Connect with us

Nossa Cidade

Formandos da segunda turma do Polo da Construção Civil de Sumaré recebem seus certificados

Publicado

em

A Prefeitura de Sumaré e o Fundo Social de Solidariedade do Município realizaram na noite da última quinta-feira, 25 de setembro, a formatura dos 36 alunos da segunda turma dos cursos gratuitos de assentador de pisos e azulejos, encanador e pedreiro oferecidos pelo Polo da Construção Civil.

Formatura-Polo-Construção-Civil
A cerimônia foi no Centro Municipal de Capacitação Profissional, localizado no Jardim Bom Retiro, na Área Cura, e contou com a presença da prefeita Cristina Carrara, da presidente do Fundo Social, Josiane Felizzari Moço Carrara, e da responsável técnica do FUSSESP (Fundo Social de Solidariedade de São Paulo), Claudia Aparecida Adolfo.
Também estavam presentes os secretários municipais Antonio Enes Junior (Administração), Geralda Magalhães (Habitação), Carlinhos Barijan (Serviços Públicos) e Aléssio Biondo Junior (Obras), os vereadores Sergio Populina, Warlei “Fininho” de Faria e Dito Lustosa, e a coordenadora do Fundo Municipal, Arlete Bredda De Marchi, além de familiares e amigos dos formandos.
Todos os alunos receberam os certificados de conclusão do curso e foram homenageados por patrocinadores da região – como a Eletro Z Montagem e Manutenção Elétrica, a Pneubel Alinhamento, Troca de Óleo e Auto Peças e o Buffet do Chef Festas, Eventos e Kits para Festas.
Para a prefeita sumareense, “o objetivo deste Centro de Capacitação é promover qualificação rápida para pessoas em situação de vulnerabilidade social, permitindo que elas aproveitem as vagas que surgem no nosso mercado de trabalho, que está em franco desenvolvimento”.
“Este é nosso compromisso de governo, promover uma melhor qualidade de vida às pessoas, inclusive através da oportunidade de trabalhar. Construímos e reconstruímos este espaço, que hoje é um lugar de ensino profissionalizante para toda a população. Agora, mais 36 alunos terão uma nova oportunidade na vida, melhores condições de empregabilidade, pois se tornaram profissionais qualificados”, disse Cristina.
Segundo a coordenadora do Fundo Social de Solidariedade, existe uma fila de espera com 150 pessoas inscritas nas vagas do Centro de Capacitação – inclusive aquelas viabilizadas pelo Polo da Construção. “Nossa fila de espera está grande, porque um certificado como este agrega à qualidade de vida de cada um. Hoje, aqui, é uma noite de felicidade, de conquistas e realizações”, concluiu Arlete.
A responsável técnica do FUSSESP-SP, Claudia Aparecida Adolfo, ressaltou ainda que “toda capacitação realizada é inclusiva, trazida à cidade pelo Governo Estadual com o único objetivo de oferecer cursos rápidos de capacitação que vão ao encontro das necessidades do mercado, assim como estimular a geração de emprego e renda”. “Este é um momento muito especial e ele só é possível porque o Município está aqui em conjunto com o Governo do Estado”, avaliou Claudia.

POLO DA CONSTRUÇÃO CIVIL
O Polo da Construção Civil foi inaugurado no início de abril e oferece três cursos gratuitos: assentador de pisos e azulejos, encanador e pedreiro. É um projeto de qualificação profissional criado e desenvolvido pelo FUSSESP (Fundo Social de Solidariedade de São Paulo).
Durante o convênio, com validade de 18 meses, estão sendo atendidas 270 pessoas com idade igual ou superior a 18 anos. Cada modalidade tem, ao longo da vigência do contrato, 6 turmas compostas de até 15 alunos cada uma. São 80 horas/aula divididas em 24 dias, com três aulas semanais. Além da capacitação, os alunos recebem material didático e certificado.

.:: Serviço ::.
Centro Municipal de Capacitação Profissional da Prefeitura de Sumaré
Av. Augusta Diogo Ayala Balão do Bom Retiro – Área Cura – Telefone (19) 3828-8445

Nossa Cidade

Secretaria de Habitação da Prefeitura de Sumaré divulga balanço das atividades de 2019

Publicado

em

Por

A Secretaria de Habitação da Prefeitura de Sumaré, responsável pela elaboração, desenvolvimento e implantação de políticas públicas e programas habitacionais voltados à população sumareense, em especial de baixa renda, divulga balanço das principais ações realizadas em 2019, terceiro ano da gestão do prefeito Luiz Dalben.

No ano passado, a equipe técnica da Habitação de Sumaré dedicou-se às questões relacionadas às normas gerais e procedimentos aplicáveis à Regularização Fundiária Urbana (Reurb), de acordo com os dispositivos da Lei Federal Nº 13.465, de 11 de julho de 2017. 

Segundo a secretaria, os núcleos habitacionais Parque Rosa e Silva e jardins das Orquídeas, Casa Verde, Irmã Davina, Vitória, além da Vila Operária, estão em fase avançada no processo Reurb, com o apoio da Secretaria Estadual de Habitação, por meio do programa Cidade Legal.

