Connect with us

Nossa Cidade

Sumaré demoli moradias irregulares para evitar novas invasões

Publicado

em

A Prefeitura de Sumaré iniciou nesta semana a demolição de mais 260 moradias construídas irregularmente em ocupações situadas em bairros como Virgílio Basso, Picerno 1 e 2, Vila Rebouças e Jardim Bela Vista. As famílias que viviam nestes locais estão sendo realocadas pela Prefeitura de Sumaré no Condomínio Águas de Lindoia, em Nova Veneza, através do programa oficial de Habitação.

Seguindo as regras do programa, as demolições dos antigos casebres são feitas assim que a família é retirada para o novo apartamento, para evitar que haja novas ocupações nestes locais – normalmente, áreas verdes, de risco e, muitas vezes, insalubres. A previsão é que esta etapa do trabalho de limpeza das antigas ocupações irregulares seja finalizado ainda em janeiro.

Publicidade

A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Habitação, envolve também a Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que realiza as demolições, além do apoio técnico da Defesa Civil e da Guarda Municipal. Os beneficiários pelo programa, que foram para apartamentos populares, fazem parte da “demanda indicada” pela pasta e são, geralmente, provenientes de ocupações irregulares e de risco ou, em alguns casos, de áreas alvo de ações civis públicas.

Segundo a secretária de Habitação, Geralda Magalhães, “o trabalho de demolição, mudança e entrega das chaves no condomínio é articulado com as demais secretarias envolvidas”.

“As famílias passam por um impacto social significativo e isto é trabalhado antes, durante e depois das realocações. Todo o período das mudanças e demolições é bastante corrido, mas é gratificante. É muito bom observar as pessoas felizes por estarem saindo de um local que há tempos vem sofrendo com problemas de enchentes, desmoronamentos e insalubridade para um local que não sofrerão mais estes problemas e, sobretudo, para onde serão os proprietários”, finalizou Geralda Magalhães.

O Condomínio Águas de Lindoia, que já está recebendo as primeiras famílias, faz parte do Loteamento Jardim das Águas que possui, no total, 1.500 apartamentos divididos em diversos condomínios. As unidades habitacionais possuem 48 m² e são destinadas às famílias indicadas pela Secretaria Municipal de Habitação, oriundas majoritariamente de ocupações de áreas públicas de risco e com renda mensal de até R$ 1,6 mil (a chamada “faixa 1” definida pelo Programa “Minha Casa, Minha Vida”).

OUTRAS DEMOLIÇÕES

No fim do ano passado, a Prefeitura de Sumaré já havia realizado trabalho semelhante com a mudança de 320 famílias para o “Condomínio Serra Negra”, na Região do Matão. Na ocasião, foi preciso realizar a demolição de aproximadamente 152 moradias, que foram construídas irregularmente. Neste trabalho, foram demolidas moradias precárias na região de Nova Veneza, Parque Franchescini, Jardim Alvorada e em bairros da Região do Matão.

1.660 FAMÍLIAS

Após a finalização das demolições necessárias para viabilizar a mudança das 260 famílias para o Condomínio Águas de Lindoia, a Prefeitura de Sumaré vai contabilizar em torno de 1.660 famílias retiradas de áreas ocupadas irregularmente no município desde o início de 2013. A maioria delas já se encontra instalada em apartamentos construídos em conjuntos residenciais viabilizados pela Prefeitura de Sumaré, em parceria com os programas “Minha Casa, Minha Vida” (federal) e “Casa Paulista” (estadual). Da mesma forma, número quase igual de casebres em ocupações irregulares já foi eliminado pela Prefeitura.

Nossa Cidade

Sumaré recebe câmeras de monitoramento inteligentes

Publicado

em

Por

Sumaré conta agora com as câmeras de monitoramento inteligentes. Os equipamentos foram recebidos pelo prefeito Luiz Dalben, na Secretaria de Segurança da cidade. Os aparelhos serão instalados em pontos estratégicos, principalmente nas entradas e saídas do Município, verificando o tráfego e veículos e contribuindo para gerar mais segurança à população.

As câmeras têm tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) e realizam o reconhecimento automático e instantâneo das placas de veículos, permitindo, assim, maior agilidade na fiscalização de roubos e furtos ou de veículos envolvidos em outros tipos de crime.

Publicidade

O monitoramento será realizado via CECOM (Centro de Comunicação Operacional e Monitoramento) da Guarda Municipal – uma base operacional do órgão que integra o atendimento à população, monitoramento da cidade e despacho de ocorrências –  e interligado com as demais cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), repassando as informações para os órgãos de segurança de todas as cidades, unificando essas informações e as instituições. 

