Connect with us

Nossa Cidade

Veja a proposta para o viaduto Centro/Nova Veneza

Publicado

em

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) apresenta neste dia 2 de outubro ao Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) um novo projeto para o viaduto que vai ligar o Centro de Sumaré a Nova Veneza, entre as avenidas José Mancini e da Amizade. O novo projeto complementa um pedido de reconsideração ao órgão, que rejeitou uma primeira proposta apresentada no primeiro semestre pela empresa. Entre várias inovações, o novo projeto muda o lugar do viaduto – que vai passar agora “à direita” da Subestação de Energia Elétrica, no limite da área tombada em fevereiro de 2013 pelo órgão estadual.

viaduto-nova-veneza

Segundo a EMTU, “a obra consiste em um viaduto de 540 metros de extensão em estrutura de concreto com vãos de 32 metros e passagens laterais para pedestres e ciclistas montadas em estruturas metálicas, com visual diferenciado e original, e que servem de apoio ao sistema de iluminação; o traçado da ciclovia propicia melhor acesso ao conjunto, percorrendo o bem tombado até a Estação Ferroviária”.

A previsão atualizada do Governo do Estado é investir R$ 75 milhões na construção do novo viaduto, que vai passar sobre a linha férrea e o Ribeirão Quilombo – incluindo, como contrapartida, a execução de um projeto de revitalização de toda a área tombada, com a implantação de projetos artísticos e culturais no antigo patrimônio ferroviário.

A “obra de arte especial” (o novo viaduto) vai desembocar no novo Terminal Rodoviário a ser construído no início da Avenida da Amizade, que vai receber um investimento de R$ 52 milhões do Estado, também através da EMTU.

O novo viaduto deve eliminar os congestionamentos constantes nas rotatórias e demais acessos ao Viaduto “Comendador Aristides Moranza” (que se trata, na verdade, de uma passagem inferior escavada sob a linha férrea), que faz a ligação do Centro ao restante do município e à Rodovia Anhanguera. Tais congestionamentos afetam milhares de motoristas e passageiros do Transporte Coletivo diariamente, principalmente nos horários de pico.

Na primeira análise feita pelo Conselho do Patrimônio Histórico, os conselheiros que vistoriaram a área da antiga Fepasa em Sumaré aprovaram o pedido anterior da EMTU, mas os que não estiveram em Sumaré, que eram a maioria, votaram contra.

 

PREFEITA COMENTA

A prefeita de Sumaré, Cristina Carrara, comentou a nova proposta para o viaduto – que foi conquistado junto ao Governo do Estado ano passado, a partir de um pedido da própria chefe do Executivo Municipal ao governador.

“Estou muito otimista com essa nova proposta apresentada pela EMTU junto ao Condephaat. Tenho trabalhado há cerca de um ano e meio buscando trazer essa importante obra para nossa cidade. O recurso, já garantimos junto ao governador. Agora, acreditamos que vamos conseguir liberar e dar andamento neste importante investimento para transpor a linha férrea e desafogar nosso trânsito”, comentou Cristina Carrara.

 

R$ 200 MILHÕES

As obras do viaduto e do Rodoterminal Metropolitano (nome técnico da nova Rodoviária de Sumaré) fazem parte do “pacote” de investimentos de R$ 200 milhões na construção da nova Variante Sumaré/Hortolândia do Corredor Metropolitano do Transporte Coletivo “Vereador Biléo Soares” – que prevê, ainda, um investimento de R$ 47 milhões na construção de uma nova avenida entre as duas cidades, de 4,5 quilômetros e que já vai nascer “duplicada”.

Nossa Cidade

Sumaré volta para a Fase Laranja e Acias pede mais atenção aos cuidados para evitar circulação do vírus

Publicado

em

Por

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 22, a reclassificação do Plano São Paulo e Sumaré retrocedeu para a Fase Laranja. Além disto, todo o estado ficará na fase vermelha entre 20h e 6h, todos os dias da semana, e nos dois próximos finais de semana (30 e 31/1 e 06 e 07/02). Na Fase Laranja, o funcionamento de bares não é permitido.

As novas regras valem a partir de segunda-feira, 25. As medidas mais restritivas foram anunciadas por conta do aumento dos índices da pandemia.

O presidente da Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), Juarez Pereira da Silva, lamentou o retrocesso no Plano São Paulo, mas afirmou que o retorno à fase mais restritiva já era uma possibilidade esperada por conta do avanço da doença. “Mais do que nunca, precisamos seguir as orientações sanitárias para frear a circulação do vírus. A Acias seguirá orientando e reforçando os cuidados que precisam ser adotados nos estabelecimentos”, comentou.

Na última quinta-feira, 21, a Acias participou de uma reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, realizada pela Prefeitura de Sumaré para atualizar os assuntos relacionados à pandemia de Covid-19.

Diante do crescimento dos índices de óbitos e de novos casos da doença, as autoridades anunciaram o reforço na fiscalização para impedir o funcionamento de qualquer atividade fora do permitido nas fases do Plano. A Guarda Municipal intensificará a fiscalização, com possibilidade de atuação dos estabelecimentos que desrespeitarem as regras.

Na reunião, a ACIAS destacou que a maioria dos comerciantes está fazendo o dever de casa, como vem sendo lembrado pelo governo paulista. Mas é importante não afrouxar os cuidados porque a pandemia ainda não passou.

A Acias reitera a seus associados a importância de manter os protocolos sanitários. Os cuidados são necessários para garantir a saúde de colaboradores e consumidores, além de evitar possíveis penalidades durante as fiscalizações que, a partir de agora, serão intensificadas.

