Especialista realiza palestra em alusão ao Maio Laranja, em Sumaré

A especialista em sexualidade humana Juliana Costa, coordenadora do Projeto Afin (Afeto na Infância), do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), ministrou, nesta segunda-feira (23), a palestra “Abuso e exploração sexual infantil: causas e consequências, estatísticas, enfrentamento e o papel da rede”, a profissionais das secretarias de Saúde, Educação e Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, além de representantes de organizações sociais do município. O evento aconteceu no Clube Recreativo Sumaré.

Juliana fez a exposição de alguns casos, ressaltando a importância de conversar sobre o assunto com crianças, de maneira leve, mas de forma enfática, fazendo com que se crie consciência do assunto.

“É possível falar sobre algo tão pouco abordado de maneira leve e não vulgarizada. Para isso é importante que haja palestras e discussões sobre o tema, para que saibamos conversar com as crianças e, principalmente, saber como agir em caso de casos mais graves e sérios”, comentou a especialista.

Antes da palestra, crianças da associação São Judas fizeram uma apresentação de dança.

Participaram do encontro o prefeito Luiz Dalben, a secretária de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, Ana Cléia Meneguetti, o coordenador do CREAS (Centro de Referência e Especializado em Assistência Social), Alexandre Stein, além de representantes de diversos órgãos municipais. 


“O combate ao abuso e exploração sexual infantil é um assunto que diz respeito a todos e devemos nos unir para reduzir as estatísticas relacionadas ao problema. A Prefeitura de Sumaré, por meio das Secretarias de Educação, Saúde e Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social está capacitada a oferecer orientação e lidar com casos desse tipo, tanto nas unidades escolares e unidades de saúde, quanto em órgãos como o CREA e CREAS, entre outros. Palestras sobre o tema durante o Maio Laranja é uma forma de trazer o assunto para o debate”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Programação segue até o final do mês

Ao longo desta e da próxima semana a Prefeitura de Sumaré promove uma série de eventos relacionados ao Maio Laranja, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no dia 19 de maio. Desde o início do mês já foram realizados mais de 20 eventos relacionados ao tema.

Nesta terça-feira (24) acontece mais uma palestra no Clube Recreativo. Na quarta-feira (25) o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do Matão promove uma roda de conversa para a sensibilização e reflexões sobre violência sexual contra crianças e adolescentes, voltada à comunidade em geral.

Já o SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) Instituto Saber Social realizará discussões em um grupo de reflexão formado por crianças e adolescentes atendidos pela entidade, nos dias 25 e 26.

No Parque Regina, também na quinta-feira (26), será realizada uma palestra de sensibilização e prevenção ao abuso e exploração sexual, pela OSC (Organização da Sociedade Civil) Saber Social.

Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A data foi instituída em 2000, por meio de um projeto de lei. O dia 18 de maio foi escolhido em alusão ao assassinato da menina Araceli, drogada, estuprada e morta por jovens de classe média, em Vitória (ES), em 1973.

Na sequência, foi criada a campanha “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”, que tem como objetivo mostrar à sociedade que o combate a esses crimes é compromisso coletivo. O símbolo da campanha é uma flor de cor laranja. Dentro deste contexto, o mês de maio ficou conhecido como Maio Laranja.