sábado, junho 23

Escolas municipais recebem obras de manutenção

 

Sumaré, 18 de janeiro de 2018

 

As aulas na rede municipal de ensino de Sumaré retornam dia 5 de fevereiro e para atender os alunos com mais conforto, segurança e qualidade, as secretarias de Educação e Serviços Públicos realizam obras de manutenção em algumas unidades escolares.

Na EMEF Profª Neusa de Souza Campos, no Parque Rosa e Silva, região do Picerno, ocorre a troca de pisos das salas de aulas, que estavam estufados.

Na EM Palhacinho Dengoso, em Nova Veneza, as equipes realizam a ampliação de três salas de aula. Para atender todos os alunos, a Prefeitura alugava uma casa ao lado da escola e, agora, com as obras, será possível abrigar os estudantes no prédio municipal, reduzindo custos e garantindo a integração de todo o ambiente escolar. Além disso, os pisos das salas de aula da escola também estão sendo substituídos.

A EMEF Profª Flora Ferreira Gomes, no Ângelo Tomazin, região do Maria Antônia, as obras envolvem a ampliação de três salas e mais a cozinha, a fim de atender os estudantes com qualidade, além de melhorar as condições de trabalho dos colaboradores.

Em parceria com a APM (Associação de Pais e Mestres), a EMEF Antônio Palioto, no Parque Emília, região central, também passa por uma reforma nos banheiros, com troca de piso e revestimento, além da ampliação de três salas que serão utilizadas como biblioteca e laboratórios de informática e ciências.

“Essas reformas são necessárias para garantir um atendimento de qualidade aos nossos alunos. Para não interferir nas aulas, estamos realizando as obras durante as férias escolares e, além das reformas pontuais, todas as escolas municipais vão receber uma revitalização completa a partir da próxima semana, com limpeza, poda de árvores e roçagem. Já as 29 escolas de Educação Infantil estão recebendo também novos parquinhos. São diversos investimentos para oferecer um ensino de cada vez mais qualidade às nossas crianças”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

“Além de todos os investimentos que já realizamos na parte pedagógica, com atividades em atividades extraclasses, visitações ao CEAV e ao Parque dos Animais, reforço no ensino, capacitação do corpo docente, precisamos oferecer também aos alunos um ambiente escolar confortável, acolhedor e condições de aprendizagem”, completou a secretária de Educação, Mirela Cia Medeiros.