No mês de abril, a Prefeitura de Sumaré entregou 553 termos de quitação dos núcleos já regularizados no Nova Esperança I e II, Jardim Luiz Cia, Jardim Nossa Senhora da Conceição II, Residencial Bordon II, Parque Bandeirantes I, II e III e Bom Retiro II.

A Regularização Fundiária é o conjunto de medidas jurídicas, urbanísticas e socioambientais que visam à ordenação de assentamentos irregulares e à titulação de seus ocupantes, de modo a garantir o direito social à moradia, o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana e o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado.

Este tema também norteou diversas palestras e treinamentos, dos quais Sumaré participou, alguns eventos promovidos pelo próprio Município, como é o caso do “Workshop Regularização Fundiária”, realizado em junho de 2019. Em setembro, aconteceram seminários sobre o assunto na Escola do Parlamento em São Paulo, e na Unicamp.

Em 2019, a Prefeitura realizou ainda o Trabalho Técnico Social (TTS) junto aos moradores do núcleo “Minha Casa, Minha Vida” no Empreendimento Emílio Bosco, incluindo oficinas e palestras que visam a inclusão social e geração de renda. O mesmo trabalho será feito junto às famílias beneficiárias do programa MCMV nos empreendimentos Jardim das Estâncias, Residencial Itália, Jardim das Águas e Condomínio Emílio Bosco, por empresa credenciada contratada pela Caixa Econômica Federal.

Fechando 2019, o Chefe do Executivo de Sumaré, Luiz Dalben, assinou em dezembro o termo de Adesão ao “Nossa Casa”, programa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Habitação Estadual, com a proposta de promover parcerias entre o Estado, prefeituras e iniciativa privada para fomentar a produção de unidades habitacionais em terrenos públicos para famílias que vivem em áreas de risco e de baixa renda.

“2019 foi um ano de grandes avanços para Sumaré também na área da Habitação. 2020 não será diferente: vamos empreender todos os esforços necessários para viabilizar à população sumareense, principalmente a de baixa renda, o acesso à moradia adequada, com condições dignas, o acesso a serviços públicos de qualidade e promover a igualdade social, bem como a ocupação do espaço urbano de forma planejada”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré amplia refeitório da EM Martha Smolli

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré continua a reforma da Escola Municipal “Professora Martha Smolli Domingues”, localizada no Jardim Basilicata, Região do Picerno. Depois de trocar as janelas da cozinha e substituir toda a estrutura da cobertura da unidade, utilizando no telhado material de excelente qualidade – a telha termoacústica, que oferece ótimo acabamento e conta com isolamento térmico e acústico – a administração municipal realiza nesta semana, por meio das Secretarias de Educação e Serviços Públicos, a ampliação do refeitório.

A escola atende atualmente cerca de 30 classes com 812 alunos – do Jardim I, II ao 1º ano – nos períodos da manhã e tarde. “Temos pautado nossas ações na melhoria da qualidade dos serviços prestados à população, e os investimentos no setor da educação beneficiam diretamente os alunos e funcionários, como é o caso dessa escola municipal”, garantiu o prefeito Luiz Dalben.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Secretaria de Cultura de Sumaré recebe inscrições para curso de Formação de Atores

Publicado

em

Por

O teatro, assim como outras áreas culturais, é de grande importância, especialmente para a criança, já que propicia várias habilidades – de memorização, coordenação, leitura, criatividade e improvisação – a oralidade e socialização. E essa é uma das atividades que Prefeitura de Sumaré oferece gratuitamente à população, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

O órgão continua com as inscrições abertas para o curso de Formação de Atores, que será realizado a partir de fevereiro, no Anfiteatro Dirce Dalben, em Nova Veneza. As aulas terão início no dia 04 e serão ministradas todas as terças-feiras, das 19h às 22h, pelos diretores Cah López e Laudemir Merlini. “É mais um curso gratuito que a nossa Secretaria de Cultura oferece à população. Além da capacitação para a arte, os futuros atores contarão com dinâmicas, como jogos cênicos, trabalho de corpo e de voz, improvisação, leituras dramáticas, consciência de grupo e interpretação. E o que é muito interessante, é aberto, inclusive, para membros da terceira idade”, destacou o prefeito Luiz Dalben.

Vale ressaltar que uma possível seleção poderá ocorrer durante o processo, levando em conta a frequência e a dedicação dos participantes. Em um primeiro momento o curso atenderá a todos os inscritos, mesmo aqueles mais inexperientes.

O processo se dará passo a passo, por meio de jogos teatrais, exercícios individuais e coletivos. Posteriormente, serão formados elencos para montagens de espetáculos diversos: infantis, comédias, peças literárias e temáticas, além de atuação em eventos culturais da cidade e região.

Os interessados não devem perder essa oportunidade! As inscrições estão sendo feitas na Biblioteca Municipal Prof. Plínio Machado da Silva, localizada na Rua Geraldo de Souza, 157, Jardim São Carlos, na esquina com a Avenida Rebouças (próximo ao Shopping ParkCity Sumaré), das 9h às 13h.

Para participar do curso é necessário ter 13 anos ou mais. Basta comparecer ao local portando documento com foto e comprovante de endereço. Menor de idade precisa estar acompanhado dos pais ou responsável.

Continue Lendo