“Semeando Arte Circense” retoma atividades em 2024 e abre inscrições para novos alunos em Sumaré

circense

Após uma breve pausa, o projeto “Semeando Arte Circense” vai retomar suas atividades com oficinas gratuitas na cidade de Sumaré no contraturno escolar. Voltado para crianças e jovens da rede pública de ensino que se interessem pela arte circense, as matrículas já têm data definida: 15 e 16 de fevereiro, das 08h às 15h, na NISFRAM.

Mote do projeto cultural, a tradição circense no Brasil é uma expressão artística única, enraizada nas comunidades e permeada por artistas talentosos que seguem contribuindo para sua evolução ao longo do tempo. Com uma atmosfera vibrante e diversificada, o circo brasileiro incorpora diferentes elementos – como música, dança e performances – para refletir a rica diversidade do país.

“O circo não é só fonte de entretenimento, mas também um vínculo cultural com raízes centenárias. Por meio de atividades que aprimoram a motricidade, fomentam o equilíbrio corporal e despertam emoções para criar uma conexão singular com a arte, o projeto se propõe a desenvolver habilidades específicas nos alunos, cultivando valores cruciais para a formação de futuros artistas circenses”, pontua Anderson Horário, gestor da AH7 Produções Culturais.

Para garantir uma vaga, é preciso realizar a matrícula presencialmente na unidade do Bom Retiro, com apresentação de RG (do aluno e do responsável), carteira de vacinação, comprovante de endereço e matrícula escolar. Também é imprescindível ter o Cadastro Único ativo, uma vez que o serviço de convivência da NISFRAM – onde serão realizadas as aulas a partir de 23/02 – faz parte do programa.

Ao longo de todo o ano, os participantes vão mergulhar em conceitos teóricos e fundamentos práticos que remetem ao circo. Além das oficinas, estão previstos ainda a realização de ensaios abertos e um espetáculo especialmente desenvolvido para o projeto. Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, “Semeando Arte Circense” é realizado pelo Ministério da Cultura com patrocínio da ADERE e apoio da NISFRAM, com produção das empresas AH7 Gestão Cultural e Villa 7 Produções Culturais.


SERVIÇO – Inscrições para “Semeando Arte Circense” em Sumaré

Quando: Quinta e sexta-feira, 15 e 16 de fevereiro, das 08h às 15h

Onde: NISFRAM Bom Retiro | R. Raimundo Alves Diniz, 154, Bom Retiro – Sumaré (SP)

Cronograma das Oficinas: Todas as sextas-feiras, a partir de 23/02, das 08h30 às 10h30 e das 13h30 às 15h30

Local das Oficinas: NISFRAM Bom Retiro | R. Manoel Vitor Diniz, 345, Bom Retiro (próximo à escola Jeny) – Sumaré (SP)

Oficinas gratuitas

Acessível para PCDs

– – –

“Semeando Arte Circense” retoma atividades em 2024 e abre inscrições para novos alunos em Sumaré

Sobre a ADERE: Fundada em 1967, a ADERE é uma das maiores empresas de capital nacional fabricante de fitas adesivas no Brasil. Com um portfólio variado, 43 linhas de produtos e mais de 1.000 itens em linha (que atendem a indústria e o consumidor final), está presente em todo o território nacional e também no exterior, em 17 países.

Sobre a NISFRAM: Somos uma Organização da Sociedade Civil (OSC) sem fins lucrativos que atua desde 2001 em sintonia com as necessidades emergentes de sua região, aplicando projetos socioeducativos elaborados para promover uma melhor qualidade de vida, desenvolvimento pessoal e cidadania, levando atividades educacionais; culturais; artísticas; esportivas; de lazer; e de formação profissional. Nosso nome é uma referência aos bairros que se localizam ao redor da sede inicial (NAÇÕES, IPIRANGA, SÃO FRANCISCO E MARACANÃ).

Sobre a AH7 Gestão Cultural: A AH7 Gestão Cultural atua para democratizar o acesso à arte e cultura para cocriar o futuro desejável para todos. Nascida em 2014, a AH7 tem a responsabilidade de gerir aquilo que é subjetivo, impalpável e simbólico de forma objetiva e organizada, sem riscos de interferência no processo criativo, sintonizando ideias e potencializando os resultados das ações pleiteadas.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook