segunda-feira, Maio 28

Tag: estupro

Vendedor é linchado após tentar estuprar cliente no Parque Fantinatti

Vendedor é linchado após tentar estuprar cliente no Parque Fantinatti

Policial
Um vendedor ambulante foi espancado por moradores após tentar estuprar uma dona de casa de 24 anos no Parque Residencial Fantinatti, em Sumaré. Ele teria ido até a casa da vítima para vender um produto, mas armado com uma faca, tentou abusar da cliente. Ele chegou a bater no irmão da vítima, que é cadeirante. O acusado está internado no Hospital das Clínicas da Unicamp (Universidade de Campinas). De acordo com a Polícia Militar, por volta das 14h, o vendedor M.N.S.N., de 32 anos, teria ido até a casa da jovem, que havia comprado uma chapa de ferro com o vendedor. Fingindo um mal súbito, segundo a vítima, ele pediu um copo de água e entrou na casa da mulher. Já na cozinha, ele se armou com uma faca e passou a ameaçar a vítima. O acusado levou a vítima para o quarto, onde tirou a su
Mulher sofre tentativa de abuso sexual em ponto de ônibus

Mulher sofre tentativa de abuso sexual em ponto de ônibus

Policial
Uma operadora de máquinas de 34 anos foi alvo de uma tentativa de abuso sexual enquanto esperava o ônibus para trabalhar no parque João de Vasconcellos, em Sumaré. A vítima afirma que o acusado, que não foi identificado, passava todos os dias pelo local e dizia palavras de baixo calão. No entanto, no fim de semana, o suspeito tentou abusar da vítima. De acordo com o boletim de ocorrência, ao longo da semana, o suspeito passava por volta das 22h30 de motocicleta e passava a “cantar” a vítima. Entretanto, no fim de semana o homem parou a motocicleta e foi até a mulher. Agarrando-a pelo braço, o acusado tentou puxar a vítima. No entanto, ela conseguiu se desvencilhar e correu para sua residência, procurando, posteriormente, ajuda da Polícia Civil. O suspeito fugiu e até o fechamento
Estupros aumentam 640% em Sumaré

Estupros aumentam 640% em Sumaré

Nossa Cidade
Thiago Alves Os números são assustadores. Em uma comparação entre o período de janeiro a junho de 2015 e o mesmo período deste ano, a cidade de Sumaré registrou um aumento de 640% nos casos de estupros.  Moradores se dizem assustados e inseguros, sendo obrigados a viverem enclausurados. “Me sinto insegura, até para ir à padaria”, desabafou a assistente administrativa Cinara Guimarâes, de 42 anos e moradora do jardim Maria Antônia. De Janeiro a junho de 2015, cinco crimes de violência sexual foram registrados no município. Ao longo do ano, o número chegou a dez vítimas. No entanto, os dados de 2016, de janeiro a junho, já superaram todo o ano passado. Em apenas seis meses, 37 vítimas sofreram violência sexual. Os dados foram disponibilizados no site da SSP (Secretaria de Segurança Púb