Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré apresenta Plano Diretor em todas as regiões do Município

Publicado

em

“Iremos criar um território de produção de riqueza sustentável com contrapartidas de investimentos em nossa porção de território em vulnerabilidade”. Com essas palavras o prefeito Luiz Alfredo de Castro Ruzza Dalben ressaltou a importância da participação das famílias sumareenses no processo democrático de leitura do Plano Diretor de Sumaré que determina as diretrizes básicas de desenvolvimento da cidade. As reuniões aconteceram entre os dias 21 de outubro a 12 de novembro e foram abertas aos setores públicos e aos segmentos populares, empresariais e técnicos, contemplando todas as regiões do Município: Centro, Nova Veneza, Área Cura, Picerno, Matão, Dall´Orto e área rural. O processo de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável 2019-2039 de Sumaré, Lei nº 4250/06, tem por finalidade identificar a realidade e os problemas do município em quatro pilares de sustentação: equidade social, desenvolvimento humano, desenvolvimento econômico e cultura da paz em todos os seus fundamentos.

Com um setor privado emergente, diversificação econômica limitada e concentrada, sobretudo, nos setores de serviços e nas indústrias de transformação, o Município possui oportunidades econômicas consideráveis – devido aos recursos naturais, localização geográfica e perfil econômico – e um potencial forte para ocupar um espaço de desenvolvimento significativo com rendimentos médios em curto prazo. A visão para 2039 é que Sumaré terá uma economia moderna e diversificada, com infraestruturas de alta qualidade. “Juntos podemos garantir que o curso do nosso futuro coletivo seja tão notável como a história do que já conseguimos. O meu agradecimento a todos que acreditaram, depositaram sua confiança em nós e deram a procuração para que possamos representá-los”, disse o Chefe do Executivo sumareense.

Obrigatório para municípios com mais de 20 mil habitantes, o PDDS deve ser elaborado com a participação popular, a fim de garantir a função social do Município, nas áreas urbanas e rurais, já que visa definir a política de desenvolvimento municipal, num processo permanente de construção e avaliação de ações, a fim de garantir uma cidade sustentável, acessível e justa para todos. O Plano Diretor de Sumaré foi dividido em etapas. Para o deputado estadual Dirceu Dalben, que participou das reuniões, é primordial incentivar a instalação de indústrias de alta tecnologia e empresas de serviços. “Da mesma maneira que o Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável de Sumaré incentiva a implantação de indústrias de alta tecnologia, também irá direcionar também que serviços de alta especialização se instalem em nosso território”, comentou.

O Plano Diretor deverá prever de forma coerente os conteúdos mínimos dados pela Resolução 34 do Conselho Nacional da Cidade, que trata desde a definição de perímetros urbanos e parâmetros urbanísticos para o zoneamento a parcelamento do solo. A elaboração envolve setores do governo municipal e segmentos empresariais e técnicos, além da própria população, por intermédio das associações, conselhos comunitários e etc. A igualdade de oportunidades é a chave para o desenvolvimento sustentável urbano. As reuniões contaram com representantes das secretarias e órgãos municipais, de associações, conselhos comunitários, comerciantes, e de ONGs, entre outros.

Após, identificada a realidade e os problemas do município, escolhidos e elaborados os temas, a proposta foi levada ao conhecimento dos munícipes, para que os cidadãos pudessem opinar. Agora, o PPDS será enviado à Câmara Municipal para discussão e aprovação dos vereadores.

 

CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZOS

O Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável de Sumaré deverá ser trabalhado em curto, médio e longo prazos, de acordo com os cenários estabelecidos por década. Por exemplo, o cenário de curto prazo (2019-2029) focará o desenvolvimento de recursos humanos, as indústrias estratégicas e os incentivos fiscais, além da infraestrutura. O cenário de médio prazo (2030 a 2039) reforçará o desenvolvimento de recursos humanos, a formação de mercados e a infraestrutura; enquanto que a partir de 2040, o cenário de longo prazo prevê a erradicação da pobreza, o reforço do setor privado e a diversificação do setor industrial.

A ideia, de acordo com o secretário Municipal de Planejamento, Welington Domingos Pereira, é trabalhar uma previsão para duas décadas de desenvolvimento do Município. “Geralmente, um Plano Diretor é feito pra 10 anos, porém no caso de Sumaré, devido sua descentralização e extensão territorial – compreendendo 53% de área rural – o Município tem muito a crescer, por isso é necessário projetar para além de uma década”, justificou.

