segunda-feira, Maio 21

Projeto Replantar garante mais 800 mudas de árvores em áreas de preservação permanente

 

Sumaré, 17 de maio de 2018

 

Dando continuidade ao projeto Replantar, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou esta semana o plantio de mais 800 mudas de árvores nativas e frutíferas em duas APPs (áreas de preservação permanente) nas regiões do Picerno e Maria Antonia. O objetivo é recuperar a mata ciliar, protegendo o meio ambiente e garantindo mais qualidade de vida à população.

“Aos poucos, Sumaré vai ganhando novos cinturões verdes, em benefício ao meio ambiente e também à saúde pública. As árvores possuem diversas funções no nosso ecossistema, melhoram a qualidade do ar, auxiliam na redução da poluição sonora e, quando uma área é desmatada, o solo fica exposto, o que propicia deslizamentos e erosões. Para evitar estes problemas, o plantio é muito importante, favorecendo também a infiltração das águas da chuva no solo, garantindo o abastecimento dos lençóis freáticos e a sustentabilidade hídrica do nosso município. Cuidar do meio ambiente é cuidar do nosso futuro, e este é nosso compromisso com Sumaré”, disse o prefeito Luiz Dalben, idealizador do Replantar.

Os plantios foram realizados em uma área verde na Rua Coroa Imperial, Parque Rosa e Silva (Picerno), e outra na Rua José Joaquim Novaes, Parque das Indústrias (Maria Antonia) – ambas nas proximidades do Ribeirão Quilombo e que vinham sendo utilizadas irregularmente para o descarte de resíduos. “Estamos trabalhando na recuperação ambiental de áreas degradadas do município e agora precisamos contar também com a colaboração dos moradores dessas regiões, para que zelem pelo meio ambiente, evitando e denunciando possíveis descartes irregulares”, completou o secretário de Meio Ambiente, Carlos Barijan.

Denúncias de crimes ambientais podem ser feitas ao GPA (Grupo de Proteção Ambiental) da Guarda Municipal, pelo 0800-773-8900.

O projeto Replantar já garantiu cerca de 25 mil novas árvores em Sumaré desde que foi lançado, em 2017.