O QUE PODE NA FASE LARANJA

  • COMÉRCIO E SERVIÇOS

Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

  • A orientação da Acias é que o comércio abra às 9h e feche às 17h.
  • RESTAURANTES E SIMILARES (CONSUMO LOCAL)

Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Consumo local e atendimento exclusivo para clientes sentados
Venda de bebidas alcóolicas até às 20h
Adoção dos protocolos geral e setorial específico

O funcionamento de bares não é permitido na Fase Laranja.

ACADEMIAS E CENTRO DE GINÁSTICA
Capacidade 40% limitada
Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
Agendamento prévio e hora marcada
Permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo

Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeito Luiz Dalben inicia vacinação contra a Covid-19 dos profissionais das unidades municipais de Saúde que atuam na “linha de frente”

Publicado

em

Por

Teve início na tarde dessa quinta-feira, dia 21, a vacinação contra a Covid-19 na rede municipal de Saúde de Sumaré. Carolina Lopes, 35 anos, enfermeira na Atenção Básica, com atuação na UBS Florely, foi a primeira pessoa vacinada na cidade. O prefeito Luiz Dalben acompanhou o início da vacinação, ao lado do deputado Dirceu Dalben, do secretário de Saúde, Rafael Virginelli, e dos vereadores Lucas Agostinho e Rodrigo Digão.

“Este é um momento de muita emoção e alegria para nós. Toda a nossa gratidão aos profissionais da Saúde, em nome da Caroline, que hoje recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Sumaré. São incansáveis trabalhadores no enfrentamento à Covid-19 que merecem todo nosso respeito e admiração. Nese primeiro momento, iremos vacinar os colaboradores que atuam na linha de frente contra a doença, pois precisamos cuidar desses profissionais para que eles possam cuidar de nós. Gradativamente, iremos expandir a vacinação para os demais colaboradores da saúde e Melhor Idade, até chegar a toda a população”, agradeceu o Chefe do Executivo sumareense.

Sumaré recebeu na manhã dessa quinta o primeiro lote com 2.680 doses da vacina, enviadas pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo. Essa remessa inicial será aplicada em profissionais da Saúde que atuam  na “linha de frente” ao combate à doença nas unidades municipais, conforme preconizado pelo Plano Estadual de Imunização.

“Nenhum grupo ficará sem a vacina, mas dependemos do recebimento de novas doses do Estado para ampliar a vacinação. Por enquanto não haverá vacinação nos endereços divulgados anteriormente, portanto, a população não deve se dirigir aos locais, deve aguardar ser informada sobre a chegada de novas doses e as datas para vacinação”, explicou o secretário municipal de Saúde de Sumaré, Rafael Virginelli.

“É com muita alegria que recebi a vacina, este é o início da nossa esperança de voltarmos à normalidade, após um período tão intenso e difícil. Nossa unidade está lidando exclusivamente com os casos de Covid-19 na região e todos os dias acompanhamos as mais diferentes histórias e situações. É emocionante participar deste momento, estou muito grata e emocionada”, disse a enfermeira Carolina Lopes.

“Agradecemos imensamente a esses profissionais da saúde, que desde o início da pandemia trabalham com afinco e dedicação para cuidar da população. É um momento muito emocionante acompanhar o início da vacinação em Sumaré, parabenizo o prefeito Luiz Dalben e a toda a equipe, pelo excelente. Esta é uma tarde de quinta-feira histórica e que renova as nossas esperanças de que dias melhores estão por vir. Com fé, logo voltaremos as nossas rotinas normais!”, falou o deputado Dirceu Dalben.

 Sumaré foi a primeira cidade da região a definir um Plano de Enfrentamento ao Coronavírus logo no início da pandemia em 2020. Com a chegada da vacina, já coloca em prática o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19, que atende todos os critérios, cronogramas e determinações do Governo do Estado e Ministério da Saúde.

“É necessário ressaltar que a pandemia não terminou, por isso, não é hora de relaxar! Mesmo com o início da vacinação contra a Covid-19, é fundamental manter os cuidados preventivos: distanciamento social, uso de máscara de proteção facial e higienização constantemente as mãos. Vamos seguir juntos contra o coronavírus.”, completou o prefeito Luiz Dalben.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Sumaré faz calçamento na quadra society do Parque Florença

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Sumaré realiza nessa quinta (21) obras de calçamento da quadra de futebol society do Parque Florença, região central da cidade. Construída pela Administração Municipal, a benfeitoria faz parte do projeto “100% Esporte para Todos”, por meio de convênio realizado entre a Prefeitura e a Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, com apoio do deputado estadual Dirceu Dalben. Na sequência, as equipes municipais instalarão uma academia ao ar livre. Assim que for liberada, jovens e crianças desfrutarão dessa belíssima quadra society para prática do futebol, que é uma das modalidades mais tradicionais no país

Para o prefeito Luiz Dalben a quadra de futebol society é mais uma excelente opção de lazer e práticas esportivas. “Contemplamos os moradores do Parque Florença, região central de nosso Município, com esse importante espaço de esportes e lazer, entregue à secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer, e, assim quer for liberada, nossos jovens e crianças desfrutarão dessa belíssima quadra society para prática do futebol, que é uma das modalidades mais tradicionais em nosso país”, comentou o Chefe do Executivo sumareense.

O vice-prefeito, Henrique do Paraíso, também comemorou essa conquista para Sumaré. “A quadra de futebol society foi construída numa parceria do Município com o Estado e é de grande importância para o esporte de nossa cidade.

A pedido do prefeito Luiz Dalben, intermediamos essa benfeitoria juntamente com a bancada do Republicanos, e fomos agraciados com esse equipamento esportivo para a população sumareense”, declarou.

Continue Lendo