Connect with us

Nossa Cidade

Unidades de Saúde de Sumaré estão preparadas para o Dia D de Vacinação contra Sarampo que acontece neste sábado

Publicado

em

O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo acontece neste sábado (19) em todo o território nacional. Em Sumaré, a imunização ocorrerá nas 23 Unidades de Saúde do Município. De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, esse Dia D é exclusivo para a primeira dose da vacina Tríplice viral (sarampo, caxumba, rubéola), e é voltada a crianças de até 12 meses e, a segunda e última, aos 15 meses.

O órgão orienta que além do Dia D, a primeira fase da Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até o dia 25 de outubro, e a previsão é vacinar crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Neste caso, a campanha é seletiva, ou seja, as servidoras das Unidades de Saúde vão avaliar a situação vacinal da criança, conforme o calendário vigente. Por isso é de extrema importância que os pais compareçam às unidades com a carteirinha de vacinação, para avaliação e registro da vacina.

“O sarampo também é causado por vírus, transmitido de pessoa a pessoa por meio de secreções ao tossir, espirrar ou falar. Portanto, é importante que os pais levem seus filhos com essa faixa etária para tomar a vacina”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Até o momento, foram confirmados oito casos de sarampo no Município, sendo dos bairros Jardim Nova Terra, Jardim Ypês, Parque Florely, Santa Terezinha, Jardim Paulistano, Condomínio Coronel, Vila Santana e Jardim Primavera. Os moradores são crianças e têm idades de 1, 2, 6, 9, 11 e 12 anos. Todos tiveram boa evolução  e encontram-se bem de saúde. Em nenhum dos casos foi necessária hospitalização. Ao todo, a cidade registrou 70 notificações, sendo 23 negativos, e 39 aguardam resultados dos exames.

A segunda etapa para pessoas de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia, acontecerá entre os dias 18 a 30 de novembro. 

 

O SARAMPO

O vírus do sarampo circula de forma endêmica em diferentes países do mundo. As crianças vacinadas entre 6 e 11 meses de idade deverão receber a vacina SCR com um ano de idade e a vacina Tetraviral (SCR-Varicela) aos 15 meses de idade. O intervalo mínimo entre a vacina SCR aplicada em menores de um ano de idade, e a dose da vacina SCR aplicada a partir de 12 meses, deverá ser de 30 dias. Recomenda-se que as crianças nessa faixa etária, residentes ou que vão se deslocar para municípios em situação de surto, sejam vacinadas com uma dose da vacina SCR (Sarampo/Caxumba/Rubéola) 15 dias antes da viagem.

Os sintomas do Sarampo são febre alta, erupções vermelhas na pele, coriza, tosse, olhos vermelhos e lacrimejantes, conjuntivite, pequenas manchas brancas no interior da bochecha e manchas vermelhas pelo restante do corpo. O vírus pode ainda causar lesões cerebrais e outras complicações que podem levar a óbito, uma vez que não há tratamento específico para a doença.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Após primeiro caso confirmado de coronavírus no Brasil, Sumaré reforça plano de ações para enfrentamento da doença

Publicado

em

Por

Visando tranquilizar a população e estar preparada para prestar o auxílio necessário aos moradores, Sumaré reforçou o plano de ações para o enfrentamento do coronavírus. Os objetivos do projeto na cidade são a prevenção da doença, assistência e atendimento de possíveis pacientes suspeitos – O Município não registrou casos suspeitos até o momento.

Caso algum paciente apresente sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar e tenha histórico de viagem para locais com transmissão local, como a China, ou ter tido contato próximo com pessoa com caso suspeito a orientação é para que procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua residência. Todas as unidades de Sumaré estão aptas e preparadas e vão destinar vagas diárias para atender os suspeitos e os colaboradores capacitados para receber os pacientes. Ao procurar a UBS, serão avaliados se os sintomas indicam alguma probabilidade de infecção por coronavírus, além de tomadas as providências para notificação e coleta de material para exame laboratorial.

