Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré esclarece novamente situação dos empréstimos consignados:

Publicado

em

INTRODUÇÃO

● O empréstimo consignado é um empréstimo bancário cuja garantia de pagamento é o próprio salário do servidor/trabalhador, através de desconto direto das parcelas nos salários (expresso em holerite).

● No caso dos servidores públicos municipais de Sumaré, há duas possibilidades: o servidor pode contratar tal modalidade de empréstimo pessoal diretamente em um banco oficial, ou através do SINDISSU em bancos privados conveniados com a entidade de classe.

● No caso do empréstimo com bancos oficiais, é a própria Prefeitura que realiza o repasse das parcelas descontadas dos servidores à instituição financeira.

● No caso da outra modalidade, que é intermediada pelo SINDISSU, a Prefeitura realiza o repasse dos valores a contas correntes nos respectivos bancos privados, que estão em nome da entidade sindical, conforme convênios de cooperação recíproca firmados entre os bancos e o Sindicato a partir de 2008.

Está claro que o MPE investiga este segundo caso: os empréstimos intermediados pelo SINDISSU junto a bancos privados.

● Desde o início da atual gestão, em 2013, a única modalidade de empréstimo pessoal que vem sendo autorizada pela Prefeitura de Sumaré é aquela com bancos oficiais. Portanto, eventuais pendências do SINDISSU junto a bancos privados seriam anteriores à atual gestão.

NOTA

Em função de informações improcedentes que continuam sendo propagadas pelo SINDISSU – Sindicato dos Servidores Municipais com o mero intuito de confundir a opinião pública, a Prefeitura de Sumaré vem a público novamente esclarecer que:

1º – Conforme amplamente divulgado pela imprensa, tanto a partir de informações do advogado dos reclamantes quanto do próprio promotor público que atua no caso, o objeto PIC (Procedimento Investigatório Criminal) do MPE (Ministério Público Estadual) é exclusivamente a suposta falta de pagamento/repasse/depósito dos valores das parcelas de empréstimos consignados retidas dos servidores, repassadas pela Prefeitura ao SINDISSU mas supostamente não pagas/repassadas pela entidade de classe aos bancos privados credores conveniados com a entidade de classe.

2º – A Prefeitura de Sumaré está em dia com estes repasses, que têm sido depositados rigorosamente na data prevista, sempre nas contas correntes indicadas pelo SINDISSU.

Se há qualquer divergência entre os valores repassados pela Prefeitura ao SINDISSU e os valores pagos pela entidade aos bancos privados, tal diferença deve ser explicada pelo sindicato.

3º – Tais convênios de empréstimos consignados foram firmados ainda na gestão anterior, a partir de 2008, com quatro bancos privados, inclusive instituições financeiras sediadas em outros estados. São eles: Bomsucesso, BV, Rural e Luso.

Tal relação fica clara, por exemplo, na leitura da cláusula 4ª, item B do convênio com o Banco Bonsucesso, datado de 4 de julho de 2008 e assinado pelo então prefeito à época:

“Além das demais obrigações que lhes caiba em decorrência de outras disposições contidas neste instrumento, o SINDICATO compromete-se a: (…)

b) Providenciar e acompanhar junto à INTERVENIENTE ANUENTE o repasse dos valores descontados nas folhas de pagamento dos servidores à conta corrente do SINDICATO aberta junto ao BANCO, nos termos da cláusula 8.1 do presente instrumento.”

4º – Como já esclarecido, a própria Prefeitura de Sumaré também intermedeia empréstimos pessoais de servidores (sem a participação do SINDISSU), mas apenas com bancos oficiais (casos da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil) e com o Santander (ex-Banespa).

Neste caso, os repasses são feitos diretamente pela Prefeitura junto a estes bancos oficiais, sem intermediação da entidade de classe, e também estão em dia.

5º – A Prefeitura de Sumaré não é autora, parte nem provocadora das denúncias que chegaram ao promotor e motivaram o MPE a atuar neste caso. As denúncias foram feitas diretamente por servidores que se utilizaram dos empréstimos intermediados pelo SINDISSU e que se sentiram prejudicados por terem seus nomes negativados na praça.

A Prefeitura de Sumaré não tem qualquer interesse no processo eleitoral para a direção do SINDISSU nem “apoia” qualquer grupo ou chapa interessados nesta eleição.

6ª – A Prefeitura de Sumaré considera absurda a tentativa deliberada da diretoria do SINDISSU de “envolver” a Municipalidade nas denúncias e na investigação do Ministério Público Estadual, confundindo a opinião pública e tentando criar uma cortina de fumaça sobre o que realmente está sendo investigado.

Todas estas informações, devidamente documentadas, serão prestadas ao MPE assim que solicitadas.

Prefeitura de Sumaré.

Nossa Cidade

Vera Cruz Hospital anuncia instalação de Pronto Atendimento em Sumaré

Publicado

em

Por

Uma excelente notícia para a população de Sumaré! O Vera Cruz Hospital, com 75 anos de tradição em Campinas, manifestou interesse em instalar uma unidade em solo sumareense.

A notícia foi confirmada no último dia 15 pelos representantes do hospital Kesi Gomes (Diretor de Mercado) e o Aguinaldo Catanoce (Diretor Técnico), durante visita ao Paço Municipal. Eles foram recebidos pelos secretários Claudio Padovani e Rafael Virginelli, de Desenvolvimento Econômico e Saúde, respectivamente. A proposta, num primeiro momento, é inaugurar até o final do ano um Pronto Atendimento. Os casos de alta complexidade seriam encaminhados para Campinas. Dois lugares estão sendo pleiteados para a implantação do PA: um imóvel situado na área do PIB, logo na entrada da cidade, e um prédio localizado em Nova Veneza.

“Eles querem se instalar em Sumaré e queremos trazer o Vera Cruz para cá, pois será mais uma opção ao sumareense. Vamos fazer o possível para que isso aconteça”, disse o secretário Claudio Padovani.

Sumaré será a segunda cidade da RMC a contar com uma unidade avançada do Vera Cruz Hospital. A primeira foi instalada em Indaiatuba. “O Vera Cruz é referência na qualidade de seus serviços, com um atendimento humanizado que valoriza a vida em primeiro lugar. Instalar um Pronto Atendimento em solo sumareense faz parte do nosso plano de expansão regional”, explicou Kesi Gomes.

O Vera Cruz Hospital oferece o que há de mais moderno em tratamentos de saúde. Conta com uma equipe altamente capacitada, formada por mais de 1,5 mil médicos autorizados ao atendimento e cerca de 1,1 mil funcionários que prestam um serviço humanizado, com o suporte das mais modernas instalações e os mais avançados equipamentos.

“Agradecemos à direção do Vera Cruz por acreditar no potencial da nossa cidade e colocamos a nossa Secretaria de Saúde à disposição”, comentou Virginelli.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Setembro Amarelo em Sumaré conta com Tenda informativa na feira noturna do Macarenko

Publicado

em

Por

O movimento de conscientização alusivo ao Setembro Amarelo continua em Sumaré. Nessa quarta (23) a Tenda informativa esteve na feira noturna do Macarenko, orientando os moradores. Este ano, por causa da pandemia e do isolamento social, os trabalhos preventivos ao adoecimento mental foram reforçados, devido à necessidade da atenção à saúde das pessoas.

A Prefeitura de Sumaré, por meio das Secretarias Municipais de Saúde e de Inclusão e Assistência Social, intensificou as ações junto aos moradores. As palestras, teatro e orientações ocorrem tanto nas unidades de saúde como no CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas), localizado na região do Picerno. A BEM (Base de Excelência da Mulher) também ofereceu um trabalho especial junto as usuárias, com explicações e orientações em vídeos.

Diversas atividades continuam nas USFs (Unidades de Saúde da Família), UBS (Unidades Básicas de Saúde), CAPS e NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família), incluindo palestras, orientações, bate-papo individual e confecção de cartazes motivacionais.

As equipes municipais estão sempre prontas para ouvir, acolher, apoiar e realizar os cuidados e encaminhamentos necessários. No encerramento da programação, dias 29 e 30, acontecerão sessões de Psicoterapia com agendamento dos horários.

“Neste Setembro Amarelo, reconhecido como mês de Prevenção ao Suicídio, reforçamos o alerta e a necessidade de conscientização da população, pois o suicídio é um problema de saúde pública. É extremamente importante identificar as pessoas que precisam de cuidado nesse sentido e encaminhá-las para tratamento nas unidades de Saúde do Município”, explicou o secretário de Saúde, Rafael Virginelli.

Como parte da programação, a Prefeitura inaugurou no último dia 10 o Espaço de Cuidado Integral ao Trabalhador da Saúde (ECITS), ao lado do PA Nova Veneza. Assim como o nome, a unidade vai oferecer atendimento de práticas integrativas aos servidores do setor de saúde do Município, ou seja, será um grande apoio a essa categoria profissional que tem atuado na linha de frente nesse período de pandemia do coronavírus.

Realizado desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro. A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio com o respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Em Sumaré, investimentos em infraestrutura e mobilidade garantem mais segurança e fluidez ao trânsito

Publicado

em

Por

Em 25 de setembro é celebrado o “Dia Nacional do Trânsito”, instituído a partir da criação do Código de Trânsito Brasileiro em setembro de 1997. Em alusão à data, a Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Rural (SMMUR), lembra os principais investimentos e as ações de reestruturação no setor, visando a segurança, a conscientização social sobre a prevenção de acidentes e a melhoria da qualidade de vida de toda a população.

Nos últimos anos, o Departamento Municipal de Trânsito passou a contar com novas viaturas. Cinco novas Fiat Strada foram entregues em 2018 para reforço na fiscalização do trânsito e do transporte público.

“Com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos colaboradores municipais e qualificar o atendimento aos moradores, os agentes de trânsito participaram de diversos cursos de capacitação e receberam novos uniformes. Itens mais modernos que garantem bem-estar durante a realização do trabalho”, destaca o secretário da pasta, José Aparecido Ribeiro Marin.

A Prefeitura também segue trabalhando na recuperação da sinalização de trânsito em todas as regiões da cidade. A pintura do solo é realizada diariamente em ruas recém-recapeadas ou promovendo a revitalização em locais onde a pintura encontra-se desgastada. A SMMUR também faz a demarcação de vagas para pessoas com necessidades especiais e a instalação de placas indicativas – sinalização vertical.

No transporte público, novas linhas de ônibus municipal foram implantadas para melhor locomoção dos moradores. Alguns itinerários também foram adequados a fim de reduzir o tempo de percurso e aumentar o número de viagens diárias, a exemplo da linha 120 (Terminal Saudade/Picerno) que, em junho desse ano, passou a ter trajeto corrido, sem tempo de espera.

Em outro grande investimento para proporcionar mais segurança a motoristas e pedestres, a Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria de Obras, mantém desde 2017 o seu Programa de Recape Contínuo (PRC), levando asfalto novo a todas as regiões da cidade. São mais de 500 mil m² de pavimento asfáltico recuperado, beneficiando mais de 200 ruas nos últimos anos. Investimento que conta com recursos municipais próprios e também de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado estadual Dirceu Dalben, na ordem de R$ 4,6 milhões.

Cidade Mirim de Trânsito

A conscientização para um trânsito seguro é assunto tratado desde cedo, em mais um investimento na educação dos alunos de Sumaré. A Prefeitura desenvolve projetos extraclasse que auxiliam e contribuem para o ensino de qualidade, a exemplo da “Cidade Mirim de Trânsito”, uma réplica das vias públicas de trânsito, atendendo às redes municipal e estadual de ensino, Proeb, Ongs e municípios vizinhos (no momento, as visitas estão suspensas por conta da pandemia do coronavírus).

O trabalho ė realizado por pedagogos e recreacionistas da Secretaria Municipal de Educação, com coordenação da professora Fernanda Moranza. O objetivo é oferecer aos alunos uma aula prática e vivenciada na ciclovia para que compreendam a importância das regras de trânsito para segurança de todos.

Continue Lendo