domingo, outubro 22

Sumaré recebe inscrições para curso de Regulação Médica das Urgências

A Prefeitura de Sumaré promove nos dias 7 e 8 de julho, gratuitamente, o Curso de Capacitação em Regulação Médica das Urgências. Os encontros acontecerão no anfiteatro do Centro Administrativo de Nova Veneza, na sexta-feira (7 de julho), das 18 às 22 horas e, no sábado (dia 8), das 8 às 18 horas. O endereço é Avenida Brasil, nº 1.111, Jardim Nova Veneza.

O curso é uma realização da Secretaria Municipal de Saúde, da coordenação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e da Diretoria de Urgência e Emergência de Sumaré. As vagas são limitadas e os interessados devem fazer a inscrição até 7 de julho pelo telefone do SAMU Sumaré: (19) 3832-6966, sempre das 7 às 12 horas.

A capacitação é voltada para médicos que atuam nas centrais de regulação das ambulâncias do SAMU, convênios e diretamente com as unidades emergências/urgências (UPAs, Pronto Atendimentos, hospitais regionais e municipais). “Esta é uma excelente oportunidade para os profissionais da saúde não só de Sumaré, mas de toda a região, com o objetivo de melhorarmos cada vez mais o atendimento aos nossos moradores”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

O curso contará com palestra do doutor Antônio Onimaru, coordenador geral e médico do SAMU – Regional Ourinhos e coordenador do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências de Presidente Prudente. Serão abordados os assuntos relacionados à regulação médica das urgências, de acordo com a política nacional de atendimento (Portaria nº 1010 / 2012 do Ministério da Saúde).

A Regulação Médica é um sistema de acolhimento que recebe as solicitações de urgência, faz a triagem, classificação e responde de acordo com o caso. As centrais de regulação acompanham o atendimento do início ao fim, apoiando as equipes e preparando a recepção adequada ao atendimento de urgência.

Para o diretor médico das Emergências/Urgências de Sumaré, Rodrigo Zanoni, o sucesso do atendimento depende muito do contato adequado do morador com o SAMU e da cooperação dos envolvidos, com o máximo de informações relevantes para que o atendimento seja realizado no tempo e com a viatura que o caso exige. “Importante também para que o médico assistente possa tranquilizar os familiares do paciente enquanto o transporte está empenhado em outra ocorrência que exija maior urgência ou mesmo que esteja a caminho”, explicou Zanoni.

“O curso tem o objetivo de fornecer informações e as bases legais aos profissionais de Saúde, para que entendam como é o sistema de regulação, qual a melhor forma de prestar o atendimento aos nossos moradores, além de ser uma oportunidade para a troca de experiências sobre a rede de atendimento às urgências na região”, finalizou o secretário de Saúde de Sumaré, Carlos Eduardo Vicente.