Além disso, novas capacitações estão sendo ofertadas aos colaboradores e nas unidades de saúde foram fixados materiais de orientação. Na urgência e emergência, uma grade de transferência dos quadros respiratórios graves (que necessitam de intubação, por exemplo) foi montada para que esses casos sejam remanejados para hospitais da região.

“Sumaré está preparada para atender com qualidade qualquer paciente que apresente sintomas ou que necessite de auxílio. Queremos tranquilizar a população, nossas unidades e colaboradores foram capacitados e estão de prontidão para prestar um atendimento adequado e eficiente. Porém, nosso objetivo é continuar registrando zero casos de suspeitos e para isso continuamos em alerta e trabalhando incansavelmente. Também contamos com a colaboração da população para que siga algumas medidas de prevenção e, em caso de suspeita, procure imediatamente a unidade de referência mais próxima de casa”, disse o prefeito Luiz Dalben.

O Ministério da Saúde recomendou evitar viagens à China como forma de prevenir contaminações. No entanto, as precauções de contágio são importantes para evitar a propagação de doenças infecciosas. Confira:  

  • Evitar contato próximo com pessoas doentes e que tenham infecção respiratória aguda
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um antisséptico para as mãos à base de álcool em gel, principalmente, após contato direto com pessoas doentes e antes de se alimentar
  • Usar lenços descartáveis para higiene nasal (nada de lencinhos de pano!)
  • Cobrir nariz e boca sempre que for espirrar ou tossir com um lenço de papel e descartar no lixo
  • Higienizar as mãos sempre depois que tossir ou espirrar
  • Evitar tocar em olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas
  • Manter ambientes muito bem ventilados
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal como copos, garrafas e talheres
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência
  • Evitar contato com animais selvagens ou doentes
Continue Lendo

Nossa Cidade

Escolinha Social do Florely recebe inscrições gratuitas para Futebol de Areia

Publicado

em

Por

Futebol Areia

Aproveitar bem os espaços esportivos com atividades para crianças e adolescentes! Desta maneira a Prefeitura de Sumaré, por intermédio das Secretarias de Cultura, Esporte e Lazer e de Inclusão Social tem levado o Projeto Escolinhas Esportivas para todo o Município.

No Bairro Florely, região do Maria Antonia, por exemplo, uma atividade que tem movimentado meninos e meninas é o Futebol de Areia. A modalidade esportiva está sendo oferecida gratuitamente na Escolinha Futebol Social, inaugurada no último dia 16. Desde então, estão sendo aceitas inscrições, de ambos os sexos, para a faixa etária entre 6 a 12 anos.

Incentivador das práticas esportivas, o prefeito Luiz Dalben destaca que atividades como essas acrescentam em saúde e qualidade de vida para crianças e adolescentes. “Proporcionar atividades físicas e de lazer para a comunidade é um compromisso da nossa gestão. São exercícios que beneficiam a saúde física e também melhoram a autoestima e a qualidade de vida dos nossos moradores”, comentou o prefeito.

As aulas são ministradas às segundas, quartas e sextas, em dois períodos – manhã e tarde, no contraturno escolar: das 8 às 9h; e das 16 às 17h. A intenção, segundo o prof. Anderson Silva, é aumentar as turmas, de acordo com a demanda, ou seja, estender para outros dias da semana, contemplando outras crianças.

A Escolinha Futebol Social fica na Rua Pedro Quintino, antiga Rua 16, no Parque Florely, na Região do Maria Antônia. Mais informações pelo e-mail futebolsocial.sumare@gmail.com ou whatsapp (19) 98945.5049.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeito Luiz Dalben visita EM São Judas, escola com Ensino de Tempo Integral em Sumaré

Publicado

em

Por

O prefeito Luiz Dalben visitou nesta quarta-feira, dia 26, a EM São Judas Tadeu, na região da Área Cura, uma das escolas onde foi implantado o Ensino de Tempo Integral em Sumaré. O Chefe do Executivo acompanhou o planejamento de volta às aulas após o Carnaval e vistoriou o interior da unidade escolar.

