Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré orienta: podas e cortes de árvores devem ter autorização do Meio Ambiente

Publicado

em

A Secretaria de Defesa, Proteção e Preservação do Meio Ambiente da Prefeitura de Sumaré vem intensificando, desde janeiro desse ano, as ações de poda e corte de árvores que estavam comprometidas, representando risco iminente de queda. Nos dois primeiros meses do ano, foram realizadas 562 podas e 161 árvores precisaram ser suprimidas. 

O trabalho acontece de forma descentralizada nas diversas regiões da cidade e, a grande maioria, atende a requerimentos feitos pela população.

Nesses casos, as solicitações devem ser encaminhadas diretamente à Secretaria de Meio Ambiente, localizada na Rua Eugenia Biancalana Duarte, nº 200, Jardim Primavera. 

Para que árvores possam ser podadas ou suprimidas, o proprietário do imóvel deve preencher requerimento relatando o problema da árvore, apresentar a documentação necessária e, em caso de corte, assinar um Termo de Compensação, no qual o requerente se compromete a retirar o toco e plantar uma muda 30 dias após o corte realizado pela Prefeitura. Preenchido o requerimento, o engenheiro realiza vistoria para avaliar a necessidade de corte ou de poda de correção. Caso o morador não realize a substituição das árvores, é notificado a realizar a compensação e, se não a fizer, será multado.

“As árvores removidas de áreas públicas, por estarem comprometidas e representarem risco de atingir os pedestres, são substituídas pela Secretaria de Meio Ambiente, conforme orientação dos nossos engenheiros, como espécie, quantidades e locais apropriados. Somente em 2019, a Prefeitura promoveu o plantio de aproximadamente 9 mil mudas de árvores – parte em ampliação do projeto municipal de Arborização Urbana e outra parte em cumprimento a acordos de compensação ambiental”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Nossa Cidade

Sumaré recebe 50 mil das 51 mil máscaras confiscadas da fábrica da 3M pelo Governo do Estado

Publicado

em

Por

3m

O confisco de 500 mil máscaras da fábrica da 3M em Sumaré ainda não foi totalmente efetivado. Na ação de sexta-feira, dia 27/03, organizada pelo Governo do Estado de São Paulo, foram levadas 51 mil máscaras, que já foram distribuídas pelas cidades.

A cidade de Sumaré, onde fica a fábrica, recebeu um lote de 50 mil unidades. O repasse foi feito pois a prefeitura local decretou que 10% dos equipamentos relacionados ao combate do coronavirus produzidos na cidade fossem destinados à rede de saúde local.

Neste sábado foram entregues mais 183.600 máscaras ao Governo do Estado e o restante será entregue durante o mês de abril. Quando o pessoal do Governo chegou à 3M houve um impasse de quase seis horas, pois a fábrica não tinha ainda pronta a quantidade de máscaras requisitadas.

O Secretário de Segurança de Sumaré disse que a ação foi necessária pois o Estado já tinha feito a solicitação havia dois meses, porém o pedido ficou parado na empresa todo esse tempo.

A 3M reforçou que ficou surpresa com a ação, já que havia se comprometido entregar 120 mil máscaras ao longo de abril e que já tinha sido aprovada a fabricação do total de 500 mil, porém era só o governo colocar o pedido na fábrica, que reafirmou estar investindo esforços para fornecer todos os pedidos dentro da sua capacidade de produção.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Sumaré tem uma morte suspeita por Coronavírus

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré informou em sua rede social, no final da tarde desta sexta-feira(27), que uma paciente de 41 anos que estava internada com suspeita de coronavírus veio a óbito.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Sumaré a paciente estava em investigação e que não é possível afirmar ainda que a morte é decorrente do coronavírus. O resultado dos exames ainda é aguarda pela administração.

A paciente estava internada no Hospital Estadual e possuía algumas comorbidades, agravando qualquer outra doença.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré realiza limpeza com hipoclorito de sódio em pontos estratégicos da Região do Picerno

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Sumaré realizou nesta sexta-feira, dia 27 de março, a limpeza com hipoclorito de sódio em pontos estratégicos da Região do Picerno. Com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, a força-tarefa faz parte das medidas emergenciais para o enfrentamento do Covid-19 (coronavírus) e promoveu a higienização pulverizada em áreas internas e externas de Unidades de Saúde e pontos de ônibus.

A limpeza com hipoclorito de sódio também já foi realizada no Terminal Rodoviário (bancos e piso), UPA Macarenko e ambulâncias, Ambulatório de Especialidades, Velório Municipal, CIS (Centro Integrado de Saúde) Nova Veneza, Centro Administrativo (Seminário), SAMU e outras áreas de maior circulação de pessoas. O cronograma segue nos próximos dias.

“Estamos trabalhando desde janeiro para o enfrentamento do coronavírus. Todo o apoio de bloqueio social por parte dos moradores se faz necessário nesse momento. Aproveito para agradecer a sensibilização de todos que estão empenhados junto com o Poder Público para conter essa pandemia”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Desde o início do ano, antes mesmo do primeiro caso ser confirmado no país (no dia 26 de fevereiro), a Prefeitura já estudava um plano de contingência para prevenção da doença, aprovado no dia 4 de fevereiro, quando foram decididos protocolos, entre eles, o treinamento das equipes da Secretaria de Saúde e divulgação das medidas preventivas à população.

Também como forma de tranquilizar e prestar o auxílio necessário aos moradores, por meio do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus

Um canal de WhatsApp para atendimento direto à população foi implantado para orientação médica específica sobre a doença. Os três números de WhatsApp (9.8443.0412 – 9.9303.9646 – 9.9299.9493) foram disponibilizados para apoio e orientação aos munícipes, 24 horas por dia, todos os dias da semana. Os moradores enviam mensagens para os telefones e o atendimento está sendo feito por profissionais capacitados que tranquilizam e esclarecem as dúvidas da população.

A cidade não registra casos positivos da doença. De acordo com o último boletim informativo divulgado nessa última quinta-feira, 26, o município contabiliza 87 casos suspeitos em investigação e 2 já descartados.

Continue Lendo