Desde o início da campanha, mais de 4,3 mil pessoas receberam a vacina em Sumaré.

Feliz demais! Assim definiu dona Cacilda da Silva, 95 anos, moradora do Jardim São Francisco, a primeira idosa do público com idade a partir de 90 anos a ser vacinada contra Covid-19 em Sumaré.

A dose foi aplicada no Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI) em Nova Veneza, endereço tradicional das atividades e eventos voltados à qualidade de vida da Melhor Idade sumareense.

Fortunato Noveletto, de 90 anos, residente na região Central, também comemorou a vacinação: “estava esperando essa hora e, graças a Deus, ela chegou. Estou muito feliz”.

“Nossos idosos estão com bastante expectativa para retomar as atividades esportivas e de convívio social nos grupos da Melhor Idade. Mas, com a pandemia, ainda temos que seguir com as atividades remotas, para a segurança de todos. Uma programação bem caprichada, feita com muito carinho, já está sendo preparada pela equipe do Fundo Social de Solidariedade. E, se Deus quiser, logo todos poderão estar juntos de novo, compartilhando experiências e a alegria de viver”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na atual etapa da campanha, que teve início nessa segunda-feira (dia 8) para idosos a partir de 90 anos conforme preconizou o Governo Federal e Estadual, seguem sendo vacinados também os pacientes acamados e os trabalhadores da Saúde.


Sete endereços estão disponíveis para a aplicação da vacina, em áreas descentralizadas da cidade. O CCTI é ponto exclusivo para os idosos e, nos demais endereços, a vacina é oferecida para a população com 90 anos ou mais e para os profissionais da Saúde. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. Confira:

  • CCTI (Centro de Convivência da Terceira Idade) *Exclusivo para vacinação de idosos com 90 anos ou mais*: Avenida Brasil, nº 1.111, Jardim Nova Venza;
  • Região Central: Centro Esportivo “Vereador José Pereira” – Rua Sebastião Raposeiro Júnior, nº 261, Vila Yolanda Costa e Silva;
  • Picerno: EM Profª Neusa de Souza Campos – Rua das Rosas, nº 320, Parque Rosa e Silva;
  • Nova Veneza: EE Ângelo Campo Dall’orto – Avenida São Paulo, nº 466, Jardim Nova Veneza (entrada pela Rua Ceará);
  • Área Cura: EM Anália Oliveira Nascimento – Rua Maria Conceição da Rocha Ferraz, nº 565, Jardim Bom Retiro;
  • Maria Antônia: EE Maria de Lourdes Martins – Rua Osvaldo Vacari, nº 777, Jardim Maria Antonia;
  • Matão: EM Jardim Lúcia – Avenida Emílio Bosco, nº 965, Jardim Lúcia.

Para os profissionais da Saúde, é obrigatório apresentar documento (original) que comprove o vínculo empregatício do trabalhador com o serviço de saúde, como Carteira de Trabalho, registro da pessoa no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), contrato de trabalho, contrato de prestação de serviço ou holerite e comprovante de residência. Já os idosos, devem apresentar RG e comprovante de endereço em Sumaré.

No caso de pacientes acamados, o familiar ou responsável deve fazer o cadastro na UBS de referência para agendamento da aplicação da vacina em domicílio.

“Já são mais de 4,3 mil vacinados em Sumaré no total e, conforme o município recebe novas doses da vacina pelo Estado, conseguimos ampliar os grupos. Enquanto isso,pedimos a compreensão da população para que aguarde a sua vez e mantenha as medidas preventivas para que possamos barrar o avanço da doença”, lembrou o secretário de Saúde de Sumaré, Rafael Virginelli, que participou do início da vacinação no CCTI.

VacinaJá

Visando agilizar o atendimento à população, a Secretaria Municipal de Saúde orienta as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários da campanha de vacinação contra a Covid-19 a realizar um pré-cadastro no portal VacinaJá – Programa de Imunização do Governo de São Paulo. O endereço eletrônico é https://www.vacinaja.sp.gov.br/ para preenchimento de informações como documentos pessoais e contato. Esse cadastro inicial servirá para registro de informações, mesmo assim, os documentos obrigatórios deverão ser apresentados no momento da vacinação.