Feminicídio em Sumaré: homem mata a esposa com frasco de perfume e socos

vila vale

No último domingo (28), foi registrado mais um caso de feminicídio em Sumaré. Uma mulher perdeu a vida em Sumaré após ser agredida na cabeça com um frasco de perfume e sofrer um soco no rosto desferido pelo seu companheiro, o operador Anderson Oliveira Costa. Ele foi detido em flagrante pela Polícia Militar e posteriormente encaminhado pela Polícia Civil para a prisão na cidade, com o caso sendo registrado como feminicídio.

Segundo o depoimento prestado, Costa alegou que sua companheira, Fernanda Tavares Barbosa, seria dependente química e, por volta das 4h, teria pulado o portão da residência onde viviam. Ele afirmou ainda que, após verificar o celular do companheiro, Fernanda teria o acusado de infidelidade. Como medida de defesa, o agressor relatou que a vítima teria jogado uma grelha de churrasqueira quente sobre ele, o levando a responder jogando um frasco de perfume em sua cabeça e desferindo um soco.

De acordo com o relato policial, Costa alegou que deixou a residência para evitar mais conflitos, mas Fernanda o seguiu. Por volta das 06h30, ambos retornaram ao lar, onde ele foi para o quarto e ela, para a sala. Costa afirmou que, ao acordar, encontrou a companheira sem vida.

Contudo, os policiais que atenderam à ocorrência identificaram vestígios de marcas de sangue no chão, indicando que a mulher foi arrastada por dois cômodos na casa localizada na Rua Dionice Vasconcelos Ferreira, no distrito de Nova Veneza.

Costa alegou também que tentou realizar massagem cardíaca na companheira e chamou socorro. No entanto, ao chegar ao local, o Samu (Serviço Móvel de Urgência) constatou o óbito da vítima.


Caso verifique alguma suspeita de violência doméstica ou agressão à mulheres em sua rua ou bairro, faça a sua parte e ligue imediatamente para o 180 (Central de Atendimento à Mulher).

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook