Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré apresenta Plano Diretor em todas as regiões do Município

Published

on

“Iremos criar um território de produção de riqueza sustentável com contrapartidas de investimentos em nossa porção de território em vulnerabilidade”. Com essas palavras o prefeito Luiz Alfredo de Castro Ruzza Dalben ressaltou a importância da participação das famílias sumareenses no processo democrático de leitura do Plano Diretor de Sumaré que determina as diretrizes básicas de desenvolvimento da cidade. As reuniões aconteceram entre os dias 21 de outubro a 12 de novembro e foram abertas aos setores públicos e aos segmentos populares, empresariais e técnicos, contemplando todas as regiões do Município: Centro, Nova Veneza, Área Cura, Picerno, Matão, Dall´Orto e área rural. O processo de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável 2019-2039 de Sumaré, Lei nº 4250/06, tem por finalidade identificar a realidade e os problemas do município em quatro pilares de sustentação: equidade social, desenvolvimento humano, desenvolvimento econômico e cultura da paz em todos os seus fundamentos.

Com um setor privado emergente, diversificação econômica limitada e concentrada, sobretudo, nos setores de serviços e nas indústrias de transformação, o Município possui oportunidades econômicas consideráveis – devido aos recursos naturais, localização geográfica e perfil econômico – e um potencial forte para ocupar um espaço de desenvolvimento significativo com rendimentos médios em curto prazo. A visão para 2039 é que Sumaré terá uma economia moderna e diversificada, com infraestruturas de alta qualidade. “Juntos podemos garantir que o curso do nosso futuro coletivo seja tão notável como a história do que já conseguimos. O meu agradecimento a todos que acreditaram, depositaram sua confiança em nós e deram a procuração para que possamos representá-los”, disse o Chefe do Executivo sumareense.

Obrigatório para municípios com mais de 20 mil habitantes, o PDDS deve ser elaborado com a participação popular, a fim de garantir a função social do Município, nas áreas urbanas e rurais, já que visa definir a política de desenvolvimento municipal, num processo permanente de construção e avaliação de ações, a fim de garantir uma cidade sustentável, acessível e justa para todos. O Plano Diretor de Sumaré foi dividido em etapas. Para o deputado estadual Dirceu Dalben, que participou das reuniões, é primordial incentivar a instalação de indústrias de alta tecnologia e empresas de serviços. “Da mesma maneira que o Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável de Sumaré incentiva a implantação de indústrias de alta tecnologia, também irá direcionar também que serviços de alta especialização se instalem em nosso território”, comentou.

O Plano Diretor deverá prever de forma coerente os conteúdos mínimos dados pela Resolução 34 do Conselho Nacional da Cidade, que trata desde a definição de perímetros urbanos e parâmetros urbanísticos para o zoneamento a parcelamento do solo. A elaboração envolve setores do governo municipal e segmentos empresariais e técnicos, além da própria população, por intermédio das associações, conselhos comunitários e etc. A igualdade de oportunidades é a chave para o desenvolvimento sustentável urbano. As reuniões contaram com representantes das secretarias e órgãos municipais, de associações, conselhos comunitários, comerciantes, e de ONGs, entre outros.

Após, identificada a realidade e os problemas do município, escolhidos e elaborados os temas, a proposta foi levada ao conhecimento dos munícipes, para que os cidadãos pudessem opinar. Agora, o PPDS será enviado à Câmara Municipal para discussão e aprovação dos vereadores.

 

CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZOS

O Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável de Sumaré deverá ser trabalhado em curto, médio e longo prazos, de acordo com os cenários estabelecidos por década. Por exemplo, o cenário de curto prazo (2019-2029) focará o desenvolvimento de recursos humanos, as indústrias estratégicas e os incentivos fiscais, além da infraestrutura. O cenário de médio prazo (2030 a 2039) reforçará o desenvolvimento de recursos humanos, a formação de mercados e a infraestrutura; enquanto que a partir de 2040, o cenário de longo prazo prevê a erradicação da pobreza, o reforço do setor privado e a diversificação do setor industrial.

