Vacinação contra o coronavírus: Com orientação do Ministério da Saúde, Sumaré diminui prazo entre doses para o imunizante Pfizer

Seguindo orientação do Ministério da Saúde, Sumaré adiantará o prazo para a segunda dose da vacina contra o coronavírus da fabricante Pfizer. Os moradores de 12 a 17 anos 11 meses e 29 dias poderão completar o esquema vacinal após 8 semanas da primeira dose. Já para a população com 18 anos ou mais, o novo prazo será de 3 semanas após a primeira dose. Segundo a secretaria municipal de Saúde da Prefeitura de Sumaré, a aplicação da dose de reforço dentro do novo aprazamento começa a valer no município a partir desta quarta-feira (dia 20).

Todas as pessoas que receberam a primeira dose da vacina Pfizer e já estão com data para a dose de reforço devem procurar uma das salas de vacinação nas unidades de Saúde ou no Centro Esportivo “Vereador José Pereira”, de segunda a sexta-feira, entre 9h e 15h. É necessário levar o comprovante de vacina.

Para os outros fabricantes, o prazo para a segunda dose segue sem alterações: Coronavac são 28 dias entre doses e Astrazeneca 3 meses. A campanha de vacinação contra o coronavírus continua no município para a primeira dose da população de acordo com o Plano Estadual de Imunização e para a segunda dose conforme prazo.

Já a terceira dose está disponível para os moradores acima de 60 anos de idade (que receberam a segunda dose ou dose única há seis meses); imunossuprimidos (que receberam a segunda dose ou dose única há, pelo menos, 28 dias) e profissionais da Saúde (que tomaram a segunda dose da vacina há seis meses).

Para a primeira dose, é necessário levar RG, CPF e comprovante de residência. Já para as segunda e terceira doses (dose de reforço), deverá ser apresentado o comprovante de vacina. Para os imunossuprimidos, será exigido documento que comprove a doença imunossupressora. Os profissionais da Saúde estão orientados a apresentar comprovante de vínculo ativo com o serviço de saúde.