sábado, junho 23

Prefeito Luiz Dalben assina convênio que oferece capacitação para pessoas em vulnerabilidade social

 

Sumaré, 14 de junho de 2018

 

O prefeito Luiz Dalben assinou nesta semana, em  cerimônia com a primeira-dama do Estado, Lúcia França, em São Paulo, um convênio com o Fundo Social Estadual (Funssesp) para implantar em Sumaré o projeto ‘Costurando o Futuro’, que visa proporcionar cursos de corte e costura industrial para pessoas em situação de vulnerabilidade social na cidade, reinserindo-as no mercado de trabalho. Participaram da assinatura a presidente do Fundo Social de Sumaré, Mara Dalben, e a voluntária, Katherine Dalben.

O Fundo Social Municipal deverá selecionar e enviar dois agentes multiplicadores com conhecimento na área de corte e costura para serem capacitados na Escola de Qualificação do FUSSESP, nas técnicas de corte e costura e de serigrafia. Esses prossionais serão responsáveis por qualificarem profissionalmente os participantes do curso. Nas cerca de 160 horas de aula, por meio de maquinários e materiais próprios para a atividade, os alunos aprendem e desenvolvem uma nova profissão. Além disso, os estudantes recebem bolsa-auxílio e auxílio-deslocamento.

“Esse convênio com o Fundo Social do Estado vai promover uma nova formação às pessoas de Sumaré que estão em vulnerabilidade social, oferecendo uma nova oportunidade de recomeço e de regressar ao mercado de trabalho. É a chance da ascensão social e profissional dos nossos moradores. Olhamos com muito carinho quem mais precisa de nossa ajuda e buscamos acolher essas pessoas. É nosso dever fomentar ações que promovam a qualificação profissional, apontando os caminhos para uma nova vida”, disse a presidente do Fundo Social de Sumaré, Mara Dalben.

“Este projeto que trazemos para Sumaré, além de ofertar novos conhecimentos e ensinar uma nova profissão aos participantes, é uma oportunidade de geração de renda, por meio do trabalho formal e informal. Nossos colaboradores do Fundo Social e Inclusão Social trabalham efetivamente para acolher as pessoas vulneráveis e propocionar a reinserção na comunidade, resgatando a dignidade desses moradores”, comentou o prefeito Luiz Dalben.