A ideia, de acordo com o secretário Municipal de Planejamento, Welington Domingos Pereira, é trabalhar uma previsão para duas décadas de desenvolvimento do Município. “Geralmente, um Plano Diretor é feito pra 10 anos, porém no caso de Sumaré, devido sua descentralização e extensão territorial – compreendendo 53% de área rural – o Município tem muito a crescer, por isso é necessário projetar para além de uma década”, justificou.

Depois de terminado e aprovado o PDDS, a intenção ao longo dos próximos 20 anos, é transformar Sumaré em Smart City. Esse processo é uma oportunidade para que população e governo possam avaliar e repensar, de forma conjunta, a totalidade do território municipal, considerando as suas potencialidades e limitações.

 

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré antecipa férias escolares da Rede Municipal de Educação

Published

on

Como parte das ações municipais para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) e, considerando as medidas adotadas pelo Governo do Estado, a Prefeitura de Sumaré antecipou 15 dias das férias escolares de julho da Rede Municipal de Educação. O período de férias teve início nesta segunda-feira e prossegue até o dia 20 de abril. 

Além de atender os 22 mil alunos da Rede Municipal de Educação, a medida se estende aos 1.294 colaboradores municipais, entre professores, coordenadores e orientadores. Ao fim do período, será avaliada a necessidade de manter ou não as férias.

As aulas das escolas municipais já estão suspensas desde o dia 23 de março, no entanto, os profissionais mantinham a rotina de trabalho à distância. Vale lembrar que as tarefas escolares preparadas pelo corpo docente da rede municipal continuam à disposição para acesso remoto gratuito dos alunos por meio do site www.academicitl.com.br.

“Estamos passando por um período difícil e todas as ações de enfretamento ao coronavírus são fundamentais para passarmos por esse momento com o menor impacto possível. As aulas já estavam suspensas e a Rede Municipal continuará com servidores à disposição. Vamos continuar trabalhando incansavelmente e com muita fé de que logo passaremos por tudo isso”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

KIT NUTRICIONAL

            O cronograma de entrega dos kits nutricionais continua. Nesta semana, a Prefeitura de Sumaré, por intermédio de ação conjunta entre as Secretarias de Educação e de Inclusão Social, realiza a segunda remessa de entregas. Os pais não precisam se apressar, pois a Administração Municipal se preparou para atender todos os estudantes da Rede Municipal que precisam da merenda escolar como complemento alimentar durante esse período do bloqueio social.

A distribuição está acontecendo em duas fases: os alunos cadastrados no Programa Bolsa Família podem fazer a retirada na escola onde estudam entre os dias 6 e 8 de abril, das 9h30 às 14h30. A segunda fase é para os demais pais de alunos não cadastrados no programa e que manifestarem interesse no kit. Eles deverão fazer agendamento prévio, via telefone, na unidade escolar onde o filho estuda. Os kits são compostos de arroz, feijão, macarrão, óleo, leite, biscoito, achocolatado em pó e bolos (tipo Pullman).

Continue Reading

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré recebe doação de 6 mil litros de produtos para limpeza e desinfecção

Published

on

Desde a semana passada, o almoxarifado da Prefeitura de Sumaré tem recebido doações de diversas empresas da cidade.

A Spartan do Brasil é uma das empresas parceiras e doou aproximadamente 6 mil litros de produtos para limpeza e desinfecção, que serão direcionados para uso nas unidades da rede municipal de saúde.

“A solidariedade é uma grande aliada para combater a propagação do coronavírus. Cada doação é fundamental, por isso, agradecemos todas as empresas que estão contribuindo com nossas ações nesse momento delicado que estamos enfrentando. Juntos somos mais fortes”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

A empresa Alfa Química já fez duas doações, totalizando 1.400 litros de álcool em gel 70% e 300 litros de água sanitária. Os galões também serão encaminhados para o uso da equipe municipal de saúde.

OUTRAS DOAÇÕES

A adesão de empresas parcerias não para por aí. A IC Transportes disponibilizou 7.000 unidades de luvas de látex, 200 óculos protetores e 110 aventais.

A Selmi doou 80 litros de álcool líquido e quatro termômetros infravermelhos. Além destas, a Adere colaborou com luvas de látex, limpador multiuso, sabonete líquido, pedras sanitárias, toalhas de papel e sanitos.

