segunda-feira, Maio 28

Tag: homicídio

Acusada de matar jogador de futebol é presa em Sumaré

Acusada de matar jogador de futebol é presa em Sumaré

Policial
A professora Gislene Ribeiro Giroldi, de 41 anos, foi presa na tarde de segunda-feira, após cumprimento de mandado judicial pela morte do ex-jogador de futebol Mauro Cabeção. A prisão aconteceu na escola em que a acusada trabalhava, em Sumaré, na região do Matão. Gislene teria sido a mandante do homicídio cometido em 2004, em Nova Odessa. O ex-lateral direito do Guarani foi executado com cinco tiros, em um bar de Nova Odessa. Em 2012, a professora foi condenada a 13 anos de prisão, mas, devido a um harbeas corpus, conseguiu a liberdade. Gislene foi considerada culpada pelo crime de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e por ter pago pela execução. O crime teria sido motivado por ciúmes, visto que a acusada teria um relacionamento amoroso com a mulher do ex-jogador. Duas