Connect with us

Nossa Cidade

GM Sumaré apreende inúmeros carretéis de linha chilena

Publicado

em

Se o cerol – substância usada em ‘pipas’ que provoca lesões, mutilações e pode até causar a morte – é considerado perigoso, imagine a linha chilena, cujo poder de corte é quatro vezes maior! Os mais atingidos são motociclistas e ciclistas. Preocupada com o uso do artefato a Prefeitura de Sumaré, por meio da Guarda Municipal – órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública – tem intensificado a fiscalização no município. Guardas municipais em patrulhamento pela região do Picerno apreenderam, nesse domingo (07), no Portal Bordon, inúmeros carretéis de linha chilena. A ação de fiscalização é baseada nas leis Estadual nº 12.192 e Municipais nºs 6.742 e 5.376, que proíbem a fabricação, venda e o uso da linha chilena e do cerol, respectivamente, e preveem multa, fora outras penalidades em caso de acidentes.

“Nossa Guarda tem intensificado a orientação e prevenção contra o uso desses materiais, tanto o cerol como a linha chilena – extremamente perigosos – porém ainda muito utilizados pelos adeptos da brincadeira de soltar pipa. É importante alertarmos sobre esse perigo, especialmente aos pais. A conscientização deve começar em casa, a fim de evitar que crianças e jovens vão para as ruas portando objetos que ferem e podem até levar a óbito”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Apesar de o cerol ser bastante comum e ter fabricação caseira pelos usuários (mistura de cola e pó de vidro), a linha chilena é considerada mais perigosa, por ser produzida industrialmente e com poder de corte mais elevado, já que são adicionados pó de quartzo e óxido de alumínio à linha original. Em caso de criança usando esse material, a corporação faz o recolhimento do produto e encaminha o menor aos pais. Quando há vítimas, por exemplo, o responsável é levado ao Distrito Policial e responde a processo por lesão corporal culposa.

A Administração Municipal também realiza um trabalho de prevenção junto a crianças e adolescentes. Por meio do Promad (Programa Municipal Antidrogas) – único no País concebido por uma Guarda Civil Municipal – são desenvolvidas atividades em sala de aula com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental das Escolas Municipais em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. O Programa tem duração de três meses e nesse período orienta, educa e ensina as crianças a não se envolver com drogas e outros temas, incluindo bullying e os perigos do uso do cerol.

Além disso, o uso de cerol também traz grande risco às redes de distribuição de energia. A CPFL Energia continua registrando centenas de acidentes em toda sua área de concessão, sendo que alguns foram graves ou até fatais. As pipas têm sido responsáveis por milhares de interrupções no fornecimento de energia na área de cobertura da companhia, que atende a 234 municípios do interior paulista.

PENALIDADES

A Lei 6247/2019 proíbe a fabricação, venda e uso da linha chilena na cidade e os flagrados com o produto terão que pagar multa de cinco salários mínimos, fora a responsabilização na esfera criminal. A Lei Municipal 5.376 (que alterou os dispositivos previstos na lei anterior 3.224) prevê penalidades ao infrator. O comerciante, na primeira ocorrência, terá o material apreendido e será multado em 3 (três) salários mínimos. Em caso de reincidência, será multado em 6 (seis) salários mínimos e terá o alvará de funcionamento suspenso por 30 dias. Se mesmo assim houver persistência, o comércio terá o alvará de funcionamento cassado definitivamente. A ação ocorre em conjunto entre o Setor de Fiscalização do Município, GM e o Corpo de Bombeiros de Sumaré.

Já os usuários maiores de 18 anos que forem surpreendidos utilizando cerol ou linha chilena em linhas de pipas e similares terão o material apreendido e também serão multados em 1 (um) salário mínimo ou com prestação de serviços comunitários. Na reincidência, a pena será dobrada. Em caso de menor de 18 anos, haverá apreensão do material e os pais ou responsáveis serão advertidos por escrito. Nas reincidências, os pais ou responsáveis receberão multa de 1 (um) salário mínimo ou prestação de serviços comunitários. A pena poderá ser dobrada se houver persistência.

Denúncias podem ser feitas pelos fones 193 – 3873-2147 e 3873-2656.

DICAS DA GM

* Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos.

* Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos. Procure locais abertos como praças e parques.

* Não empine pipa em cima de lajes e telhados.

* Jamais utilize linha metálica, como fio de cobre de bobinas ou com cerol. Também não faça pipas com papel laminado. O risco de choque elétrico é grande.

* Tente soltar pipa sem rabiola, como as arraias, pois na maioria dos casos, a pipa prende no fio.

* Se a pipa enroscar em fios, não tente tirá-la. É melhor fazer outra. Nunca use canos, vergalhões ou bambus.

* Cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar para trás.

* Atenção especial com os motociclistas e ciclistas: a linha pode ser perigosa para eles. Fique atento para que a linha não entre na frente deles.

* Recomenda-se aos motociclistas o uso de “antenas antilinhas”.

Nossa Cidade

Sumaré volta para a Fase Laranja e Acias pede mais atenção aos cuidados para evitar circulação do vírus

Publicado

em

Por

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 22, a reclassificação do Plano São Paulo e Sumaré retrocedeu para a Fase Laranja. Além disto, todo o estado ficará na fase vermelha entre 20h e 6h, todos os dias da semana, e nos dois próximos finais de semana (30 e 31/1 e 06 e 07/02). Na Fase Laranja, o funcionamento de bares não é permitido.

As novas regras valem a partir de segunda-feira, 25. As medidas mais restritivas foram anunciadas por conta do aumento dos índices da pandemia.

O presidente da Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), Juarez Pereira da Silva, lamentou o retrocesso no Plano São Paulo, mas afirmou que o retorno à fase mais restritiva já era uma possibilidade esperada por conta do avanço da doença. “Mais do que nunca, precisamos seguir as orientações sanitárias para frear a circulação do vírus. A Acias seguirá orientando e reforçando os cuidados que precisam ser adotados nos estabelecimentos”, comentou.

Na última quinta-feira, 21, a Acias participou de uma reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, realizada pela Prefeitura de Sumaré para atualizar os assuntos relacionados à pandemia de Covid-19.

Diante do crescimento dos índices de óbitos e de novos casos da doença, as autoridades anunciaram o reforço na fiscalização para impedir o funcionamento de qualquer atividade fora do permitido nas fases do Plano. A Guarda Municipal intensificará a fiscalização, com possibilidade de atuação dos estabelecimentos que desrespeitarem as regras.

Na reunião, a ACIAS destacou que a maioria dos comerciantes está fazendo o dever de casa, como vem sendo lembrado pelo governo paulista. Mas é importante não afrouxar os cuidados porque a pandemia ainda não passou.

A Acias reitera a seus associados a importância de manter os protocolos sanitários. Os cuidados são necessários para garantir a saúde de colaboradores e consumidores, além de evitar possíveis penalidades durante as fiscalizações que, a partir de agora, serão intensificadas.

O QUE PODE NA FASE LARANJA

  • COMÉRCIO E SERVIÇOS

Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

  • A orientação da Acias é que o comércio abra às 9h e feche às 17h.
  • RESTAURANTES E SIMILARES (CONSUMO LOCAL)

Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Consumo local e atendimento exclusivo para clientes sentados
Venda de bebidas alcóolicas até às 20h
Adoção dos protocolos geral e setorial específico

O funcionamento de bares não é permitido na Fase Laranja.

ACADEMIAS E CENTRO DE GINÁSTICA
Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Agendamento prévio e hora marcada
Permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo

Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeito Luiz Dalben inicia vacinação contra a Covid-19 dos profissionais das unidades municipais de Saúde que atuam na “linha de frente”

Publicado

em

Por

Teve início na tarde dessa quinta-feira, dia 21, a vacinação contra a Covid-19 na rede municipal de Saúde de Sumaré. Carolina Lopes, 35 anos, enfermeira na Atenção Básica, com atuação na UBS Florely, foi a primeira pessoa vacinada na cidade. O prefeito Luiz Dalben acompanhou o início da vacinação, ao lado do deputado Dirceu Dalben, do secretário de Saúde, Rafael Virginelli, e dos vereadores Lucas Agostinho e Rodrigo Digão.

