ainda no programa de Proteção Básica, a Prefeitura oferece apoio integral a cerca de de 100 crianças e adolescentes em situação de gravidez precoce, assegurando aos filhos uma primeira infância sadia e de pleno desenvolvimento humano.

Sumaré também conta com programas que atuam em situações de violência no ambiente familiar, negligência nos cuidados e abandono de dependentes. O CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), órgão da SMIADS com sede em Nova Veneza, atende crianças e adolescentes, além de idosos e pessoas com deficiência e/ou situação de rua, oferecendo serviços de proteção social especial de média e alta complexidade.

Infelizmente, situações de violação dos direitos da criança e do adolescente são realidade no nosso país. Em Sumaré, entre os casos registrados pelo CREAS durante todo o ano de 2019, a negligência e o abandono foram maioria, com 41% do total, seguidos da violência psicológica (20%) e violência física (19%).

“Especialmente nesse período de pandemia que estamos enfrentando por conta da Covid-19, é necessário ainda mais atenção às crianças e adolescentes em situação de isolamento social e observação das situações de violência, fazendo denúncias para que as vítimas possam ser protegidas. Os dados nos mostram  que muitas das violências a que meninas e meninos estão submetidos acontecem dentro de casa e precisamos nos esforçar para ajudar e evitar tais violações”, alertou a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Sumaré, Waleria Atiani Neres Teixeira.

O CMDCA é uma expressão da chamada “democracia participativa”, prevista no art. 1º, parágrafo único e art. 204, II, da Constituição Federal, por meio da qual a sociedade civil organizada é chamada a debater com o governo os problemas existentes na área da infância e da juventude e, para estes, encontrar soluções efetivas e duradouras que assegurem seus direitos e sua proteção com absoluta prioridade.

Os canais para denúncias de violações de direitos são o Conselho Tutelar e o disque 100, ambos com atendimento 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As denúncias  são devidamente averiguadas e encaminhadas aos órgãos competentes.

Continue Reading

Nossa Cidade

152 anos de Sumaré: Prefeitura inaugura exposição virtual nessa terça-feira (14)

Published

on

As comemorações dos 152 anos de Sumaré, celebrado no próximo dia 26, seguem durante todo o mês de julho. A programação resgata a história do município por meio de eventos organizados de forma a respeitar a necessidade de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

Nessa terça-feira (14), a Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e com o apoio da Associação Pró-Memória, fará uma “live”, às 10 horas, na página oficial da Administração no Facebook (facebook.com/prefeituramunicipaldesumare). A transmissão ao vivo vai inaugurar a exposição virtual “A Esperança no Sonho Floriu” e o  vídeo ficará disponível para  ser conferido posteriormente.

A mostra contará com painel de fotos e sugestão de livros sobre a história e curiosidades da cidade, além de objetos e móveis antigos. “Todo o material estará exposto na Biblioteca Municipal Professor Plínio Machado da Silva e será apresentado ao público em formato de vídeo, com a participação dos professores de teatro e dança da Prefeitura, Laudemir Merlini, Lino Bispo e Cah López, caracterizados como personagens da época”, explicaram os organizadores.

“Essa foi uma forma que encontramos de fazer com que os munícipes possam participar dos eventos durante esse mês tão festivo para nossa cidade, divulgando informações sobre a história e falando, mais uma vez, sobre o orgulho que temos da nossa querida Sumaré. Mas, claro, tudo isso de forma segura, evitando aglomerações, priorizando e protegendo a saúde da nossa população”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Continue Reading