Ao lado da EM Magdalena Maria Vedovatt o Callegari, na região do Maria Antônia, a EM São Judas Tadeu conta com a modalidade de ensino, implantada nestas unidades como projeto piloto, beneficiando a cerca de 430 alunos do Ensino Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental.

O Ensino de Tempo Integral é ofertado no turno e contraturno escola.  Os alunos permanecem nas escolas das 7h30 às 15 horas. Durante este período, são servidas três refeições: café da manhã, almoço e café da tarde – uma alimentação nutritiva e balanceada, incluindo alimentos da agricultura familiar. Além da grade curricular básica, com disciplinas como português e matemática, por exemplo, as crianças têm também à disposição oficinas com atividades culturais, lúdicas e de recreação.

“Este foi um projeto piloto que implantamos e estamos acompanhando as atividades desenvolvidas com os alunos. O Ensino Integral amplia a formação dos nossos alunos, possibilitando que eles aprendam as disciplinas bases, mas também desenvolvam outras habilidades e se sintam acolhidos no ambiente escolar. Além de favorecer o pleno desenvolvimento das nossas crianças, o Ensino Integral também contribui para a formação cidadã, criando um ambiente confortável e seguro aos alunos e reduzindo o tempo ocioso deles. É uma satisfação imensa poder implantar este projeto em nossa cidade, é mais um investimento nas nossas crianças e no nosso futuro. É a Educação que transforma a sociedade”, disse o prefeito Luiz Dalben.

EDUCAÇÃO

O ano começou com diversos investimentos na educação. Os alunos já estão recebendo os kits de material escolar, distribuído para os 22 mil alunos da rede municipal de ensino, do Ensino Infantil, Fundamental, Médio e  EJA (Educação de Jovens e Adultos). Além disso, nas próximas semanas começa a distribuição dos uniformes escolares.

As unidades escolares contaram com manutenção e limpeza, inclusive mutirões nos finais de semana. A Prefeitura instala ar-condicionado nas salas de aula. Também foram adquiridos novos computadores para a área administrativa e laboratórios de informática das 39 unidades escolares. Novos brinquedos foram instalados nos parquinhos infantis.

A administração municipal está concluindo, em parceria com o Estado, a obra da EM Maria Luisa Cia Medeiros, do Bordon, e deve assumir a construção da escola do Jardim Orquídea – que tinha sido iniciada pelo Estado, neste caso, a unidade será municipal – além de ter iniciado as obras da EM do Jardim Lucélia, e a ampliação e reforma da EM do Parque Residencial Regina. Destaque ainda para a continuidade dos projetos especiais: CEAV (Centro de Educação Ambiental Vivenciada), Cidade Mirim de Trânsito e Parque dos Animais. Outra novidade fica por conta da aula de empreendedorismo na grade curricular deste ano.

Na parte pedagógica, o projeto “Leitura e Ética na Escola”, desenvolvido numa parceria e apoio técnico do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral (Gepem) e a editora Adonis, continuará também em 2020, atendendo da Educação Infantil ao 9º ano do Ensino Fundamental. A intenção é incentivar a leitura junto às crianças e trabalhar temas como preconceitos, comportamento e bullying. O projeto inclui ainda a formação dos professores e visita às dependências da editora para conhecer as etapas da confecção de um livro.

Neste ano, a Prefeitura passa a oferecer na grade curricular a aula de empreendedorismo nas escolas municipais. Em princípio, 14.500 alunos do Fundamental I e II, Ensino Médio e EJA (Educação para Jovens e Adultos) serão contemplados. A parceria firmada entre a administração municipal, por meio das Secretarias Municipais de Educação e Desenvolvimento Econômico com o Sebrae prevê levar a atitude empreendedora e consumo consciente aos alunos.

Continue Lendo