Connect with us

Nossa Cidade

Prefeito Luiz Dalben decreta suspensão temporária de serviços para evitar coronavírus

Publicado

em

O prefeito Luiz Dalben assinou nesta sexta-feira, dia 13, o Decreto n° 10.763/20, que suspende determinadas atividades devido à transmissão do coronavírus. Entre os serviços temporariamente suspensos, estão as aulas da rede municipal de ensino, de maneira gradual, as atividades esportivas e culturais da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, as ações que envolvem a Melhor Idade, tanto nos grupos descentralizados quanto as que ocorrem no CCTI (Centro de Convivência da Terceira Idade), CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), além de eventos de grande aglomeração.

Um software foi criado para que as equipes da Administração acompanhem em tempo real a atualização de informações. O decreto também criou o Comitê de Prevenção e Enfrentamento, com o objetivo de estabelecer e divulgar ações de prevenção a transmissão do vírus, composto por representantes das secretarias municipais e Câmara Municipal.

“Sumaré trabalha para atender com qualidade qualquer paciente que apresente sintomas ou que necessite de auxílio. Porém, pedimos a colaboração da população, pois já temos casos confirmados nas cidades vizinhas. Desde o momento em que o coronavírus passou a ser considerado uma pandemia, organizações mundiais têm ressaltado que cada pessoa passa a ser responsável por frear as transmissões, desacelerando a disseminação. Este momento é de união e colaboração, somos um canal  de informação na cidade, assumimos o compromisso de manter os munícipes informados”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Visando tranquilizar a população e prestar o auxílio necessário aos moradores, Sumaré trabalha desde janeiro para o enfrentamento do coronavírus. O vírus, conhecido cientificamente como Codiv-19, tem afetado diversos países, inclusive o Brasil, chegando à RMC (Região Metropolitana de Campinas).

Sumaré não registra casos positivos da doença. Porém, no início do ano, antes mesmo do primeiro caso no país ser confirmado (no dia 26 de fevereiro), a Prefeitura já se planejava e estudava um plano de contingência para o enfrentamento da doença e sua prevenção, aprovado no dia 4 de fevereiro, quando foram decididos protocolos, entre eles, o treinamento das equipes da Secretaria de Saúde e divulgação dos meios de prevenção à população.

“Gostaríamos de tranquilizar a população e garantir que estamos seguindo todas as orientações dos órgãos de saúdes responsáveis, sempre trabalhando e nos antecipando à doença. Após nosso plano de ações, dia 14 de fevereiro iniciamos o treinamento dos colaboradores, para um atendimento adequado à população”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

Sumaré registra 6 casos suspeito e um já foi descartado. Os pacientes – quatro são do sexo masculino e dois do sexo feminino – retornaram de viagem da Itália, Irlanda, Suécia, Jordânia e Londres. Eles passam bem e aguardam o resultado dos exames.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a letalidade é baixa (não chega a 3%), apresentando maior risco para pacientes acima de 60 anos, pessoas com doenças crônicas e imunossuprimidos, diabéticos, pessoas com doenças no coração e fumantes, considerados no grupo de risco.

Todas as unidades de Sumaré destinam vagas diárias para atender os casos suspeitos, bem como os colaboradores capacitados para receber os pacientes. Ao procurar a UBS, são avaliados se os sintomas indicam alguma probabilidade de infecção por coronavírus, além de tomadas as providências para notificação e coleta de material para exame laboratorial.

Caso algum paciente apresente sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar e tenha histórico de viagem para locais com transmissão local ou ter tido contato próximo com pessoa com caso suspeito, a orientação é para que procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua residência.

Confira algumas dicas para evitar a propagação da doença: 

•          Evitar contato próximo com pessoas doentes e que tenham infecção respiratória aguda

•          Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um antisséptico para as mãos à base de álcool em gel, principalmente, após contato direto com pessoas doentes e antes de se alimentar

•          Usar lenços descartáveis para higiene nasal (nada de lencinhos de pano!)

•          Cobrir nariz e boca sempre que for espirrar ou tossir com um lenço de papel e descartar no lixo

•          Higienizar as mãos sempre depois que tossir ou espirrar

•          Evitar tocar em olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas

•          Manter ambientes muito bem ventilados

•          Não compartilhar objetos de uso pessoal como copos, garrafas e talheres

•          Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

•          Evitar contato com animais selvagens ou doentes

Nossa Cidade

Sumaré tem uma morte suspeita por Coronavírus

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré informou em sua rede social, no final da tarde desta sexta-feira(27), que uma paciente de 41 anos que estava internada com suspeita de coronavírus veio a óbito.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Sumaré a paciente estava em investigação e que não é possível afirmar ainda que a morte é decorrente do coronavírus. O resultado dos exames ainda é aguarda pela administração.

