No Dia do Estudante, alunos raspam a cabeça em solidariedade às crianças com câncer

No Dia do Estudante, comemorado nesta quinta-feira, três alunos do Ensino Médio da Escola Integrada Educativa rasparam a cabeça em solidariedade às crianças com câncer. A iniciativa aconteceu durante visita à Casa Ronald McDonald Campinas, instituição que atende famílias com crianças em tratamento contra a doença.

A atitude dos jovens emocionou os colegas e os professores e surpreendeu até as crianças atendidas pela casa. Apenas os professores e os pais, que autorizaram a iniciativa, sabiam da decisão. Os colegas de classe foram surpreendidos e não esconderam a emoção.

Henrique Roberto Tanner, 17 anos, foi um dos alunos que mudaram o visual em nome da solidariedade. E não se arrependeu do resultado. “Conhecendo a rotina das pessoas aqui, vejo que temos tudo e mesmo assim reclamamos demais”, comentou. Rafael Couto Gadioli, 17 anos, que também raspou a cabeça, disse que tomou a atitude para mostrar que é igual a todo mundo. Bruno Dyan Gonçalves, 16 anos, conta que foi a primeira vez que esteve em uma entidade ligada ao tratamento de câncer. Bruno também raspou a cabeça.


Quarenta e oito alunos visitaram a Casa Ronald McDonald na tarde desta quinta-feira. Os estudantes levaram doações de alimentos e diversas tiaras e bonés. Adriele, 10 anos, há dois meses na entidade, ganhou uma sacola cheia de tiaras. “Eu adorei”, disse a pequena paciente.

Estímulo à solidariedade

A ida à instituição faz parte do calendário do projeto Educativa Solidária, iniciativa desenvolvida pela escola para estimular a solidariedade e o voluntariado entre os alunos.  A professora Ednalva Correia, coordenadora do projeto, explica que a iniciativa aproxima os estudantes de diferentes realidades. Este ano, os alunos já visitaram três entidades na região.