“Este é um momento de muita emoção e alegria para nós. Toda a nossa gratidão aos profissionais da Saúde, em nome da Caroline, que hoje recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Sumaré. São incansáveis trabalhadores no enfrentamento à Covid-19 que merecem todo nosso respeito e admiração. Nese primeiro momento, iremos vacinar os colaboradores que atuam na linha de frente contra a doença, pois precisamos cuidar desses profissionais para que eles possam cuidar de nós. Gradativamente, iremos expandir a vacinação para os demais colaboradores da saúde e Melhor Idade, até chegar a toda a população”, agradeceu o Chefe do Executivo sumareense.

Sumaré recebeu na manhã dessa quinta o primeiro lote com 2.680 doses da vacina, enviadas pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo. Essa remessa inicial será aplicada em profissionais da Saúde que atuam  na “linha de frente” ao combate à doença nas unidades municipais, conforme preconizado pelo Plano Estadual de Imunização.

“Nenhum grupo ficará sem a vacina, mas dependemos do recebimento de novas doses do Estado para ampliar a vacinação. Por enquanto não haverá vacinação nos endereços divulgados anteriormente, portanto, a população não deve se dirigir aos locais, deve aguardar ser informada sobre a chegada de novas doses e as datas para vacinação”, explicou o secretário municipal de Saúde de Sumaré, Rafael Virginelli.

“É com muita alegria que recebi a vacina, este é o início da nossa esperança de voltarmos à normalidade, após um período tão intenso e difícil. Nossa unidade está lidando exclusivamente com os casos de Covid-19 na região e todos os dias acompanhamos as mais diferentes histórias e situações. É emocionante participar deste momento, estou muito grata e emocionada”, disse a enfermeira Carolina Lopes.

“Agradecemos imensamente a esses profissionais da saúde, que desde o início da pandemia trabalham com afinco e dedicação para cuidar da população. É um momento muito emocionante acompanhar o início da vacinação em Sumaré, parabenizo o prefeito Luiz Dalben e a toda a equipe, pelo excelente. Esta é uma tarde de quinta-feira histórica e que renova as nossas esperanças de que dias melhores estão por vir. Com fé, logo voltaremos as nossas rotinas normais!”, falou o deputado Dirceu Dalben.

 Sumaré foi a primeira cidade da região a definir um Plano de Enfrentamento ao Coronavírus logo no início da pandemia em 2020. Com a chegada da vacina, já coloca em prática o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19, que atende todos os critérios, cronogramas e determinações do Governo do Estado e Ministério da Saúde.

“É necessário ressaltar que a pandemia não terminou, por isso, não é hora de relaxar! Mesmo com o início da vacinação contra a Covid-19, é fundamental manter os cuidados preventivos: distanciamento social, uso de máscara de proteção facial e higienização constantemente as mãos. Vamos seguir juntos contra o coronavírus.”, completou o prefeito Luiz Dalben.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré faz calçamento na quadra society do Parque Florença

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Sumaré realiza nessa quinta (21) obras de calçamento da quadra de futebol society do Parque Florença, região central da cidade. Construída pela Administração Municipal, a benfeitoria faz parte do projeto “100% Esporte para Todos”, por meio de convênio realizado entre a Prefeitura e a Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, com apoio do deputado estadual Dirceu Dalben. Na sequência, as equipes municipais instalarão uma academia ao ar livre. Assim que for liberada, jovens e crianças desfrutarão dessa belíssima quadra society para prática do futebol, que é uma das modalidades mais tradicionais no país

Para o prefeito Luiz Dalben a quadra de futebol society é mais uma excelente opção de lazer e práticas esportivas. “Contemplamos os moradores do Parque Florença, região central de nosso Município, com esse importante espaço de esportes e lazer, entregue à secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer, e, assim quer for liberada, nossos jovens e crianças desfrutarão dessa belíssima quadra society para prática do futebol, que é uma das modalidades mais tradicionais em nosso país”, comentou o Chefe do Executivo sumareense.

O vice-prefeito, Henrique do Paraíso, também comemorou essa conquista para Sumaré. “A quadra de futebol society foi construída numa parceria do Município com o Estado e é de grande importância para o esporte de nossa cidade.

A pedido do prefeito Luiz Dalben, intermediamos essa benfeitoria juntamente com a bancada do Republicanos, e fomos agraciados com esse equipamento esportivo para a população sumareense”, declarou.

Continue Lendo