terça-feira, Maio 22

Secretaria de Educação inicia projetos extraclasses na rede municipal de ensino

 

Sumaré, 9 de março de 2018

 

A Secretaria de Educação de Sumaré iniciou nesta semana a visita dos alunos da rede municipal de ensino na Cidade Mirim de Trânsito, CEAV (Centro de Educação Ambiental Vivenciada) e Parque dos Animais, espaços na região central da cidade onde são desenvolvidos projetos extraclasses com os estudantes.

Ao longo da semana foram os 96 alunos da Escola Municipal Reino da Garotada, no Centro, que participaram das atividades no Parque dos Animais, por meio do projeto de Educação Ambiental. Durante a visitação, os alunos são acompanhados por uma pedagoga e um veterinário e recebem palestras sobre biodiversidade, assistem a um vídeo sobre o meio ambiente, participam de oficinas pedagógicas e de um estudo de campo, com observação e registro dos animais, explorando as especificidades de cada espécie. Além de agregar conhecimento aos alunos, a atividade também tem por finalidade conscientizar as crianças com relação à importância dos cuidados com a fauna e a flora.

Dando continuidade ao projeto de Educação Ambiental, os 138 alunos da Escola Municipal Alcione Aparecida Fernandes Pereira, no Jardim dos Ipês, visitaram o CEAV, onde assistiram a um vídeo de educação ambiental, fizeram um estudo de campo no local e também participaram da oficina sustentável “Cadê o lixo que estava aqui?”, que trabalha com reciclagem e reutilização de materiais.

Outros 46 alunos da EM Alcione Aparecida Fernandes Pereira também estiveram na Cidade Mirim de Trânsito, por meio do projeto ‘Educação para o Trânsito’. As crianças aprenderam regras de boa convivência, bem como as leis de trânsito e de sinalização necessárias para a segurança pessoal e coletiva. Elas trafegam pela ciclovia com as bicicletas ou triciclos e já colocam em prática noções de segurança pessoal ao utilizarem capacetes, cotoveleiras e joelheiras.

“Priorizamos uma educação de qualidade. Para isso, investimos em projetos que complementam os conteúdos desenvolvidos ao longo do ano dentro da sala de aula, por meio da vivência e da prática. Os espaços são abertos o ano todo e recebem a visita dos alunos de toda a rede”, explicou o prefeito Luiz Dalben.