Prefeitura de Sumaré incentiva e orienta sobre as compras seguras para o Dia das Crianças

Com o objetivo de valorizar e aquecer o comércio local e fazer girar a economia da cidade neste Dia das Crianças, comemorado dia 12 de outubro, a Prefeitura de Sumaré incentiva a população a comprar seus presentes e utilizar os serviços de lojas e estabelecimentos do Município, seja de forma presencial ou online, sempre atendendo todas as normas sanitárias e de proteção. Além disso, a unidade do PROCON da cidade também oferece algumas dicas para que as compras sejam seguras e tranquilas para a população.

A primeira orientação diz respeito à presença do selo de certificação do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), que indica que o produto foi fabricado e comercializado de acordo com as normas técnicas. Existem produtos com selos falsificados e, na dúvida ou ausência do selo, é possível denunciar ao IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) através do telefone 0800.0130.522.

O Procon alerta também quanto aos produtos vendidos por ambulantes. Muitos são imitações de brinquedos originais e, embora possam ter menor preço, não possuem selos de certificação e podem representar riscos à saúde da criança. O consumidor, obviamente, também deve realizar a famosa pesquisa de preços, já que eles podem variar muito de um estabelecimento para outro.

De acordo com as orientações do Procon, o consumidor deve dar preferência a brinquedos educativos que estimulem a coordenação motora, a inteligência, a criatividade e a socialização das crianças. Além disso, a Lei Estadual n° 8124/92 determina que as lojas são obrigadas a manter amostras de jogos e brinquedos sem lacre, abertos, para que possam ser testados pelo consumidor. Caso o brinquedo apresente qualquer problema de fabricação, o fornecedor tem até trinta dias para reparar e entregar em perfeitas condições. Se, após este prazo, o problema não for resolvido, o consumidor poderá optar entre a troca do produto, o abatimento do preço ou o dinheiro de volta, corrigido monetariamente.

Em caso de compras pela internet, o consumidor deve se atentar a detalhes importantes, como, por exemplo, verificar se o estabelecimento comercial vai cumprir o prazo de entrega e solicitar esse comprovante por escrito. Também deve identificar no site da loja todas as informações gerais da empresa (razão social, CNPJ, endereço, telefone e outras formas de contato além do e-mail) e solicitar a nota fiscal para resguardar os direitos em caso de problemas.


“Sumaré tem uma oferta variada e ampla de produtos e serviços, tudo o que a população deseja pode ser encontrada aqui. Com a reabertura do comércio, incentivamos que os munícipes façam suas compras na cidade, além de fazer aquela refeição ou programa especial por aqui. São diversas maneiras para comprar: presencial, respeitando todas as normas sanitárias, virtual com retirada no estabelecimento, online com recebimento em casa, enfim, como cada um preferir ou de acordo com o funcionamento de cada local. Além de contarmos com uma gama de opções de presentes em calçados, essa é uma forma de driblarmos a crise causada pelo coronavírus, mas sem deixar de cumprir todas as regras necessárias para a proteção de todos”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Padovani.