Continue Reading

Nossa Cidade

Coca-Cola Sumaré ajuda no transporte de 250 mil litros de álcool 70% ao SUS de São Paulo

Published

on

O apoio à logística de distribuição é fundamental para que o produto seja entregue aos quartéis do Corpo de Bombeiros das 16 regionais do estado. Unidade de Sumaré participa da ação

Consciente do seu papel social, a Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola em volume de vendas do país e com Centro de Distribuição (CD) localizado na cidade de Sumaré, também entrou na luta pelo combate ao coronavírus. A companhia disponibilizou sua frota de caminhões para realizar o transporte de 250 mil litros de álcool 70% líquido para a rede pública de saúde do estado de São Paulo. A unidade de Sumaré participa com a entrega do produto para municípios da região de Campinas.

A iniciativa é uma parceria com a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), principal entidade representativa do setor sucroenergético brasileiro, responsável pela doação do álcool (produção e envase em galões de 250 litros e bombonas de 20 e 5 litros, já utilizáveis pelos serviços de saúde).

“Para nós, da Coca-Cola FEMSA, apoiar uma iniciativa dessa proporção em um momento tão sensível quanto o que estamos passando, reforça nosso compromisso social. Estamos vivendo uma situação que demanda esforços coletivos, por isso nos unimos em uma parceria que permite contemplar um número maior de pessoas”, afirma o diretor geral, Ian Craig.

Os recipientes serão direcionados às 16 regiões administrativas em uma divisão que leva em consideração o número de habitantes, com entrega em centrais do Corpo de Bombeiros. A Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo notificará as prefeituras de cada regional sobre os respectivos volumes e a disponibilidade para retirada.

Os parceiros voluntários são essenciais nesse processo. Além do envase realizado nas usinas, a Laticrete|Solepoxy, situada em Sumaré, está acondicionando mais de 10 mil litros de álcool 70% por dia; a IHARA, a UNIPAC (Grupo Jacto) e a Braskem doaram bombonas; a Associação Brasileira de Transporte e Logística de Produtos Perigosos (ABTLP) ajuda com o deslocamento da carga em veículos próprios, e o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom) está contribuindo com o óleo diesel usado. 

Sobre a Coca-Cola FEMSA

Coca-Cola FEMSA, SAB de C.V é a maior engarrafadora do mundo em volume de vendas. A empresa produz e distribui bebidas das marcas registradas da The Coca-Cola Company, oferecendo um amplo portfólio de 131 marcas para mais de 257 milhões de consumidores. Com mais de 83 mil funcionários, a empresa vende anualmente cerca de 3,3 bilhões de caixas unitárias por meio de 2 milhões de pontos de venda. Operando 49 fábricas e 275 centros de distribuição, a Coca-Cola FEMSA está comprometida com a geração de valor econômico, social e ambiental para todos os seus grupos de interesse em toda a cadeia de valor.

A companhia é membro do Índice de Sustentabilidade de Mercados Emergentes da Dow Jones, Índice de Sustentabilidade MILA Pacific Alliance da Dow Jones, FTSE4Good Emerging Index, dos índices IPC e de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da Bolsa Mexicana de Valores, entre outros. Tem operações em determinados territórios de México, Brasil, Guatemala, Colômbia e Argentina e atende nacionalmente Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Uruguai e Venezuela. Para mais informações, visite www.coca-colafemsa.com.

No Brasil, a empresa está presente como Coca-Cola FEMSA Brasil em 48% do território nacional, empregando cerca de 20 mil funcionários e atendendo mais de 88 milhões de consumidores, distribuídos nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e em parte do estado de Goiás. No Brasil, são 10 fábricas, 41 centros de distribuição, 23 Cross Dockings e 21 Cross Trucks, sendo a unidade de Jundiaí (SP) a maior do sistema Coca-Cola no mundo em volume de produção.

Sobre a UNICA

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA – www.unica.com.br) é a maior entidade representativa do setor sucroenergético brasileiro, reunindo produtores de açúcar, etanol (álcool combustível) e bioeletricidade. As usinas associadas à UNICA são responsáveis por mais de 50% da produção nacional de cana, 60% da produção de etanol e quase 70% da bioeletricidade ofertada para o Sistema Interligado Nacional (SIN).

Continue Reading