“Nos últimos anos, já alcançamos recordes na redução dos índices de criminalidade em Sumaré e essa é mais uma iniciativa que vai manter nossa cidade cada dia mais segura! As câmeras vão agilizar o tabalho  e permitir que as autoridades de segurança de todas as cidades estejam atentas, diminuindo os delitos como roubo e furto de veículos”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

As câmeras de monitoramento inteligentes são mais um investimento na segurança da população. Todo o sistema de videomonitoramneto de Sumaré foi ampliado e levado para as undiades de saúde, escolas e cemitério Municipal, inibindo as ações de vândalos, arrombamentos e furtos.

Para lidar com ocorrências de maior grau de periculosidade, foi criada a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) da Guarda Municipal. O grupamento reúne as equipes táticas e do Canil para realizar procedimentos e gerenciamento de crise. Novas viaturas e uma Base Móvel para o Canil também foram entregues para a corporação. Além disso, agora os guardas contam com tablets e rádios digitais para modernizar e informatizar o atendimento das ocorrências.

As capacitações e cursos de requalificação também foram reforçados. E com uma Guarda Municipal mais atuante, apoiando as polícias Militar e Civil, a criminalidade atingiu os menores índices da história de Sumaré em 2019, com redução de 32,8%.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Publicado

em

Por

A Secretaria de Educação de Sumaré está com inscrições abertas para seleção e cadastro reserva de especialistas para atuar nos Projetos Especiais e  CEFEMS (Centro de Formação de Educadores Municipais de Sumaré) no ano letivo de  2021.

Até o dia 2 de dezembro, os interessados podem se inscrever preenchendo a ficha cadastral publicada no Diário Oficial do dia 25 de novembro. O edital do processo de seleção pode ser encontrado no link https://www.sumare.sp.gov.br/pdfDiario.php?edicao=855&pdf=346d7bcc84d7b60cba02ea6130cc69d5.pdf.

Publicidade

Entre os pré-requisitos para participar do processo de seleção estão o vínculo efetivo com a Rede Municipal de Ensino, ser concursado, ter no mínimo três anos de experiência como recreacionista, professor ou especialista, ter disponibilidade para desenvolver encontros de formação nos locais/polos de acordo com a demanda do CEFEMS, nos períodos manhã, tarde, noite e sábado e possuir habilidades básicas em Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação.

São ofertadas 31 vagas para os cargos de Coordenador de Equipe de Formação, Coordenador de Projetos Especiais, Formador do CEFEMS,Formador para Projetos Especiais, Recreacionista Formador e Recreacionista Tutor – Projetos Especiais.

A seleção e classificação será feita pela Comissão de Seleção da Secretaria Municipal de Educação, por meio de análise documental e currículo. A divulgação dos resultados acontecerá no dia 14 de dezembro, a partir das 14 horas, na plataforma online e por meio do email das unidades escolares. 

Continue Lendo

Nossa Cidade

Avenida Santo Irineu, no Matão, recebe Programa de Recape Contínuo

Publicado

em

Por

Em mais uma etapa do Programa Municipal de Recape Contínuo (PRC), as equipes da Prefeitura de Sumaré realizam nesta sexta-feira, dia 27, a recuperação asfáltica da Avenida Santo Irineu, no Matão. O PRC é promovido pela Administração Municipal desde 2017 e já garantiu mais de 1 milhão de m² de asfalto novo em todas as regiões da cidade.

As obras avançam diariamente, seguindo cronograma elaborado pelas secretarias de Obras e de Serviços Públicos, sempre com prioridade às ruas e avenidas que têm ligação com bairros, fluxo constante de veículos, ou que fazem parte de itinerário do transporte coletivo e, por esses motivos, apresentam asfalto mais danificado.

Publicidade

“O recapeamento favorece a mobilidade urbana, garante melhores condições de tráfego e mais segurança no trânsito. A recuperação da malha viária de Sumaré avança a cada dia e traz melhorias a toda a cidade”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

            Importantes vias da cidade, num total de mais de 200 ruas, já foram recapeadas. O investimento conta com recursos próprios do Município e de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado estadual Dirceu Dalben, na ordem de R$ 5,87 milhões.

“A cidade inteira tem recebido atenção especial da Administração do Município. As obras de pavimentação seguem em ritmo acelerado e têm beneficiado todas as regiões da cidade. A quantidade de ruas pavimentadas e em condições de tráfego nos últimos anos representa um grande avanço nessa área”, destacou o deputado estadual Dirceu Dalben.

Continue Lendo