Depois de terminado e aprovado o PDDS, a intenção ao longo dos próximos 20 anos, é transformar Sumaré em Smart City. Esse processo é uma oportunidade para que população e governo possam avaliar e repensar, de forma conjunta, a totalidade do território municipal, considerando as suas potencialidades e limitações.

 

Continue Lendo

Nossa Cidade

Creches de Sumaré retornam neste dia 27 de janeiro com atendimento a 5.928 crianças em período integral

Publicado

em

Por

As creches conveniadas à Prefeitura de Sumaré, por meio do Proeb (Programa de Educação Básica), retornam às atividades nesta segunda, dia 27. Ao todo, são 5.928 vagas em período integral neste ano letivo – distribuídas entre todas as regiões da cidade, de acordo com a demanda. Bom destacar que ano passado a administração municipal ampliou o programa.

O convênio passou a contar com mais dez unidades escolares, beneficiando crianças de zero a três anos. No total, serão investidos R$ 30.339.504, de janeiro a dezembro de 2020, nas 75 escolas conveniadas que assistem às crianças no Ensino Infantil. Cada vaga para período integral passará a custar R$ 426,50 aos cofres municipais. Já para vagas de meio período, o valor será de R$ 213,25.

“Assim que assumimos, em 2017, as escolas do Proeb estavam em greve por falta do repasse da Prefeitura. Com muito empenho e trabalho, pagamos em dia todas as unidades do programa, acertamos valores atrasados de 2016 – num total de mais de R$ 1,6 milhão – e reforçamos a parte pedagógica. Hoje, é um programa fortalecido e conseguimos ampliar ainda mais as vagas.

Nosso compromisso é garantir atendimento e ensino de qualidade às nossas crianças, além de um ambiente escolar acolhedor e seguro. Continuamos trabalhando para oferecer uma educação de excelência aos nossos alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Superior”, destacou o prefeito Luiz Dalben.

As vagas atendem a um maior número de alunos, de acordo com levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Educação. Com isso, serão 5.928 integrais ou 11.856 parciais. Para ter acesso às vagas integrais é necessário apresentar comprovante de trabalho dos pais ou responsáveis pelo aluno. Além disso, a quantidade de vagas e os valores para o exercício poderão ser aditados até o limite de 10%, de acordo com a demanda identificada. 

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré e Sebrae Aqui divulgam programação do primeiro semestre de 2020

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Sebrae Aqui, divulgou a programação do primeiro semestre de 2020. São muitas oportunidades aos empreendedores sumareenses. Para este ano a programação está recheada de novidades. Estão previstos vários projetos, além de oficinas de Formalização, Empreendedorismo, Planejamento Financeiro, Marketing, Inovação e cursos como o Super MEI e Atendimento ao Cliente. O Agronegócio ganhará destaque no segmento dos Pesqueiros e dos Assentamentos em olericultura (hortaliças, legumes e verduras). Outro projeto que promete é o Varejo de Sucesso, cujo foco é o fortalecimento dos comércios da cidade. O Sebrae Aqui Sumaré reserva ainda um trabalho especial com a temática ‘Acessibilidade para todos’, com palestras de conscientização e sensibilização, etc. “Estamos no caminho certo e temos certeza que 2020 será um ano promissor para os empresários e empreendedores de Sumaré”, destacou o prefeito Luiz Dalben.

O cronograma tem início em fevereiro e se estende até junho, na sede da Associação Comercial. No dia 04 de fevereiro, das 13 às 17h, acontece a Oficina de Formalização Descomplique. Na ocasião os participantes receberão dicas sobre o passo a passo de como formalizar a empresa, e quais são os direitos e obrigações do negócio já formalizado. O mesmo tema Descomplique Empreendedorismo será ministrado no dia 18, das 14 às 17h. Na ocasião será abordado o empreendedorismo como plano de carreira para quem ainda não tem experiência em planejamento de negócios e quer empreender.

Já em março (16 a 20), haverá o curso Super Mei. O conteúdo programático prevê, das 13 às 17h, orientações dos seguintes tópicos: Sei Planejar, Sei controlar meu dinheiro, Sei formar preço de venda, Sei vender e Sei inovar. Para o dia 14 de abril está previsto o curso Atendimento ao Cliente, das 8h ao meio-dia. Serão propostas formas de como organizar uma empresa e se livrar de situações comuns que causam insatisfação e perda de clientes.

