sábado, junho 23

Serviços atendimento ao contribuinte passam a ser realizados no Centro Administrativo Odette Jones Gigo a partir de segunda

Oito departamentos mudarão de endereço: CEAC, DTI, DTM, Cadastro de Imóveis, Fiscalização Tributária, CACISS, Dívida Ativa e Superintendência Tributária

 

Sumaré, 9 de janeiro de 2018.

 

Quem precisar utilizar os serviços de tributos da Prefeitura de Sumaré deve procurar atendimento em novo endereço a partir da próxima segunda-feira, dia 15. A CEAC (Central de Atendimento ao Contribuinte) – também conhecida popularmente por “IPTU” –, o DTI (Departamento de Tributos Imobiliários), DTM (Departamento de Tributos Mobiliários), setor de Cadastro de Imóveis, Fiscalização Tributária, CACISS (Central de Atendimento ao Contribuinte do ISS), Dívida Ativa e Superintendência Tributária passam a funcionar no Centro Administrativo Odette Jones Gigo, localizado à Rua Ipiranga, nº 71, Centro (prédio que abrigava a antiga Unopec). Até essa data, atendimento ao público fica suspenso.

O local é de fácil acesso, nas proximidades da Rodoviária Municipal, e já abriga as secretarias municipais de Obras e Planejamento, além do Procon, Pra Frente, Corregedoria e Ouvidoria da Guarda Municipal, e conselhos municipais.

A mudança faz parte de um processo de reestruturação da Prefeitura iniciado no primeiro semestre de 2017, gerando uma economia de cerca de R$ 500 mil por ano aos cofres públicos, por meio da transferência de serviços que funcionavam em prédios alugados para imóveis do Município.

“Essa reestruturação, tanto física quanto funcional, demonstra o respeito da nossa gestão com o povo sumareense e com o servidor público”, ressaltou o prefeito Luiz Dalben.

Embora inaugurado no fim de 2016, o Centro Administrativo Odette Jones Gigo não contava com infraestrutura básica para o trabalho dos servidores e para o atendimento à população. Nos primeiros meses de 2017, a Prefeitura iniciou uma ampla reforma e adequação no prédio, com a instalação de cabeamento de energia elétrica – atualizando a fiação, que era bastante antiga –, estruturação da rede para o funcionamento do sistema de processamento de dados e de telefonia, entre outros. Concluídas as obras, deu-se início à transferência das secretarias e demais setores para o espaço.