quinta-feira, Maio 24

Condutores do transporte escolar gratuito oferecido pela Prefeitura participam de palestra de sensibilização na APAE

 

Sumaré, 4 de abril de 2018

 

Com apoio da Prefeitura de Sumaré, a APAE (Associação de Pais e Amigos Excepcionais) promoveu hoje, dia 4, a capacitação “Orientações Básicas sobre saúde e transporte para pessoas com deficiência” aos motoristas e monitores do Transporte Escolar gratuito oferecido pela Secretaria de Educação. Eles são responsáveis pelo transporte de 180 alunos assistidos pela APAE.

Uma equipe interdisciplinar formada por psicólogos, assistente social, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, enfermagem e terapeuta ocupacional da APAE ministrou a formação, que abordou a convivência com os alunos com necessidades educacionais especiais, além da adaptação e transporte da cadeira de rodas e manuseio do elevador de transporte.

“A oferta do transporte escolar adaptado a todos os alunos da APAE implica na melhora da qualidade de vida, da segurança e do conforto destas crianças e jovens, permitindo que eles tenham acesso com tranquilidade à entidade. Para que o serviço seja oferecido com a qualidade que os alunos merecem, é preciso a formação dos profissionais, tornando-os aptos para quaisquer situações encontradas no cotidiano, ofetando um atendimento digno”, disse o prefeito Luiz Dalben.

 “Desenvolvemos temas como os direitos da pessoa com deficiência, transtorno do espectro autista, traqueostomia, convulsão e as necessidades de segurança no transporte da cadeira de rodas, que para nós, é uma extensão do corpo do aluno. Além disso, oferecemos dicas de convivência e trocamos experiências. É importante que os motoristas e monitores saibam a maneira correta de agir perante cada situação, oferecendo o transporte adequado para os alunos”, explicou a assistente social da APAE, Rita de Cássia Matheus de Campos.

 

SERVIÇO

A empresa Smile realiza o serviço de Transporte Escolar Gratuito oferecido pela Prefeitura aos alunos da rede pública. Os 180 alunos com necessidades educacionais especiais atendidos pela APAE da cidade também estão matriculados na Rede Municipal de Educação. De segunda a sexta-feira, 12 veículos adaptados operam o serviço de transporte “porta a porta”, garantindo a locomoção dessas pessoas e de seus acompanhantes, quando há necessidade da presença dos mesmos.