Connect with us

Policial

Guarda Municipal de Sumaré notifica estabelecimentos em ‘Operação Bar Legal’

Publicado

em

A Prefeitura de Sumaré realizou nesse fim de semana, dias 18 e 19, a Operação Bar Legal. A ação da Guarda Municipal com o apoio da Polícia Militar ocorreu nas regiões do Matão e Maria Antonia e teve por finalidade fiscalizar estabelecimentos comerciais e coibir a perturbação do sossego público. Durante a atividade, três estabelecimentos foram notificados por irregularidades e um foi autuado. Nos demais locais não foram constatadas irregularidades, ocasião em que as equipes aproveitaram para reforçar sobre o cumprimento do decreto e da Lei do Silêncio.

Na abordagem são verificados – de alvará e horário de funcionamento, ocupação do solo (mesas e cadeiras sobre calçadas) e exigências da Vigilância Sanitária (produtos perecíveis, data de validade, manipulação e higiene) – além de veículos estacionados em calçadas e com som alto, e pessoas em atitudes suspeitas.

“A intenção não é prejudicar o comerciante, mas fazer com que todos cumpram a lei igualmente e que a população seja respeitada. As operações ocorrem a qualquer momento, principalmente no período noturno, e são programadas de acordo com as denúncias que a GM recebe”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Bom lembrar que a Guarda Civil Municipal de Sumaré passou a atuar como fiscal de postura na aplicação das medidas administrativas cabíveis e autuação por infrações ao Código de Posturas pertinentes à poluição sonora, perturbação do sossego público, preservação da ordem e do bem-estar social. “A GM tem reforçado a importância do cumprimento do decreto e da Lei do Silêncio, além de desfazer as aglomerações, os agentes reforçam as recomendações sanitárias, visando o apoio e conscientização dos cidadãos”, reforçou a Comandante Simone Nery.

Por meio do Decreto 10.920, a corporação ganhou autonomia para fiscalizar o cumprimento das normas que constam no Código de Posturas, inclusive na autuação do infrator e até mesmo na aplicação das penalidades (multas) em relação aos artigos voltados à Lei do Silêncio Urbano, horário de funcionamento de eventos, decibelímetro e etc.

A prioridade é coibir a perturbação do sossego público, como, por exemplo, festas ‘rave’, baladas em chácaras e demais eventos que estejam em desacordo com a lei vigente. Além do 156, reclamações e denúncias podem ser feitas para os telefones 3873-2656 (Guarda Municipal) e 190 (Polícia Militar).

NO HORTO

Durante todo o fim de ano, também serão mantidas pela Prefeitura as rondas na região do Horto Florestal, realizadas em conjunto entre a Defesa Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros. O trabalho preventivo visa orientar os frequentadores sobre a proibição das atividades náuticas no local e do descarte irregular de entulhos e outros materiais na represa, além de evitar aglomerações para conter a disseminação da Covid-19, entre outros.

A Defesa Civil também segue com o acompanhamento das condições meteorológicas na região e com o monitoramento do nível do Ribeirão Quilombo, em especial nas áreas consideradas de risco.

Em caso de emergência, a população deve entrar em contato pelos telefones 199 e 156 da Prefeitura de Sumaré.

Policial

GM de Sumaré vistoria estabelecimentos e encerra festa clandestina por descumprimento ao Plano São Paulo

Publicado

em

Por

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Sumaré tem intensificado as ações no Município em cumprimento ao Plano São Paulo, principalmente com a nova determinação da restrição de circulação para todas as cidades do Estado entre 23h e 5h, até o dia 14 de março. A medida visa à prevenção e à contenção da transmissão do coronavírus, tendo em vista a situação atual da pandemia na região.

No último final de semana (sexta a domingo) o órgão promoveu outra importante operação preventiva e de conscientização junto à população. Foram vistoriados 16 estabelecimentos. Na ocasião, a Guarda encerrou uma festa clandestina no bairro Matão com aproximadamente 200 pessoas, por descumprimento ao decreto estadual. A ação contou com o apoio da Polícia Militar.

“É importante que toda a população contribua atendendo aos protocolos do Plano São Paulo, que determina a restrição de circulação para todas as cidades do Estado entre 23h e 5h. Nosso objetivo é continuar fiscalizando para impedir aglomerações irregulares e festas clandestinas, principalmente aos finais de semana. Contamos com a ajuda de todos para que possamos, juntos, vencer o coronavírus”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Continue Lendo

Policial

Homem é preso por estupro de vulnerável em Sumaré

Publicado

em

Por

Na tarde dessa segunda-feira (01), uma equipe policial juntamente com o Comando de Grupo 1, foram acionados via copom, para comparecer no Jardim São Domingos em Sumaré para atender uma ocorrência de estupro de vulnerável.

Pelo local os policiais em contato com a testemunha, onde alegou que o autor, que é amigo da família, estava em um comodo da casa com a menina de 6 anos no colo, ambos estavam sem roupa de baixo e íntima, e o autor com o genitália ereta.

Diante dos fatos, a testemunha e vítima foram encaminhadas ao UPA Macarenko, onde o médico não constatou o rompimento do hímem e posterior a criança passou por psicólogo e assistente social. A vítima relatou ao psicólogo que o autor tampava sua boca com a mão, para que sua mãe não ouvisse os ruídos.

O homem foi conduzido para a delegacia da mulher, onde a autoridade responsável, tomou ciência dos fatos, ratificando a voz de prisão, ficando o autor a disposição da justiça.

Continue Lendo

Policial

GM de Sumaré faz avaliação de tiro para manutenção do porte de arma

Publicado

em

Por

Avaliar o conhecimento e as técnicas dos agentes de segurança pública. Com essa finalidade a Guarda Civil Municipal (GCM) de Sumaré segue realizando avaliação de tiro para a manutenção do porte de arma de fogo, conforme prevê a Legislação. A atividade junto à Polícia Federal conta com prova escrita e prática. O porte, que até o ano passado era válido para cinco anos, passou a ter validade de dez anos.

São 20 questões de conhecimento geral e teste prático, com disparos em alvo ‘humanoide’ e alvo multicor. Ao todo, 97 guardas realizarão as provas até o próximo mês de março.

“Essa avaliação, apenas para a validação do porte, é realizada no CAT (Clube Americanense de Tiro). Porém, todos os anos é feita a requalificação de armamento e tiro”, explicou a comandante Simone Nery.

Para o prefeito Luiz Dalben a queda nos índices de criminalidade que a cidade de Sumaré continua registrando ano a ano é fruto do trabalho de uma Guarda Municipal preparada e capacitada. “Esses cursos de capacitação são importantes para deixar nossos GMs atualizados e cada vez mais preparados, tendo em vista que a corporação é de grande importância no apoio às polícias Civil e Militar”, disse o Chefe do Executivo sumareense.

Continue Lendo