prefeitura-sumare

Sumaré lança projeto “Meu Primeiro Filho”

O Fundo Social de Solidariedade de Sumaré, em parceria com a Secretaria de Saúde, lança na próxima quinta-feira, dia 31, às 10 horas, o projeto “Meu Primeiro Filho”, um curso de orientação médica e psicossocial de aprendizado às mamães de primeira viagem. A sede da capacitação fica dentro do Ambulatório de Especialidades, na região central. O projeto é voltado às gestantes em primeira gravidez e que fazem acompanhamento na BEM (Base de Excelência da Mulher). A inauguração faz parte da programação da XIV Semana da Mulher.

“A gravidez é uma condição que envolve muitos riscos, mitos, dúvidas, crenças e expectativas. Para orientar e ofertar todos os cuidados para nossas gestantes de primeira viagem, que já realizam acompanhamento na BEM e são encaminhadas pela unidade, vamos implantar este projeto, com todo o carinho e amor. Queremos ofertar às mamães espaços de orientação, compartilhamento de experiências e fonte de informações seguras. Este é mais um investimento que fazemos para a saúde de nossas mulheres”, explicou a presidente do Fundo Social, Mara Dalben.

Além dos atendimentos na sala montada no Ambulatório de Especialidades, o projeto também terá uma base no Núcleo do Bem-Estar do Bom Retiro, na região da Área Cura. O projeto vai oferecer atendimento nutricional, psicológico e bucal, além de um ensaio fotográfico e certificado ao fim do curso. As gestantes também terão encontros com profissionais de diversas áreas da saúde, com temas que envolvam as principais dificuldades enfrentadas no período de gestação e nos cuidados com o recém-nascido, em local humanizado e aconchegante. As reuniões serão mensais e abordarão temáticas como: emoções experimentadas durante a gravidez, cuidados e higiene do recém-nascido; amamentação e preparo do parto.

Para valorizar as mulheres e promover a qualidade de vida, desde 2017, Sumaré trabalha com Políticas Públicas em prol da classe feminina. As ações vão desde atividades de orientação e assistência  até o acolhimento e ampliação na oferta de exames preventivos. Além disso, foi entregue à BEM um espaço projetado pelo Fundo de Solidariedade e Secretaria Municipal de Saúde, ao lado do Ambulatório de Especialidades, exclusivo para o atendimento médico e ambulatorial das mulheres (com enfoque em gestações de alto risco), com atendimento em convênio junto à Faculdade São Leopoldo Mandic. A Base da Mulher já realizou mais de 13.300 atendimentos, 7.800 mamografias e mais de 6.800 exames e procedimentos. Além disso, ocorre a Base de Excelência da Mulher Itinerante, promovida em espaços públicos para realizar ações de orientação e oferta de exames.

“Sumaré é referência em trabalhar efetivamente com políticas públicas para as mulheres. Além de atividades de conscientização junto à comunidade, também estamos trabalhando na criação de novos instrumentos de apoio às mulheres. Somos pioneiros em implantar uma Base da Excelência da Mulher, um espaço privativo onde essas meninas podem encontrar auxílio, realizar exames e serem acolhidas, e o Centro da Criança, para que o bebê seja atendido de forma humanizada e digna. Também realizamos o projeto Mamãe Bem Querer, desenvolvido em parceria com o Instituto Bem Querer, que oferta ações de proteção social para crianças e adolescentes em situação de gravidez precoce e seus filhos, identificando e acolhendo os casos na cidade e fortalecendo a rede de apoio com a família e comunidade. A implantação do projeto Meu Primeiro Filho, em complemento às ações realizadas com as gestantes na BEM, é mais uma ação que visa os cuidados e proteção à mulher”, explicou o prefeito Luiz Dalben.