A paciente estava internada no Hospital Estadual e possuía algumas comorbidades, agravando qualquer outra doença.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré realiza limpeza com hipoclorito de sódio em pontos estratégicos da Região do Picerno

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré realizou nesta sexta-feira, dia 27 de março, a limpeza com hipoclorito de sódio em pontos estratégicos da Região do Picerno. Com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, a força-tarefa faz parte das medidas emergenciais para o enfrentamento do Covid-19 (coronavírus) e promoveu a higienização pulverizada em áreas internas e externas de Unidades de Saúde e pontos de ônibus.

A limpeza com hipoclorito de sódio também já foi realizada no Terminal Rodoviário (bancos e piso), UPA Macarenko e ambulâncias, Ambulatório de Especialidades, Velório Municipal, CIS (Centro Integrado de Saúde) Nova Veneza, Centro Administrativo (Seminário), SAMU e outras áreas de maior circulação de pessoas. O cronograma segue nos próximos dias.

“Estamos trabalhando desde janeiro para o enfrentamento do coronavírus. Todo o apoio de bloqueio social por parte dos moradores se faz necessário nesse momento. Aproveito para agradecer a sensibilização de todos que estão empenhados junto com o Poder Público para conter essa pandemia”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Desde o início do ano, antes mesmo do primeiro caso ser confirmado no país (no dia 26 de fevereiro), a Prefeitura já estudava um plano de contingência para prevenção da doença, aprovado no dia 4 de fevereiro, quando foram decididos protocolos, entre eles, o treinamento das equipes da Secretaria de Saúde e divulgação das medidas preventivas à população.

Também como forma de tranquilizar e prestar o auxílio necessário aos moradores, por meio do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus

Um canal de WhatsApp para atendimento direto à população foi implantado para orientação médica específica sobre a doença. Os três números de WhatsApp (9.8443.0412 – 9.9303.9646 – 9.9299.9493) foram disponibilizados para apoio e orientação aos munícipes, 24 horas por dia, todos os dias da semana. Os moradores enviam mensagens para os telefones e o atendimento está sendo feito por profissionais capacitados que tranquilizam e esclarecem as dúvidas da população.

A cidade não registra casos positivos da doença. De acordo com o último boletim informativo divulgado nessa última quinta-feira, 26, o município contabiliza 87 casos suspeitos em investigação e 2 já descartados.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré intensifica fiscalização para limpeza de terrenos baldios

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré intensificou em todo o Município a fiscalização para limpeza de terrenos baldios. A manutenção da área é de responsabilidade do proprietário. Em conformidade com a Lei Municipal 4169/06, a Secretaria de Serviços Públicos emitiu nessa quinta (26) notificações a alguns proprietários de terrenos baldios. Os donos têm prazo de 30 dias para limpar os espaços. Em caso de reincidência terão 7 dias, após a notificação, para executar a limpeza, e o não cumprimento da ordem, ocasionará em multa – no valor de R$ 1.996,00 – que será enviada junto ao carnê do IPTU.

“Orientamos os munícipes a manter os terrenos limpos, pois além da poluição visual, geram insegurança para os moradores da vizinhança, a partir do momento que causam a proliferação de bichos peçonhentos”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Os terrenos devem ser mantidos limpos e roçados. O local deve estar livre de entulhos, lixo de qualquer natureza e animais mortos, entre outros. A manutenção e limpeza de terrenos baldios são de responsabilidade dos proprietários, daí a intensificação da fiscalização por parte do poder público para que a limpeza dos terrenos baldios seja efetuada.

O cidadão pode denunciar pelo 156. Após a reclamação, a equipe de Serviços Públicos da Prefeitura vai ao local para fazer a vistoria. Confirmado o problema, o proprietário é notificado pelo Setor de Fiscalização e tem prazo de 30 dias para regularizar a situação de limpeza do terreno. Em caso de não cumprimento, é multado.

Cidade Limpa Cidade Linda

Bom destacar que o prefeito Luiz Dalben sancionou em maio do ano passado o Selo ‘Cidade Limpa Cidade Linda’, que consiste em uma certificação conferida pela administração municipal a pessoas físicas e jurídicas de direito privado, legalmente constituídas, que colaborarem com a revitalização urbana por meio de ações concentradas de manutenção, limpeza, conservação, reforma, construção e zeladoria urbana.

Essas ações são: manutenção de logradouros, conservação de galerias e pavimentos, retirada de faixas e cartazes, limpeza de monumentos, recuperação de praças e canteiros, poda de árvore, manutenção de iluminação pública, reparo de sinalização de trânsito, limpeza de pichações, troca de lixeiras e reparo de calçadas.

As pessoas jurídicas interessadas em receber o Selo ‘Cidade Limpa Cidade Linda’ deverão no momento da inscrição, anexar documentos fixados no regulamento e apresentar plano de trabalho constando a descrição dos bens e a previsão do prazo de realização dos serviços, bem como estimativa de gastos com o custeio das ações.

Continue Lendo