quarta-feira, Maio 23

Sumaré registra queda de 18,77% nos índices de criminalidade em 2017

 

Sumaré, 29 de janeiro de 2018

 

O índice de criminalidade em Sumaré caiu 18,77% em 2017, em comparação com o ano anterior. Segundo a SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública), foram registradas 6.067 ocorrências em 2017, envolvendo roubos, furtos, homicídios, acidentes de trânsito, estupros, entre outros. Já em 2016, foram 7.469 registros. Segundo o prefeito Luiz Dalben, os números são resultado de uma Guarda Municipal mais atuante e fortalecida, realizando um trabalho integrado junto às polícias Militar e Civil.

O destaque é para a redução de furtos de veículos, uma queda de 27,44% no período. Em 2016, foram registrados 747 casos e, em 2017, 542. Os roubos também caíram em 23,84% (assaltos a pedestres, estabelecimentos comerciais, residências, veículos e cargas): 2.055 ocorrências em 2016 contra 1.565 em 2017. O número de acidentes com vítimas fatais em acidentes de trânsito também registrou queda. Foram 698 casos em 2016 e 567 em 2017, uma redução de 18,76%.

“Essa queda expressiva nos índices de criminalidade é resultado de um trabalho integrado da nossa Guarda Municipal junto à Polícia Militar, além de uma corporação mais atuante. Estamos realizando várias operações conjuntas com a PM e a Polícia Civil, como a Operação Pancadão e a Operação Bar Legal, fiscalizando a aglomeração de pessoas locais públicos ou estabelecimentos comerciais. Além disso, também reativamos câmeras de videomonitoramento que há anos não funcionavam, em locais estratégicos da cidade, e investimos em nossa Guarda Municipal”, destacou o prefeito Luiz Dalben.

Em 2017, foram realizadas 192 operações Pancadão e Bar Legal pela cidade; guardas municipais ainda passaram a fiscalizar infrações de trânsito e ambientais – após capacitação; e foram entregues 80 novos coletes balísticos para a corporação. Ao todo, a Guarda Municipal de Sumaré atendeu a mais de 25 mil solicitações da população no ano passado, que resultaram em 2.178 ocorrências. Foram realizadas 73 prisões flagrante, 12 armas de fogo foram retiradas das ruas, assim como aproximadamente 10 mil porções de entorpecentes. A corporação ainda recuperou 53 veículos roubados ou furtados.

“Nossa Guarda Municipal está à disposição da população 24 horas por dia, patrulhando por toda a cidade, fiscalizando também crimes ambientais e as leis de trânsito. Nosso objetivo é aproximar cada vez mais os patrulheiros da comunidade, criando uma relação de confiança”, comentou o secretário de Segurança Pública, Ricardo Zequin.

A fim de melhorar ainda mais o números em 2018, novas parcerias entre a Prefeitura e órgãos de segurança pública já foram firmadas. “Nosso objetivo é que neste ano os índices de criminalidade continuem caindo. Na semana passada, por meio de um esforço conjunto entre Prefeitura e Polícia Militar, inauguramos a nova sede da 2ª Companhia do 48º BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior) no Jardim Bom Retiro, região da Área Cura, com uma infraestrutura que garante um ambiente de trabalho adequado aos policiais e um atendimento de qualidade à população. Também assinamos junto à Polícia Federal de Campinas um termo de cooperação com a finalidade de realizar ações, operações, fiscalizações e atividades conjuntas na área de segurança pública. O trabalho continua intenso para garantir a proteção da população”, explicou o prefeito.