No dia 12 de maio acontecerá o Planejamento Financeiro, a partir das 13h, e a atividade é voltada para quem ainda não tem experiência em planejamento de negócios e quer empreender. O Super Mei retorna de 25 a 28 de maio, das 13 às 17h, e será mais uma opção para que empreendedores obtenham dicas: Sei Planejar, Sei controlar meu dinheiro, Sei Formar Preço de Venda, Sei Vender e Sei Inovar. Pra fechar a programação semestral, vem aí o Inove para Ganhar Mais. A oficina acontecerá no dia 23 de junho, a partir das 13h, e é indicada para empresários que querem trilhar o caminho da inovação. Não é preciso ter muito dinheiro e nem depender de tecnologias caras, mas a empresa deve estar preparada.

O Sebrae e os demais serviços ofertados ao empresário de Sumaré são de grande valia para fortalecer a rede empreendedora do município, proporcionando um ambiente favorável para a abertura e crescimento de micro e pequenas empresas, além de contribuir com a economia local e a geração de emprego e renda.

“Nosso intuito é estimular o empreendedorismo e dar todo o suporte necessário para que micro e pequenos empresários tenham sucesso em seus negócios”, disse o Chefe do Executivo.

Todas as atividades acontecerão na sede da ACIAS, que fica na Rua Antonio Jorge Chebab, 1.212, Centro. Bom destacar que as vagas são limitadas, portanto é necessário fazer inscrição antecipadamente. O SEBRAE Aqui Sumaré funciona junto à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, na Praça da República, 203 – Centro. Mais informações pelos fones 3828.8630 e 3903.4224.

BALANÇO POSITIVO

Bom ressaltar o balanço positivo do Sebrae Aqui Sumaré em 2019. A unidade local ultrapassou a meta inicial que era de 1.711 atendimentos. Ao todo, foram 2.275 serviços – sendo 57% para pessoas físicas (futuros empreendedores) e 43% para pessoas jurídicas (empresários em busca da capacitação e mais crescimento no Município). Somente de janeiro a maio do ano passado, o Sebrae Aqui Sumaré havia ampliado em mais de 50% o suporte aos empreendedores do município, em comparação a todo o ano anterior. Em 2018, foram realizados 826 atendimentos, contra 1.247 nos primeiros cinco meses de 2019.

O resultado garantiu à unidade sumareense o posto de segunda maior na quantidade de atendimentos e serviços da região, ficando atrás apenas de Campinas. Foram diversas ações no ano de 2019 que fizeram com que o Sebrae Aqui de Sumaré alcançasse esses números, entre elas, Cursos, Oficinas, Palestras, unidade móvel, caravana à Feira do Empreendedor e alguns projetos segmentados, como a parceria com a Casa Brasil e a Faculdade Anhanguera. “São números positivos, com uma média de 7 a 8 atendimentos por dia, o que ultrapassou o intento do Sebrae regional”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Padovani.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Acias sedia oficina sobre formalização de empresas

Publicado

em

Por

Em parceria com o Sebrae, palestra vai abordar questões ligadas ao risco da informalidade

A Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) sedia no próximo dia 4 de fevereiro a Oficina Começar Bem Formalização, realizada pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). A palestra é gratuita.

A oficina reúne orientações e informações para quem está estruturando um negócio, formalizando uma atividade ou expandindo a empresa. A palestra também é uma oportunidade para os participantes compreenderem, de forma técnica, as vantagens de ter o negócio formalizado.

A oficina terá quatro horas de duração. Serão abordadas questões ligadas ao risco da informalidade, vantagens da formalização, tipos de empresa, portes de empresas e os passos mais fáceis e descomplicados para formalizar a empresa e usufruir das vantagens da lei.

Os interessados em participar da Oficina Começar Bem Formalização podem se inscrever através dos telefones3828 8630 ou 3903 4224. As vagas são limitadas.

Serviço:

Oficina do Sebrae Começar Bem Formalização

Quando: 04 de fevereiro.

Horário: das 13h às 17h.

Local: ACIAS. Rua Antonio Jorge Chebab, 1.212, Centro, Sumaré.

Informações pelos telefones: 3828 8630 / 3903 4224.

Continue Lendo