Nota da Associação Comercial de Sumaré sobre as novas restrições

O presidente da Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), Juarez Pereira da Silva, lamentou as novas restrições anunciadas pelo governo estadual. “Sabemos que medidas para conter o avanço da Covid-19 são necessárias, mas infelizmente os empresários sofrerão o impacto mais uma vez”, disse.

Silva observa que o prejuízo só não deve ser maior porque o calendário de funcionamento do comércio de Sumaré para este final do ano, definido pelo Sindicomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio de Sumaré e Hortolândia), já previa o fechamento nos dias 25/12 (Natal), 27/12 (domingo), 1/1 (Ano Novo) e 3/1 (domingo). Nos sábados 26/12 e 02/01, a abertura das lojas estava prevista para depois das 12h. As novas restrições, porém, afetam diretamente os setores de bares e restaurantes.

Com relação à volta da cidade para a Fase Amarela, a Acias aguarda a publicação dos decretos estadual e municipal, que devem especificar o horário de funcionamento do comércio, para orientar seus associados e demais lojistas sobre as novas regras.